Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisChave Pix: confira os cuidados que você deve ter ao compartilhar a...

    Chave Pix: confira os cuidados que você deve ter ao compartilhar a sua

    0
    (0)

    Nos últimos tempos, viralizou nas redes sociais uma espécie de corrente em que os internautas compartilhavam sua chave Pix para os seguidores na intenção de receber uma transação bancária inesperada.

    Publicidade

    No entanto, o problema é que muitos utilizam uma chave Pix com dados sensíveis como o CPF, facilitando a aplicação de golpes de pessoas mal intencionadas.

    Ainda assim, mesmo que você não utilize o CPF como chave para transações instantâneas, é necessário ter muita cautela. Na última sexta-feira (21), o Banco Central informou o vazamento de 160 mil chaves Pix por parte de uma instituição financeira.

    Por isso, é extremamente necessário tomar muito cuidado com tudo aquilo que é compartilhado na internet. Confira agora os cuidados que você precisa ter ao compartilhar sua chave Pix!

    Segurança do Pix:

    Apesar de todos os problemas como o vazamento de dados ou a aplicação de golpes, o Pix é sim uma alternativa segura para transações.

    Instituído pelo Banco Central, a maior autoridade financeira do país, o Pix vem implementando medidas para evitar a aplicação de golpes e fraudes envolvendo essa tecnologia.

    Publicidade

    Entre elas, podemos citar a limitação de transferências entre às 20h e às 6h da manhã. O sistema de pagamentos passou a registrar a ocorrência de golpes como o sequestro relâmpago, que por sua vez pedia por valores altos.

    Agora, as transações que ocorrem dentro desse horário estão limitadas ao valor de R$1.000, independente de quantas pessoas sejam. A medida também vale para microempreendedores individuais.

    Além disso, o próprio Pix possui camadas de autenticação e criptografia para proteger o sistema. Fora as instituições financeiras que o adotaram que também precisaram implementar mecanismos de segurança para o uso da tecnologia.

    Contudo, mesmo que o Banco Central e as instituições financeiras colaborem para que o Pix não se torne um ambiente vulnerável, cabe também ao usuário a proteção de seus dados, assim como de sua chave Pix.

    pessoa segurando um celular logado em um aplicativo de pix
    Na primeira sexta-feira de janeiro, o Pix bateu recorde de transações: R$ 52,3 milhões

    Quais são as principais medidas de segurança para adotar com a chave Pix?

    Se você quer proteger a sua chave Pix, porém não sabe por onde começar, continue a leitura. Vamos mostrar medidas simples mas que fazem bastante diferença!

    Publicidade
    • Não compartilhe sua chave Pix: em primeiro lugar, comece pelo óbvio que é não compartilhar sua chave Pix publicamente. E essa é uma dica que não vale apenas para o Pix. Através de determinadas informações é possível saber tudo a respeito de outra pessoa, então busque preservar ao máximo seus dados pessoais sigilosos.
    • Tome cuidado com phishing: outra maneira comum de cair em golpes é através do phishing. Essa é uma prática que simula canais oficiais de instituições bancárias, lojas e outros locais de compra, fazendo assim com que o usuário caia em fraudes. Por isso, é necessário se atentar sempre ao site, aplicativo e até mesmo as mensagens de SMS e WhatsApp.

    Qual a melhor chave Pix para ser compartilhada?

    Caso você precise realizar uma exposição da sua chave Pix (como em campanhas de crowdfunding, por exemplo) o ideal é que você opte pela chave aleatória do Pix.

    A chave aleatória é uma sequência de letras e números que compõem o Pix de uma pessoa. Cada pessoa que opta pela chave aleatória recebe um código diferente, sendo assim uma opção mais segura para os usuários.

    No entanto, a recomendação do Banco Central é de que os usuários evitem ao máximo expor seus dados. Mesmo com tantas camadas de proteção, ninguém está imune de sofrer um golpe. Por isso, muito cuidado, viu?

    Agora que você já sabe como proteger sua chave Pix, que tal descobrir também maneiras de proteger seus aplicativos de banco? Confira!

    O que achou disso?

    Publicidade

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Loyane Lapa
    Loyane Lapa
    Carioquíssima de Campo Grande, com um pézinho em São Paulo. Jornalista, Produtora de Conteúdo e [insira aqui outras funcionalidades de um jornalista]. Apaixonada por livros, filmes e pelo universo cultural. Curiosa e antenada nas novidades do mercado financeiro.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisChave Pix: confira os cuidados que você deve ter ao compartilhar a...

    Chave Pix: confira os cuidados que você deve ter ao compartilhar a sua

    0
    (0)

    Nos últimos tempos, viralizou nas redes sociais uma espécie de corrente em que os internautas compartilhavam sua chave Pix para os seguidores na intenção de receber uma transação bancária inesperada.

    Publicidade

    No entanto, o problema é que muitos utilizam uma chave Pix com dados sensíveis como o CPF, facilitando a aplicação de golpes de pessoas mal intencionadas.

    Ainda assim, mesmo que você não utilize o CPF como chave para transações instantâneas, é necessário ter muita cautela. Na última sexta-feira (21), o Banco Central informou o vazamento de 160 mil chaves Pix por parte de uma instituição financeira.

    Por isso, é extremamente necessário tomar muito cuidado com tudo aquilo que é compartilhado na internet. Confira agora os cuidados que você precisa ter ao compartilhar sua chave Pix!

    Segurança do Pix:

    Apesar de todos os problemas como o vazamento de dados ou a aplicação de golpes, o Pix é sim uma alternativa segura para transações.

    Instituído pelo Banco Central, a maior autoridade financeira do país, o Pix vem implementando medidas para evitar a aplicação de golpes e fraudes envolvendo essa tecnologia.

    Publicidade

    Entre elas, podemos citar a limitação de transferências entre às 20h e às 6h da manhã. O sistema de pagamentos passou a registrar a ocorrência de golpes como o sequestro relâmpago, que por sua vez pedia por valores altos.

    Agora, as transações que ocorrem dentro desse horário estão limitadas ao valor de R$1.000, independente de quantas pessoas sejam. A medida também vale para microempreendedores individuais.

    Além disso, o próprio Pix possui camadas de autenticação e criptografia para proteger o sistema. Fora as instituições financeiras que o adotaram que também precisaram implementar mecanismos de segurança para o uso da tecnologia.

    Contudo, mesmo que o Banco Central e as instituições financeiras colaborem para que o Pix não se torne um ambiente vulnerável, cabe também ao usuário a proteção de seus dados, assim como de sua chave Pix.

    pessoa segurando um celular logado em um aplicativo de pix
    Na primeira sexta-feira de janeiro, o Pix bateu recorde de transações: R$ 52,3 milhões

    Quais são as principais medidas de segurança para adotar com a chave Pix?

    Se você quer proteger a sua chave Pix, porém não sabe por onde começar, continue a leitura. Vamos mostrar medidas simples mas que fazem bastante diferença!

    Publicidade
    • Não compartilhe sua chave Pix: em primeiro lugar, comece pelo óbvio que é não compartilhar sua chave Pix publicamente. E essa é uma dica que não vale apenas para o Pix. Através de determinadas informações é possível saber tudo a respeito de outra pessoa, então busque preservar ao máximo seus dados pessoais sigilosos.
    • Tome cuidado com phishing: outra maneira comum de cair em golpes é através do phishing. Essa é uma prática que simula canais oficiais de instituições bancárias, lojas e outros locais de compra, fazendo assim com que o usuário caia em fraudes. Por isso, é necessário se atentar sempre ao site, aplicativo e até mesmo as mensagens de SMS e WhatsApp.

    Qual a melhor chave Pix para ser compartilhada?

    Caso você precise realizar uma exposição da sua chave Pix (como em campanhas de crowdfunding, por exemplo) o ideal é que você opte pela chave aleatória do Pix.

    A chave aleatória é uma sequência de letras e números que compõem o Pix de uma pessoa. Cada pessoa que opta pela chave aleatória recebe um código diferente, sendo assim uma opção mais segura para os usuários.

    No entanto, a recomendação do Banco Central é de que os usuários evitem ao máximo expor seus dados. Mesmo com tantas camadas de proteção, ninguém está imune de sofrer um golpe. Por isso, muito cuidado, viu?

    Agora que você já sabe como proteger sua chave Pix, que tal descobrir também maneiras de proteger seus aplicativos de banco? Confira!

    O que achou disso?

    Publicidade

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?