Início Notícias Empreendedorismo É bom começar um negócio com um empréstimo?

É bom começar um negócio com um empréstimo?

Tempo de leitura: 4 minutos
0
(0)

Você quer começar um negócio mas não tem dinheiro para investir? Talvez uma alternativa seja solicitar um empréstimo para que você possa arcar com as despesas. Mas será que realmente vale a pena?

Para começar, essa pode sim ser uma boa ideia. Mas é preciso que você inclua as parcelas desse empréstimo nas finanças da sua empresa. Vale lembrar ainda que uma das maiores dificuldades de começar um negócio é justamente o dinheiro para dar o pontapé inicial.

Uma dica, antes de investir muito dinheiro no seu negócio, é começar de forma mais simples, com o menor custo possível. Quer um exemplo? Se você vai abrir uma loja de roupas, comece vendendo online em vez de já ter a sua própria loja.

Outra ideia é para restaurantes. Você pode começar realizando eventos diretamente na casa das pessoas ou até mesmo testar vender somente por aplicativos.

Lembre-se que todo empreendedor corre o risco de cometer algum erro no início. E, por isso, quem investe muito dinheiro de cara pode acabar perdendo muito mais. Tente investir o mínimo possível para que você não perca muito caso algo dê errado.

Além disso, quem está querendo começar um negócio, independente de qual seja o ramo, precisa se planejar para investir. É preciso que você já tenha o capital de giro necessário para abrir e manter a sua empresa durante os dois primeiros anos.

Mas caso isso não seja possível, a melhor opção é solicitar um empréstimo. Porém, isso pode aumentar o risco do seu negócio.

Quando vale a pena solicitar empréstimo para começar um negócio?

Antes de qualquer coisa, é preciso que você saiba quando é o melhor momento para solicitar um empréstimo ao abrir um negócio. Isso porque é necessário ter certeza do que você necessita para que a empresa comece a funcionar de fato.

Muitas pessoas não sabem quanto e nem do que precisam para contratar um empréstimo com o banco.

Por isso, a dica é começar montando o planejamento do seu negócio. Avalie o quanto é rentável, pesquise o seu público, veja os fornecedores e até mesmo os seus possíveis concorrentes.

E por que isso tudo é importante? Simplesmente ao solicitar um empréstimo, você precisará pagar as parcelas e para isso o seu negócio precisa ser rentável o suficiente para se manter sozinho e pagar o empréstimo.

Se achar que precisa de muito tempo para o seu negócio começar a gerar lucro, pense em outras possibilidades. Como procurar um sócio ou investidor ou até mesmo a opção de juntar dinheiro.

Além disso, o seu planejamento também deve considerar que pegar um empréstimo para abrir uma empresa é válido somente quando o seu negócio permitir ter rendimento suficiente para manter as atividades e pagar as parcelas do empréstimo.

Um empréstimo considerado bom tem parcelas que representam entre 20% e 25% do lucro líquido da empresa.

Quais são as possibilidades de empréstimo para começar um negócio?

Além de saber se é vantajoso ou não, é importante também conhecer alguns tipos de empréstimo que podem se tornar opção na hora de começar um negócio. Neste caso, é preciso sempre observar as condições para não ter prejuízo.

Como conseguir empréstimo e tudo que você precisar saber
Solicitar empréstimo para começar um negócio pode ser boa alternativa para quem está sem dinheiro

Confira as três opções a seguir que podem te ajudar a decidir na hora de iniciar o seu projeto de ter uma empresa:

-> Empréstimo consignado: aqui você encontra uma das modalidades de crédito que conta com taxas bem pequenas de juros no mercado. Nessa opção, o pagamento é feito por meio de parcelas descontadas diretamente do holerite ou da aposentadoria da pessoa, o que facilita tanto para quem empresta o dinheiro quanto para quem recebe.

O consignado ainda tem um prazo de 72 meses para a quitação da dívida. Um dos pontos negativos é o fato de que somente pensionistas, aposentados do INSS, funcionários públicos e funcionários de instituições privadas que oferecem o consignado podem solicitar o crédito.

-> Empréstimo pessoal: aqui, você tem uma opção de empréstimo que possui uma das menores burocracias na hora da contratação. Além disso, pode ser contratado de forma totalmente online com apenas alguns cliques.

Vale destacar, também, que o crédito pessoal é uma modalidade relativamente acessível. Isso acaba por ser uma boa opção caso precise de capital rápido. Pode ser citado como desvantagem o fato que as suas taxas de juros tendem a ser mais elevadas.

-> Empréstimo com garantia: parecido com o consignado, o empréstimo com garantia tem taxas menores no mercado. É possível fazer um empréstimo com garantia de veículo ou com garantia de imóvel.

Dessa forma, você usa um bem seu pessoal como segurança do pagamento do seu empréstimo. Logo, o risco da operação diminui para a instituição financeira, reduzindo também a taxa de juros do empréstimo.

Como desvantagem, o solicitante precisa ter um imóvel ou veículo para ser colocado como garantia na operação de crédito, além do risco de perder o bem caso não tenha condições de pagar o empréstimo.

Gostou dessas informações? O conteúdo te ajudou? Então compartilhe com alguém que esteja precisando dessas dicas e comente as suas experiências com empréstimo para gente!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tempo de leitura: 4 minutos
Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui