Treasuries americanos: os títulos “mais seguros do mundo”

Escrito por: Redação em 19 de fevereiro de 2020

Os Treasuries Americanos são o conjunto de títulos públicos que são emitidos pelo governo federal dos Estados Unidos da América. Seu objetivo é o financiamento das despesas públicas nacionais.

Para fins de comparação, eles são parecidos com o Tesouro Direto brasileiro. Programa desenvolvido com a BM&F Bovespa.

Esses títulos de dívida são lançados e vendidos para o mercado pelo governo. Portanto, funcionando como uma forma de arrecadação e captação de recursos para financiar as atividades públicas americanas.

Treasuries americanos são conhecidos como os títulos mais seguros do mundo
Treasuries americanos são conhecidos como os títulos “mais seguros do mundo”

Caso você esteja interessado em investir, saiba que os títulos públicos americanos são considerados os mais seguros do mercado, pois possuem garantia na maior economia mundial. O risco de calote, nesse caso, é mínimo.

E o melhor: ele pode ser praticado tanto por pessoas físicas quanto jurídicas. Muitos países, incluindo o Brasil, investem suas reservas em títulos públicos americanos.

Como os treasuries americanos são divididos?

– Bills – títulos com duração de até um ano. Ele é pré-fixado e não possui cupons semestrais;
– Notes – títulos com duração de dois a 10 anos com cupons semestrais;
– Bonds – títulos com duração de 10 a 30 anos com cupons semestrais;
– Tips (Treasury Inflation-Protected Securities) – cinco a 30 anos, com ganho real acima da inflação. Semelhante ao IPCA +.

Por que são os títulos mais seguros do mundo?

Em relação à segurança, as Treasury Bills são verdadeiras referências. Elas são, inclusive, conhecidas como o investimento “mais seguro do mundo”.

Como todo título de dívida emitido por um país, esse é um tipo de investimento considerado como conservador. Estamos, afinal, falando de uma espécie de empréstimo ao governo de um país.

Isso significa que o calote é extremamente improvável. Nesse caso especificamente, há ainda outro fator de confiança importante: o país emissor.

Os Estados Unidos possuem a maior economia do mundo e, por esse motivo, conferem uma segurança ainda maior ao título. É extremamente improvável que o compromisso não seja honrado.

Muitos outros países baseiam seus rendimentos para os títulos públicos nas Treasury Bills justamente por esse motivo.

Qual a diferença entre os treasuries e o tesouro brasileiro?

Uma diferença dos Treasuries para o Programa Tesouro Direto no Brasil é que nos EUA, as transações dos títulos são realizadas diretamente com o governo.

Por isso, não há necessidade de intermediação de bancos ou de corretoras de valores. Isso ocorre com o intuito de isentar os investidores de possíveis taxas pelo serviço.

Os títulos públicos americanos são divididos em:

1 – Municipais;
2 – Estaduais;
3 – Federais.

Diferente dos títulos brasileiros que não apresentam a opção dos títulos municipais e estaduais.

Como investir em treasuries americanos?

Para investir em Treasuries americanos é preciso abrir uma conta em alguma corretora de investimentos nos EUA como estrangeiro/não residente. Assim, você terá acesso a estes títulos.

Inclusive, essa operação é válida também para investimentos em ações. Outro método, seria investir nesses títulos por meio dos ETFs.

Essas alternativas acima podem ser menos custosas já que enviar o dinheiro para o exterior pode ter um custo elevado.

De certa forma, existem sites que fazem essa transferência com taxas mais baixas, mas permanecem os custos como IOF e spread embutidos.

Já quem deseja expor seu capital à moeda americana, através de ações, é possível fazer isso com os BDRs (Brazilian Depositary Receipt).

Eles são títulos emitidos por empresas (como é o caso das debêntures). Só que dos Estados Unidos ou das empresas listadas em bolsas norte-americanas.

Neste caso, os fundos de BDR, são fundos de investimento que aplicam em BRDs e permitem que o investidor acesse empresas estrangeiras.

Fique atento!

Como antes de todo investimento, é preciso pesquisar e analisar se é compatível com o seu perfil de investidor.

Caso não esteja seguro com essa aplicação, conheça outros tipos de investimento financeiro antes de bater o martelo.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

investir no exterior
Avaliar a liquidez do investimento é importante para saber o prazo que poderá resgatar os lucros
erros de investidores
investir no exterior
renda fixa