Início Notícias Empreendedorismo Sebrae firma parceria com Facebook para capacitar empreendedor

Sebrae firma parceria com Facebook para capacitar empreendedor

0
(0)

Se você já é um empreendedor ou ainda está pensando em abrir um negócio, sabe que é necessário estudar e se atualizar constantemente, não é?

Nesta semana, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) firmou uma parceria com o Facebook a fim de ajudar o empreendedorismo no Brasil.

A iniciativa tem como objetivo apoiar o desenvolvimento do empreendedor em todo o país. Além disso, as micro e pequenas empresas também fazem parte do acordo firmado.

Ícone do Facebook na tela do celular para falar sobre a parceria fechada com o Sebrae para empreendedor
Sebrae e Facebook fecham parceria para qualificar empreendedor no Brasil

A parceria consiste em disponibilizar especialistas do Facebook para instruir a rede de consultores do Sebrae.

A meta é oferecer capacitação em marketing digital e, com isso, ajudar pequenos negócios nas vendas, gerando empregos e crescimentos.

O acordo faz parte das ações do ‘Impulsione com o Facebook’, programa que vem oferecendo capacitação gratuita em marketing digital e nas ferramentas do Facebook, Messenger, Instagram e WhatssApp Business, por exemplo.

Treinamentos para empreendedor serão feitos de forma online

Todos os treinamentos serão disponibilizados nos canais do Sebrae. Será uma série de 28 vídeos para alcançar diferentes objetivos.

Alguns deles abordarão engajamento com o público ou gerenciar e analisar a eficiência de anúncios, por exemplo.

Além da série de vídeos, o empreendedor também poderá ter acesso aos treinamentos e mesas-redondas virtuais.

As mesas serão com especialistas para discutir soluções eficazes para os setores mais afetados pela crise do coronavírus.

Toda a transmissão será feita através de lives e webinars, que poderão ser acessados na Página do Facebook e no Perfil do Instagram do Sebrae.

“Este tipo de parceria chega em boa hora, pois os empresários de pequenos negócios reconhecem a importância de utilizar o meio digital para atravessar este momento de crise”, disse o presidente do Sebrae.

Ainda de acordo com ele, o objetivo da parceria é alcançar o maior número possível de empresários, possibilitando o acesso a canais de venda digital e de relacionamento com clientes e também fornecedores.

Os conteúdos também serão compartilhados com Sebraes estudais, os quais já estão abordando temas como conhecimentos de gestão, marketing digital, empreendedorismo, inovação, entre outros.

+ 7 dicas de finanças para empreendedor
+ 11 aplicativos para empreendedores que você deve conhecer

Veja o que é preciso para abrir uma empresa

No último ano, o número de brasileiros que abriram uma empresa foi de 2,9 milhões. O dado é do Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian.

No entanto, o Serasa não registrou o mês de dezembro. Ou seja, o número pode ser ainda maior.

‘Serviços’ foi o setor que mais cresceu. A abertura de empresas de serviços cresceu 29,7% entre novembro de 2018 e novembro de 2019, seguido por ‘indústrias’ (21,0%) e ‘comércio’ (11,8%).

Mesmo com o crescimento, muitas pessoas ainda têm algumas dúvidas do que é necessário para abrir uma empresa. Se você é uma delas, continue a leitura deste texto!

O primeiro passo é você decidir em qual segmento — serviços, vestuário, transporte etc — a sua empresa vai atuar. Após isso, será necessário cadastrar a sua empresa.

Existem, no entanto, três tipos de empresas que você pode optar:

  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Microempresa (ME);
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP).

O MEI é uma categoria mais básica e tem alguns limites quando o assunto é sócios, funcionários e faturamento.

Já com uma microempresa, as alternativas são bem maiores e dá para constituir o seu negócio de acordo com a sua necessidade.

Outros assuntos para dar início a sua empresa também são importantes. Tais como:

  • Classificação Nacional de Atividade Econômica (CNAE);
  • Impostos que precisarão ser pagos;
  • Documentação.

Para saber um pouco mais sobre esses tópicos, confira o texto “o que é preciso para abrir uma empresa” que separamos especialmente para você!

Gostou do nosso conteúdo? Acha que ele pode ajudar outros empreendedores que querem se capacitar? Então compartilhe o texto nas suas redes sociais.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Auxílio emergencial: confira calendário para os reavaliados

O Ministério da Cidadania publicou nesta sexta-feira, 27, um novo calendário de pagamento para as parcelas do auxílio emergencial. Este calendário é...

4 carreiras promissoras no setor de beleza para 2021

O segmento da beleza não para de crescer no Brasil. Nosso país, por exemplo, é considerado o terceiro maior mercado consumidor do...

Nubank x Inter: compare os cartões sem anuidade

Os cartões sem anuidade estão ganhando cada vez mais espaço no mercado e no coração dos brasileiros. Com tantas opções pode ser...

Black Friday 2020: confira os melhores sites e ofertas

Você já se preparou para as ofertas da Black Friday 2020? Está com a lista de compras feita e separada para aproveitar...

5 dicas para saber se uma loja virtual é confiável

A pandemia da Covid-19 impulsionou o e-commerce e a Black Friday deve alavancar ainda mais as vendas online. Cerca de 80% dos...

Salário mínimo na Suíça chega a R$25 mil

Você já se perguntou quanto é o salário mínimo na Suíça, mesmo que seja só por curiosidade? Se a resposta é sim,...