InícioNotíciasFinanças PessoaisRestituição do Imposto de Renda 2021: o que fazer com o valor?

Restituição do Imposto de Renda 2021: o que fazer com o valor?

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Os brasileiros têm até o dia 30 de abril para realizar a declaração do IR. E um dos assuntos que costumam tirar o sono dos contribuintes é a restituição do Imposto de Renda. Quem recebe o dinheiro e o que fazer com ele é uma das perguntas mais comuns.

E quando o contribuinte recebe a restituição do Imposto de Renda? Quando pagou mais impostos do que deveria durante o ano anterior. Nesse caso, a Receita Federal devolve a quantia por meio da restituição.

Este ano, a Receita Federal espera que 60% dos 32 milhões de brasileiros que vão declarar o IR terão direito de receber a restituição. Vale ressaltar que caso a pessoa tenha direito à restituição do Imposto de Renda, o sistema da Receita indicará o fim do preenchimento da declaração.

É importante ressaltar que as restituições vão começar a ser pagas em maio. Para este ano, a Receita Federal estabeleceu cinco lotes de restituição do IR.

Entenda como receber a restituição do Imposto de Renda

Você não sabe como vai receber a restituição do Imposto de Renda? O pagamento é realizado pela Receita Federal e depositado diretamente na conta bancária informada na hora de fazer a declaração.

E o valor restituído fica disponível no seu banco por um ano, mas caso você perca o prazo de retirar o dinheiro poderá ter acesso a ele realizando um pedido de pagamento por meio de um formulário eletrônico.

Vale ressaltar ainda que quanto antes você declarar o Imposto de Renda, mais rápido receberá o valor da restituição. 

Além disso, existem alguns grupos que têm prioridades na hora de receber o dinheiro, são eles: idosos, professores, portadores de doenças graves e deficientes físicos.

Outra informação importante é que você precisa estar atento a qual lote da restituição do Imposto de Renda receberá o valor. Dessa forma, é possível se programar para utilizar o dinheiro da melhor maneira.

O que fazer com a restituição do Imposto de Renda?

Muita gente quebra a cabeça para conseguir declarar o Imposto de Renda. Mas, depois disso, quando recebe a restituição, fica sem saber o que fazer pois não conta com esse dinheiro extra.

Você já sabe o que fazer com a sua possível restituição? O FinanceOne separou duas opções para quem ainda não tem destino para o dinheiro.

1) Pagamento de dívidas e contas

A primeira forma para você usar a restituição do seu Imposto de Renda 2021 é pagando dívidas e contas que estejam abertas. É muito importante estar com a situação regularizada para não entrar no vermelho e ficar endividado.

Procure sempre ter uma planilha detalhada com todos os seus gastos. Isso ajudará muito a não perder o controle do que entra e o que sai. E, logo, dar prioridade ao pagamento das contas.

IR 2021
É importante saber como usar a restituição do Imposto de Renda

Use o dinheiro para pagamento de contas atrasadas, antecipação de parcelas e ajustes de dívidas. Esse valor será apenas um adicional aos ganhos recorrentes. Por isso, servirá como um alívio para a sua vida financeira.

2) Crie uma reserva de emergência

Outra alternativa é criar uma reserva de emergência. Muitos brasileiros não têm essa cultura, mas, depois da pandemia da Covid-19, que pegou muitos de surpresa, iniciou-se uma conscientização na população para se preocupar quanto a ter dinheiro guardado.

E não por menos que muitos especialistas indicam a necessidade de poupar dinheiro. Por isso, a restituição do imposto de renda pode ser o primeiro passo. 

Quando serão pagas as restituições do IR 2021?

A Receita Federal já divulgou que serão cinco lotes de restituições. Estas, serão pagas nas seguintes datas:

  • 31 de maio
  • 30 de junho
  • 30 de julho
  • 31 de agosto
  • 30 de setembro

Os contribuintes com direito à restituição e que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, certamente receberão as restituições mais cedo. Por isso, é sempre bom correr com a declaração.

Há prioridades para idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais. 

Este conteúdo te ajudou? Então complemente a sua leitura com um guia contendo tudo sobre o Imposto de Renda 2021. Se gostar, compartilhe com outras pessoas nas suas redes sociais.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Juliana Favorito
Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui