InícioNotíciasFinanças PessoaisPortabilidade de salário: como cancelar?

Portabilidade de salário: como cancelar?

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Fazer o pagamento de salário através de contas bancárias é comum entre as empresas de médio e grande porte. Isso acontece por conta da segurança e praticidade que se tem em não movimentar dinheiro físico. Por isso, alguns funcionários solicitam a portabilidade de salário para não ficarem refém ao banco a qual a empresa solicitou a abertura de conta.

A portabilidade de salário evita que o funcionário seja obrigado a utilizar os serviços do banco e também para que consiga movimentar as finanças na instituição financeira que achar melhor.

Ou seja, a portabilidade funciona, basicamente, em receber o salário na conta que você desejar em vez de usar a conta salário aberta por sua empresa.

Agora, se você fez isso e depois se arrependeu, não precisa se preocupar: dá para cancelar a portabilidade. A seguir, saiba como pedir o cancelamento da portabilidade de salário.

+ Conta corrente e conta salário: entenda as diferenças

Como solicitar o cancelamento da portabilidade de salário?

O processo para cancelar a portabilidade de salário não é muito diferente da solicitação. Por isso, será necessário ir até o banco a qual se tem a conta para solicitar o cancelamento.

Em alguns casos, qualquer agência pode receber a solicitação. Em outros, é preciso ir até a agência a qual abriu sua conta. Veja abaixo mais detalhes sobre cada um dos bancos:

Quem optou por receber o salário pelo Itaú, que é um dos principais bancos com convênio com as empresas, pode solicitar o cancelamento da portabilidade de salário em qualquer uma das agências da instituição.

Já no caso de alteração de portabilidade, o recomendado é procurar a própria agência que o cliente recebe o salário.

portabilidade de salário
Saiba como desfazer a portabilidade de salário

Já no banco Santander, o cancelamento também pode ser feito em qualquer agência bancária. O cliente só precisa comparecer pessoalmente em uma das agências do banco com um documento original com foto.

+ Conheça o SX, novo cartão sem anuidade do Santander

Para quem recebe o salário pelo Banco do Brasil, se quiser acabar com a portabilidade ou fazer qualquer alteração, será preciso ir até a agência a qual recebe o seu salário.

Na Caixa Econômica Federal e no Banco Bradesco a regra é a mesma, vá até a agência a qual solicitou a portabilidade e faça o cancelamento.

O prazo de cancelamento é de até cinco dias, mas pode ser menor o prazo de acordo com a agência. O quanto antes você cancelar, melhor.

E se o cliente estiver com dívidas no banco?

Uma dúvida muito comum em relação a portabilidade de salário ou quanto o cancelamento é caso tenha dívidas junto ao banco. Essa também é uma das razões pelas quais as pessoas se interessam pela portabilidade.

+ Quitar dívidas é uma das principais metas do brasileiro em 2021

A regra é que o banco está autorizado a fazer descontos do salário apenas se for expressamente autorizado por contrato. Ou seja, o cliente precisa estar ciente e consentir com o débito.

+ Veja as novas regras da portabilidade da conta salário

Em casos de desconto em folha, por exemplo, o débito ocorrerá independentemente da portabilidade. Em caso de despesas com cartão de crédito ou cheque especial, elas não serão descontadas automaticamente.

Gostou do nosso texto? Acha que ele pode ser útil para alguém? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem como cancelar a portabilidade de salário.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui