Saiba como se cadastrar no Bolsa do Povo SP: veja guia completo

3
1199
João Doria segura placa do programa Bolsa do Povo
3.5
(2)

O maior programa de assistência social e transferência de renda da história do Estado de São Paulo recebe inscrições para diversos benefícios. Mas como se cadastrar no Bolsa do Povo?

Anúncios

O processo é simples e, na maioria dos casos, pode ser feito de forma 100% online. As exceções são apenas alguns dos casos, conforme descrito abaixo. 

Vale lembrar que o programa reúne um total de 16 eixos de benefícios diferentes. Cada um deles com um público alvo e suas próprias regras.

Anúncios

Como se cadastrar no Bolsa do Povo? Veja o passo a passo

Apesar de serem 16 eixos de benefícios diferentes, para se cadastrar em todos eles o passo a passo é o mesmo, na maioria dos casos. Há apenas algumas exceções, como os benefícios Bolsa Talento Esportivo e Via Rápida. 

As inscrições para se candidatar a esses eixos estão detalhadas no respectivo tópico do programa abaixo. Isso porque eles possuem sites próprios onde são realizados todos os processos de seleção. 

Mas para os demais programas, as inscrições podem ser feitas pelo mesmo portal. Siga o passo a passo:

Anúncios

  1. Acesse o site oficial do Bolsa do Povo
  2. No canto superior direito da tela clique em “Como Participo?” Você será redirecionado à página com a lista de todos os eixos
  3. Selecione a opção do programa desejado e, se houver clique em “inscrever-se”

Se não encontrar um botão para inscrição ao clicar no nome do programa, você também pode seguir o seguinte passo a passo:

  1. Acesse o site oficial do Bolsa do Povo
  2. No canto superior direito da tela clique em “Entrar”
  3. Clique em “Cadastre-se aqui”
  4. Preencha todo o cadastro e siga as orientações na tela

Depois desse cadastro, você poderá seguir com a inscrição para os programa cujo cadastro se dá neste site. Mas é importante destacar que preciso atender aos requisitos de cada programa.

Além disso, alguns dos eixos podem ter inscrições encerradas em breve, como é o caso do Bolsa Empreendedor que vai somente até janeiro. Alguns dos 16 eixos já tiveram o prazo finalizado.

Menino mostra celular com tela aberta no site do Bolsa do Povo SP
Bolsa do Povo reúne 16 eixos de benefícios

Quais são os benefícios do Bolsa do Povo com inscrições abertas?

Ação Jovem

O Ação Jovem tem o objetivo de promover a inclusão social de jovens na faixa de 15 a 24 anos de idade e cuja renda mensal familiar per capita (por pessoa) seja de até meio salário mínimo (R$550).

Quem tem renda por pessoa de até ¼ do salário mínimo tem prioridade. O benefício consiste em ações complementares de apoio à iniciação profissional e também transferência direta de renda, como apoio financeiro temporário.

O valor das parcelas do auxílio é de R$100 por jovem com o CPF cadastrado no CadÚnico. Os jovens interessados podem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para orientações em relação ao cadastramento no Cadastro Único. 

Aqueles que já são cadastrados devem manter o cadastro atualizado até 24 meses e quando houver quaisquer mudanças nos dados cadastrais.

Auxílio Moradia

O Auxílio Moradia é uma modalidade do Bolsa do Povo destinada a apoiar as despesas com moradia em caráter provisório. Ele tem foco nas famílias cujas residências foram afetadas por chuvas ou intervenções urbanas e/ou ambientais.

Famílias que tiveram ou que tiveram que desocupar sua residência habitual em virtude de ações de remoção e reassentamento também têm direito.

Além de estar nesses perfis, é preciso ter renda mensal de até cinco salários mínimos mensais. Mas existe a possibilidade de serem incluídas famílias com renda acima futuramente. 

Não há inscrição para recebimento do benefício. A família precisa se enquadrar nas situações descritas nas questões Público alvo e Critérios de elegibilidade. 

As parcelas são depositadas entre o 5º e 10º dia útil de cada mês. O beneficiário pode sacar o benefício em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil ou por meio da função de débito em estabelecimentos comerciais.

O benefício será concedido pelo prazo total de 12 meses, prorrogáveis. Mas ele é condicionado à dotação orçamentária com ou sem compromisso de reassentamento em unidade habitacional.

Bolsa Talento Esportivo

A Bolsa Talento Esportivo consiste na concessão de apoio financeiro a atletas em vários níveis de excelência, praticantes de qualquer modalidade esportiva. 

O objetivo é que tenham condições de aprimoramento de sua performance para representar o Estado de São Paulo e o Brasil em competições nacionais e internacionais.

Os valores das bolsas vão de R$415 a R$2.490 dependendo do atleta e seu perfil.

Os pretendentes devem se inscrever ao projeto preenchendo um formulário no site. Os pedidos são avaliados por uma Comissão de Análise designada pelo Secretário de Esportes.

Renda Cidadã

O Renda Cidadã é mais um programa de transferência de renda desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social. Mas além das parcelas de R$100, ele inclui outras ações complementares desenvolvidas pelos municípios.

O objetivo é atender famílias vulneráveis em decorrência do desemprego ou subemprego, envolvendo fatores como a ausência de qualificação profissional, analfabetismo, situação precária de saúde, inexistência de moradia ou sua precariedade, dependência química, entre outros.

Para acessar o benefício, os interessados devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. Lá é possível verificar os critérios para inscrição e cadastramento no Cadastro Único.

Via Rápida

O Bolsa do Povo Via Rápida oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir o próprio negócio.

O público alvo são pessoas a partir de 16 anos de idade, com domicílio em São Paulo, alfabetizadas e desempregadas. Além disso, é preciso verificar a escolaridade mínima ou condição especial fixadas para cada curso oferecido. 

Além da capacitação, é concedida uma bolsa-auxílio, cujo pagamento se dará após a conclusão do curso, mediante 75% de frequência. O aluno receberá  um código bancário para sacar em caixa eletrônico.

Os interessados devem se inscrever no site do programa e aguardar a convocação. No mesmo site é possível verificar os cursos com vagas abertas (há opções tanto presenciais como online).

O aluno não estará apto a receber a bolsa-auxílio caso:

  • Seja beneficiário de seguro-desemprego ou previdenciário;
  • Não seja concluinte;
  • Seja beneficiário dos programas sociais instituídos pela Lei n° 14.512/2011.
  • Tenha recebido dois pagamentos no ano de referência.

Bolsa Empreendedor

O Bolsa Empreendedor é um programa do Bolsa do Povo que tem o objetivo de apoiar os empreendedores informais em situação de vulnerabilidade do Estado de São Paulo.

A ação está estruturada em 3 pilares de oferta aos cidadãos: curso de qualificação empreendedora, formalização (MEI) e bolsa-auxílio de R$1 mil, dividido em duas parcelas de R$500. 

Além disso, serão oferecidos cursos do programa Empreenda Rápido em parceria com o Sebrae, com vagas nos formatos online e presencial. 

O programa é aberto a todos os desempregados ou informais, mas a prioridade é para mulheres, jovens, pretas (os), pardas (os), indígenas e pessoas com deficiência (PCD).

Podem participar:

  • Alfabetizados
  • Maiores de 18 anos
  • Desempregados ou MEI
  • Moradores do Estado de SP

As inscrições vão até o dia 3 de janeiro pelo site do programa. A divulgação dos selecionados sairá até 15 de janeiro de 2022.

Os candidatos selecionados receberão um comunicado via SMS e e-mail. Os curos terão duração de uma semana, com carga horária média de 20 horas.

Educação – Ação Estudantes

O Bolsa do Povo Educação para Estudantes  (ou Bolsa do Povo Educação – Ação Estudante) consiste em um auxílio de até R$1 mil pago aos alunos que se mantêm regularmente matriculados no ensino médio.

Vale destacar que ele não pode ser confundido com o Bolsa do Povo Educação, que concede auxílio financeiro para mães de alunos e não tem mais inscrições abertas. 

O benefício para estudantes corresponde ao valor total de R$1 mil por ano letivo, pago em parcelas bimestrais. O pagamento é proporcional ao tempo de permanência do estudante na rede estadual.

As inscrições são pelo site oficial do programa. Estudantes maiores de 18 anos podem realizar todo o processo por conta própria. Mas os menores de idade devem ter um responsável para isso.

O conteúdo foi útil? Então compartilhe com seus amigos e deixe um comentário!

O que achou disso?

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

3 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde eu michamo Gabriela da cunha moro em arandu.. gostaria de saber se tem algum benefício para mim entrar.. tenho 1minino de10anos e outro com 3anos e tô grávida de novo tô de 7meis … tenho problema de deficiente não posso trabalhar… será que eu consigo esse benefício bolsa do povo

    • Oi, Gabriela! Tudo bem?
      Você pode ter direito a algum dos benefícios sim. Sugerimos que acesse o site do programa e verifique quais possuem inscrições abertas.

  2. Aí gostaria tanto se eu recebesse um desse auxílio.. porque vale gás vai até dezembro…pois corta.. gostaria de eu poder receber esse auxílio bolsa do povo renda cidadã assi Gabriela da cunha..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui