Início Notícias Empreendedorismo Uber Eats ou iFood: qual o melhor para seu negócio?

Uber Eats ou iFood: qual o melhor para seu negócio?

5
(3)

Hoje em dia com os aplicativos Uber Eats e iFood você não precisa mais ficar preocupado em criar panfletos para divulgar seu restaurante e atrair novos clientes. A tecnologia já disponibiliza recursos que te ajudam a deixar seu cardápio mais atraente e seu serviço de entrega mais rápido.

Uber Eats e iFood, disponíveis para download nas versões Androide e IOS, são uma nova forma de fazer pedidos quem vem revolucionando o mercado gastronômico como uma opção viável para clientes e estabelecimentos.

Se você está na dúvida de qual serviço contratar para seu negócio, fique tranquilo, nós vamos te mostrar como funcionam cada um deles para facilitar sua escolha.

delivery de comida
Descubra qual o melhor aplicativo para ajudar a bombar seu negócio

Uber Eats

Uber Eats é uma plataforma de pedidos e entrega de alimentos da Uber via motocicletas, carros e bicicletas, criada em São Francisco (CA) no ano de 2014, mas só em 2016 chegou ao Brasil ganhando espaço no mercado.

Para realizar o cadastro basta acessar o site, preencher a ficha cadastral com os dados da sua empresa e em poucos dias você receberá a resposta para dar início aos trabalhos junto a plataforma.

A empresa não disponibiliza no site informações sobre valores para contratação dos serviços. Mas informa que existe uma taxa de ativação única para o Kit de boas-vindas, o envio de um tablet, o software que te ajudará a acompanhar pedidos e gerenciar entregas, sessão de fotos profissionais e suporte técnico.  

Uber Eats não te ajuda apenas a receber, acompanhar e gerenciar pedidos, como também a entregá-los de forma rápida e fácil até seu cliente. Uma vez que disponibiliza uma rede de entregadores parceiros a postos para identificar o chamado e realizar sua entrega, seja de carro, moto ou bicicleta.

iFood

Já o iFood é uma empresa 100% brasileira, fundada em 2011 pelos sócios Patrick Sigrist, Eduardo Baer, Guilherme Bonifácio e Felipe Fioravante. Em pouco menos de seis meses seu cardápio já contava com mais de 650 restaurantes em São Paulo.

Hoje, o iFood se consolidou no mercado como uma das maiores empresas de entrega de alimentos em crescimento. É responsável por empregar mais 700 funcionários no Brasil e cerca de 150 em outros países da América Latina.

Para ter seu restaurante cadastrado no iFood basta clicar em “Quero fazer parte”, preencher a ficha cadastral com os dados do seu estabelecimento. Depois, assinar o contrato digital.

Após a análise, a equipe comercial entrará em contato com você para dar as boas-vindas e apresentar o gestor de pedidos, na qual receberá e gerenciará as solicitações feitas pelos clientes por meio do aplicativo.

Planos do iFood

Plano Básico:

Tem uma mensalidade de R$100 (se vender mais de R$1.800/mês) e a taxa é de 12% sobre o valor de cada pedido. Neste plano você é responsável por receber, gerenciar e realizar a entregar dos pedidos. Dessa forma, é preciso que você tenha uma equipe de entregadores que possa atender a demanda de pedidos.

Plano Entrega:

Essa opção tem uma mensalidade é de R$130 (se vender mais de R$1.800/mês) e a taxa é de 27% sobre o valor de cada pedido. Nele o iFood fica responsável por realizar as entregas e gerenciar os entregadores.

Os pagamentos dos pedidos solicitados pelo aplicativo são repassados para o restaurante no prazo de trinta dias via conta bancária.

Qual a diferença entre eles?

Tanto o iFood quanto o Uber Eats apresentam um cardápio online que facilita a escolha do seu cliente. Mas o que os difere são os valores para contratação dos planos, os softwares, o suporte técnico e a logística de entrega, vejamos:

iFood

Exibe os cardápios online, encaminha o pedido para o estabelecimento prepará-lo. Porém, em caso de contratação do plano básico, não é responsável por realizar a entrega. Ou seja, você precisa de um entregador próprio para levar o pedido até seu cliente.

Uber Eats

Também exibe os cardápios online facilitando a escolha do cliente e encaminha o pedido para seu estabelecimento prepará-lo. Além de encontrar um parceiro para realizar a entrega.

Você também pode acompanhar o processo de entrega através de um GPS desde o momento da saída do pedido até a entrega dele na casa do cliente.

O Uber Eats e iFood atendem seus propósitos, que é oferecer serviço de entrega de refeições de forma rápida e simples a seus clientes. O interessante é entrar em contato com ambos, avaliar as propostas comerciais e escolher aquela que melhor atende a sua necessidade.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Seja o primeiro a avaliar este post.

Redação
O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

5 erros mais comuns ao usar cartão de crédito

Você já se complicou alguma vez utilizando o cartão de crédito? Ficou com preocupação com a fatura do próximo mês? Se a...

6 opções para trabalhar como freelancer aos finais de semana

Está em busca de aumentar a sua renda ou a da sua família nas horas vagas? Uma alternativa é ser freelancer aos...

Descubra 5 ferramentas semelhantes ao PIX

Pagamento via QR Code, transferências rápidas e que podem ser feitas 24 horas por dia, sete dias na semana: o Pix é...

Como calcular quanto você precisa de renda extra

Em tempos de crise econômica, conseguir uma renda extra se torna o objetivo de muitos profissionais. No entanto, algumas pessoas não conseguem...

Como reclamar uma cobrança bancária indevida

Uma das maiores reclamações de consumidores com relação às instituições financeiras é a cobrança bancária indevida. Esse ainda é um problema recorrente, mas que...

4 vantagens do Open Banking para clientes e empresas

Antes de descobrir quais as vantagens do Open Banking para clientes e empresas, você precisa saber o que é essa nova realidade...