Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Companhias aéreas: as 10 melhores e piores em 2018

Escrito por: Rafael Massadar em 20 de junho de 2018

Você sabe quais são as melhores e piores companhias aéreas do mundo em 2018? Não? Essa informação pode fazer a diferença na sua próxima viagem internacional. Isso porque empresas da Europa e da Ásia foram as que tiveram as piores colocações no ranking.

O levantamento com 72 companhias aéreas foi realizado pela empresa de tecnologia AirHelp. Para o ranking, foram utilizados três critérios de avaliação:

– pontualidade;

– qualidade do serviço;

– capacidade de resposta às queixas de passageiros.

A pesquisa atribuiu notas de 1 (para as piores linhas) a 10 (para as melhores) para cada um dos critérios.

Para determinar a pontualidade, a AirHelp considerou atrasos de 15 minutos como normais. Com isso determinou a performance de cada companhia com base na porcentagem de voos que chegaram no horário.

Se uma empresa receber uma pontuação de 8,5, por exemplo, quer dizer que 85% dos voos chegaram no horário.

A qualidade do serviço foi medida a partir do estudo das avaliações de passageiros em sites de reviews. Já o atendimento às queixas foi feito a partir dos dados computados pela própria empresa, que desde 2013 recebe as reclamações de passageiros através do site ou app.

Companhias aéreas

Ranking das 10 piores companhias aéreas do mundo em 2018

Na lista das piores companhias aéreas do mundo em 2018, a AirHelp coloca no topo da lista em 2018 a islandesa de baixo custo WOW Air. Ela atingiu uma pontuação total de 5,04.

Em seguida aparecem a Royal Jordanian Airlines e a Pakistan International Airlines, que ficaram na 71ª e 70ª posição, respectivamente.

Segundo o estudo da AirHelp, a WOW Air é a responsável por um dos piores serviços de atendimento ao cliente, porém não é pior que o da EasyJet (1,3) e o da Royal Jordanian Airlines (0,8).

As companhias europeias e asiáticas foram as que receberam as piores avaliações no ranking. Do total das 10 piores, quatro são da Ásia e três são da Europa. A Aerolíneas Argentinas foi a única empresa latino-americana a aparecer na lista, ocupando a 64ª posição.

 

As 10 melhores companhias aéreas do mundo em 2018

A Qatar Airways foi eleita a melhor companhia aérea do ano, segundo a Air Help. Ao levar em conta três critérios importantes — desempenho dentro do prazo, qualidade de serviço e processamento de informações —, a companhia obteve uma pontuação de 9,08, seguida por Lufthansa (8,57) e Etihad Airways (8,43).

Vale destacar que no ranking global, que conta com a avaliação de 72 companhias, nenhuma aérea brasileira aparece na lista. Em contrapartida, levando em conta todas as companhias que atuam no país, as três primeiras colocadas são American Airlines (7), Latam Airlines Brasil (7) e Aerolíneas Argentinas (6,8).

E os melhores aeroportos?

Companhias aéreasEm relação aos aeroportos, a Air Help ainda destacou os três primeiros colocados: o Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha (Catar), o Aeroporto Internacional de Atenas, na Grécia, e o Aeroporto Internacional Haneda, em Tóquio (Japão).

Destaques na lista são os aeroportos brasileiros de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo, e o aeroporto de Recife, capital de Pernambuco.

Viracopos também foi eleito pela sétima vez o melhor terminal aéreo do país na pesquisa de satisfação de passageiros realizada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC).

O estudo entrevistou 19.473 passageiros no embarque e no desembarque dos 20 principais aeroportos do Brasil nos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano. O anúncio foi feito no dia 25 de abril de 2018.

Na satisfação geral dos passageiros, Viracopos atingiu a nota 4,63, em uma escala que vai de 1 a 5. A média geral dos 20 aeroportos foi de 4,30. Até o ano passado, a pesquisa avaliava 15 aeroportos.

Número de brasileiros viajando para o exterior volta a aumentar

Apesar da crise econômica, após dois anos seguidos de queda, o número de brasileiros viajando para o exterior volta a crescer. Os dados são da Associação Brasileira das Operadores de Turismo (Braztoa).

O número de embarques aumentou em 26%. Foram 1,2 milhão em 2017 contra 954 mil em 2016. O faturamento subiu 18% no segmento de viagens internacionais.

De maneira geral, o setor faturou, no ano passado, R$ 12,2 bilhões, um valor 8% maior do que em 2016.

Por isso, vale a pena saber quais são as principais companhias aéreas para viajar. Principalmente, quem vai fazer um mochilão pelo mundo.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe um comentário

Posts relacionados

seguro-de-viagem-anual
férias de julho
seguro-viagem-Santander
nova regra para bagagens
Passagens aéreas baratas