InícioCriptomoedaCardano: entenda o que é e como funciona essa criptomoeda

Cardano: entenda o que é e como funciona essa criptomoeda

0
(0)

Uma criptomoeda que tem chamado a atenção e começado a ganhar espaço no mercado é a Cardano. Esse destaque se dá pelo fato da moeda virtual ser uma das redes de blockchain com um rápido desenvolvimento.

Mas essa não é uma criptomoeda que foi lançada agora, se é o que você está pensando. Para se ter uma ideia, o token nativo do Cardano, a ADA, segue se mantendo entre as dez principais criptomoedas, isso em termos de capitalização de mercado desde a sua origem, em 2015.

E antes de investir em mais essa criptomoeda que está disponível no mercado, é preciso conhecer bem e saber o que ela é e como funciona.

Descubra o que é a criptomoeda Cardano

Para quem não sabe, o Cardano é um projeto de blockchain com código aberto. Ele tem autoria conjunta da Fundação Cardano, IOHK e Emurgo.

O desenvolvimento da criptomoeda é realizado em fases, a fim de oferecer suporte a aplicativos financeiros usados por empresas, consumidores e governos em todo o mundo. Além disso, o Cardano ainda pode ser utilizado para enviar e receber moedas digitais.

+ Aprenda a se proteger do roubo de criptomoedas

Também é possível realizar transferências P2P rápidas e criptografadas de forma segura.

Vale ressaltar que o projeto do Cardano se caracteriza pelo desenvolvimento em camadas. Isso permite que a equipe de programadores e engenheiros possa manter a criptomoeda atualizada por meio da rede soft forks

Além disso, essa criptomoeda tem uma curiosidade interessante: o Charles Hoskinson, que é o fundador do Cardano, também foi cofundador da Ethereum. Porém, deixou a rede por conta de diferenças de opinião sobre a gestão e o futuro da rede Ethereum.

E como funciona o Cardano?

Essa é uma pergunta muito comum quando existe uma criptomoeda que não é tão utilizada pelos investidores. Para acabar com essa dúvida, só estudando muito bem a moeda digital.

mão segurando criptomoedas
O Cardano é uma criptomoeda que vem ganhando cada vez mais destaque

O Cardano é utilizado para lidar com altas taxas de transações e também baixas transações por segundo, ou o TPS. Isso acontece mesmo com as limitações de design das criptomoedas de 1ª e 2ª geração, respectivamente, o Bitcoin e o Ethereum.

É preciso ter em mente que o Cardano tem como objetivo fornecer um sistema descentralizado, de baixo custo e uma Rede Proof of Stake (PoS) de alto TPS. E como a criptomoeda pretende fazer isso? De três formas:

-> Por meio do protocolo de consenso de Prova de Participação da ADA; Ouroboros;

-> Através de sua segunda camada de escalabilidade infinita — Hydra;

-> Por meio de seu Hard Fork Combinator, que limita a interrupção da rede em caso de hard fork.

Para que serve o cardano?

Você sabe ou já conhece a missão do cardano enquanto criptomoeda? De acordo com o site oficial da moeda digital, os princípios de seu projeto incluem:

  • contar com pequenos grupos de acadêmicos e desenvolvedores competindo com pesquisas de colegas da área;
  • construir a capacidade de atualizar sistemas pós-implantados sem destruir a rede;
  • desenvolver um mecanismo de financiamento descentralizado para trabalhos futuros;
  • manter uma visão de longo prazo quanto ao aperfeiçoamento do design de criptomoedas para que possam funcionar em dispositivos móveis, mantendo uma experiência de usuário satisfatória e segura;
  • assegurar que as partes interessadas tenham maior proximidade com as operações e a manutenção de sua criptomoeda;
  • abstrair transações para incluir metadados opcionais a fim de melhor se adequar às necessidades dos sistemas legados;
  • estudar os quase 1.000 altcoins existentes e incorporar recursos úteis;
  • adotar um processo orientado por padrões inspirado pela Força-Tarefa de Engenharia da Internet (IETF) usando uma base dedicada para bloquear o projeto final do protocolo;
  • explorar os elementos sociais do comércio;
  • encontrar um meio-termo saudável para os reguladores interagirem com o sistema sem comprometer alguns princípios fundamentais herdados do Bitcoin.

Qual é o futuro do Cardano?

Quais são os principais casos e situações em que o cardano costuma ser acionado e bastante utilizados pelos investidores? Como você já sabe, o projeto Cardano é um blockchain de terceira geração. 

Com isso,junto a criptomoeda ADA, ainda está em alguns dos estágios iniciais de crescimento. Por isso, seu futuro ainda não está definido.

O cardano tem muitos objetivos ambiciosos, principalmente quando o assunto é o blockchain em termos de escalabilidade, isso surgirá com o passar do tempo.  Este ainda pode ser considerado um dos aspectos em que Cardano é superior a outros blockchains.

Muitos dizem que o Cardano ainda terá um caminho longo a ser percorrido, principalmente se quiser ser conhecida como a mais aclamada plataforma de blockchain. A seu favor, ela tem uma excelente equipe e um projeto inovador por trás da plataforma.

Este conteúdo te ajudou? Quer conhecer mais sobre as moedas digitais?

O FinanceOne criou um e-book com tudo o que você precisa saber sobre criptomoedas para te deixar por dentro e atualizado.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui