Início Cartão de Crédito Saiba como travar o dólar em compras no cartão

Saiba como travar o dólar em compras no cartão

0
(0)

Muitas pessoas realizam compras pela internet em dólar por conseguirem assim produtos mais baratos, principalmente em sites estrangeiros. Porém, com as mercadorias com o preço em dólar é necessário converter para o valor em real. E é na hora de fechar o pedido que surge a dúvida: como travar o dólar nas compras realizadas no cartão de crédito?

Existe, desde 2016, uma regra permitindo que as pessoas travem o valor do dólar no momento em que realizam a compra no cartão de crédito. Isso possibilita que o consumidor pague pelo valor do dia da compra e não mais do dia em que a fatura do cartão é fechada. Com o dólar em alta, saiba até onde a moeda pode chegar.

travar o dólar
Algumas instituições financeiras permitem que o cliente trave o dólar na hora de realizar a compra pela internet

Essa regra dá uma maior segurança para aqueles que utilizam a internet para realizar a aquisição de um produto. Isso porque o consumidor sabe exatamente o valor que pagará pelo determinada mercadoria ao realizar a compra. Mas você sabe como fazer isso na hora de finalizar a sua compra?

Quando essa norma foi criada o Banco Central havia decidido que cada instituição financeira deveria oferecer o serviço ao cliente, que iria decidir se aceitava ou não essa nova forma de pagamento. Somente a Caixa Econômica Federal tinha adotado a nova regra.

Cada banco tem a sua regra

Apenas a Caixa Econômica tinha estipulado as novas condições, e os demais bancos optaram por permanecer com o mesmo tipo de pagamento, como era anteriormente. Ainda assim permanecem regras distintas.

No caso da Caixa, por exemplo, o cliente tem a opção de escolher pela cobrança do valor do dia da compra logo no momento que adquire o cartão internacional. Esse formato, no entanto, só é possível modificar após 90 dias.

Para quem tem cartão de crédito digital ou então de outro banco é possível acionar a função de pagamento da fatura adiantado. Cada banco conta com a sua regra própria. A maioria deles, entretanto, conta com a opção de gerar o boleto a qualquer momento do mês.

O Itaú é um dos bancos que não oferecem a opção de travar o dólar. Mas a instituição disponibiliza outros serviços para os clientes que compram no exterior. Um deles é a possibilidade do consumidor carregar os cartões. Sejam eles de crédito ou múltiplo, com dólar, euro e até mesmo libra.

Dessa forma, no ato da recarga a moeda é convertida para a estrangeira. E, a transformação é realizada pela cotação do câmbio da data no qual foi realizada a operação. É importante frisar que as compras realizadas em sites ou em locais internacionais, assim como saques, são abatidos do saldo pré-carregado.

Outra informação é que esse serviço não é válido para todos os cartões de crédito da instituição. Um exemplo disso, são os de financeiras. Estes só podem serem utilizados em território nacional.

Já o Banco do Brasil, Santander e Bradesco permitem que os clientes antecipem o pagamento da fatura do cartão de crédito. Sendo assim, quando a pessoa achar que o valor do dólar está favorável, poderá realizar o pagamento do cartão.  

Vantagens e desvantagens de travar o dólar

Os bancos poderão trabalhar com a opção de travar o dólar no ato da compra. O que proporciona maior segurança e confiabilidade para os clientes.

É possível listar algumas vantagens e desvantagens de não travar o dólar, na fatura e na compra.

Na fatura, a vantagem é que se o dólar ou euro cai até o fechamento o cliente acaba que se beneficiando com a baixa da moeda. Já a desvantagem é que se a moeda disparar, o consumidor recebe um susto na hora de pagar a conta.

No caso da compra, a vantagem é o consumidor não ficar tão exposto. Enquanto a desvantagem é que se a moeda dispara o consumidor terá um pequeno susto na hora de quitar o boleto.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Eleições dos EUA: qual impacto para Economia do Brasil?

Faltam poucos dias para as eleições dos EUA. Na disputa estão: o republicano Donald Trump, atual presidente do país, e o democrata...

Dicas de planejamento financeiro para quem é autônomo

Ser um profissional autônomo não quer dizer que você pode ter as finanças bagunçadas. Mesmo que você não tenha uma renda fixa por mês,...

Conheça 10 franquias com investimentos de até R$10 mil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por microfranquias aumentasse. Em especial, as franquias de até R$10 mil.

Quais são os gastos para manter um carro próprio?

Muitos brasileiros sonham em ter o carro próprio, mas esquecem dos gastos que um veículo pode trazer. E isso acontece porque a...

Como escolher a rede social para seu negócio?

Você sabe como escolher a rede social ideal para o seu negócio? Qual irá fazer a sua empresa crescer e se tornar...

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 14 melhores

Procurando por cartões de crédito sem anuidade? Eles conquistaram, definitivamente, espaço na economia brasileira. De acordo com a pesquisa realizada pelo SPC Brasil, cerca de...