InícioNotíciasEmpreendedorismoConfira 5 passos para começar um negócio do zero e sem dinheiro!

Confira 5 passos para começar um negócio do zero e sem dinheiro!

4.3
(92)

Abrir uma empresa do zero não é uma tarefa fácil. Se você tem esse sonho, provavelmente sabe disso, mas tem ideia de como começar o seu negócio?

Essa é uma pergunta importante, porque é necessário além dos recursos financeiros, um planejamento estratégico. Assim como pessoas capacitadas, senso de oportunidade, pesquisa de mercado, controle de custos, perseverança, paciência, entre outros.

Tais requisitos valem tanto para quem tem dinheiro, quanto para quem não tem ao investir em um negócio.

Porém, a característica mais importante para começar o seu negócio do zero e até mesmo sem dinheiro é ter paixão pelo projeto criado. Por isso, não fique desanimado com tanta burocracia que você pode encontrar pelo caminho!

Isso porque existem diversas vantagens quando você abre um negócio, sendo uma delas a independência.

E isso é possível porque quem empreende assume uma grande responsabilidade na empresa, o que irá definir também a sua jornada pessoal.

Confira 5 passos para começar o seu negócio do zero

Está pensando em começar o seu negócio do zero e sem dinheiro, mas acha isso impossível no meio de uma crise? Saiba que você pode estar errado. Quer saber como? Confira abaixo!

1º passo: pense em como fazer a diferença na vida das pessoas!

Você já tem o seu negócio em mente? O nicho no qual quer atuar? Então agora é necessário pensar em como ele poderá fazer a diferença na vida das pessoas.

Isso porque quando você vai vender uma mercadoria, não está vendendo somente um produto. Mas sim uma experiência, um prazer, uma conveniência e até mesmo um pertencimento a um determinado grupo.

Além de vender praticidade e conforto, status, conhecimento ou autoestima.

Para isso, é recomendado pensar primeiro no que está por trás do produto, para somente depois começar a pensar no produto em si.

Por exemplo, se o seu negócio é uma empresa de depilação a laser você estará vendendo a praticidade, beleza, conforto e até mesmo comodidade.

Sendo assim, o que está por trás da mercadoria é o mais importante para o seu cliente.

2º passo: tenha um planejamento

Você pode não ter reparado, mas a palavra planejamento está em quase todos os artigos de dicas para montar um negócio que você deve ter acessado neste portal. E não é nada curioso ou fora do comum, é porque ele é fundamental.

Não apenas para quem quer montar um negócio, planejar faz parte de todas as ações da nossa vida. Quando você acorda já planeja como será o seu dia, por exemplo.

Por isso, é muito importante que você trace um plano estratégico para o seu negócio, seja ele do mais simples ao mais sofisticado. O nome “plano estratégico” parece bonito e cheio de segredos, mas não é.

Homem manuseando um planejamento para começar o seu negócio do zero
Ter um planejamento financeiro e estrutural é fundamental para abrir um negócio do zero

Estratégico simplesmente pelo fato de que precisa ter em mente as ações que serão tomadas por você mesmo para colocar as ideias, recursos e pessoas para funcionar em sincronia.

Com esse planejamento, você consegue sempre ter noção do que está em mente para ser feito, o andamento do seu processo e o mais importante: os resultados.

Se você for mais tradicional, monte o seu planejamento no papel mesmo. Caso tenha habilidades mais avançadas e tecnológicas, faça uso das ferramentas digitais. São vários os aplicativos que ajudam nesse caso.

3º passo: busque entender a necessidade das pessoas

Além de pensar em como fazer a diferença na vida das pessoas, quem quer começar um negócio do zero precisa saber de fato o que essas pessoas desejam. Qual é a real necessidade delas?

O produto que você deseja oferecer está adequado para o tipo de produto que as pessoas procuram e desejam?

Você já chegou a analisar como os seus concorrentes oferecem esse mesmo produto? Faz sucesso e tem características que podem ser aperfeiçoadas, talvez por você mesmo?

Você já tem algum produto definido, que perceba que atenderá as necessidades dessas pessoas? Você já chegou a fazer o famoso ‘test-drive’ do seu próprio produto? Já pediu o feedback de outras pessoas? Esse é o momento!

Saiba que todo esse trabalho de pesquisa já não precisa mais ser feito boca a boca, indo de casa em casa ou ligando de pessoa a pessoa.

Afinal, que trabalhão daria isso. Você consegue fazer esse trabalho analítico pela internet mesmo, com toda a comodidade que precisa.

Não ignore esse passo, pois será fundamental para o andamento do seu negócio do zero. É importantíssimo saber o que as outras pessoas querem e como oferecê-las da melhor forma, evitando que você as frustre e, no futuro, seja frustrado com o resultado.

4º passo: se espelhe em algo ou alguém

No mundo dos negócios é muito difícil você não ter uma pessoa ou algo que te inspire. Ou, não necessariamente uma inspiração, mas talvez um ponto de referência.

Para começar o seu negócio, busque referências para se guiar e ter uma primeira direção. Isso porque em um primeiro momento você não costuma ter muita ideia do que fazer, como fazer, porque fazer e os resultados que irá obter.

Sua referência não precisa ser direta, ela pode ser indireta também. Você pode ter como espelho apenas uma característica de alguém ou o modo como essa pessoa ou marca lida com o negócio dela, não necessariamente sendo do mesmo ramo que o seu.

Por exemplo, você quer abrir alguma franquia, mas não sabe como fazer o marketing dela. Porém, conhece um amigo que também tem uma franquia de um produto completamente diferente.

Será que não vale a pena pegar dicas de como ele investiu nesse tipo de serviço? Ele aprendeu e gerenciou por conta própria?

É com essas referências e trocas de experiências que você abre o seu leque de oportunidades e conhece novos caminhos para o seu negócio.

5º passo: tenha criatividade na divulgação do seu negócio!

É importante você ter em mente que ao começar um negócio do zero e sem dinheiro terá que fazer tudo sozinho. E até mesmo ter criatividade para divulgá-lo. Além disso, em tempos de crises a criatividade se torna ainda mais importante. 

Caso você não saiba como divulgar o seu produto, será necessário pesquisar e até mesmo perguntar a outras pessoas como pode fazer isso. Você pode fazer cursos de como as redes sociais são eficazes na divulgação do seu negócio.

Além disso, fique atento às novas tendências que sempre surgem nas mídias sociais. Isso porque ao usá-las da forma correta, você pode divulgar o seu negócio e até mesmo faturar mais com a nova tendência.

Saiba como começar o seu negócio como MEI

Muitas pessoas não sabem, mas o regime tributário de microempreendedor individual (MEI) ajuda muito quem quer dar os primeiros passos no empreendedorismo.

Vale ressaltar que o custo de abertura é zero e a manutenção da empresa exige o pagamento de tributação no valor máximo de R$61 por mês.

E esse regime pode ser utilizado por qualquer pessoa que se enquadre nas exigências, consultadas no Portal de Empresas e Negócios, do Governo Federal.

  • Fature, no máximo, R$81.000 por ano;
  • Não seja sócio, administrador ou titular de outra empresa;
  • Contrate, no máximo, um empregado;
  • Exerça uma atividade econômica permitida pelo Anexo XI, da Resolução CGSN nº140, de 2018, no qual relaciona todas as atividades permitidas ao MEI. 

Confira abaixo algumas atividades que são permitidas no MEI:

  • Artesão de bijuterias independente;
  • Comerciante de artigos de bebê independente;
  • Editor de revistas independente;
  • Instrutor de idiomas independente;
  • Fotógrafo independente;
  • Montador de móveis independente;
  • Técnico de manutenção de computadores independente.

Aprenda a começar um negócio home office

Por conta da crise econômica causada pelo Covid-19, muitas pessoas passaram a empreender por meio do home office. Isso porque você acaba eliminando um dos principais custos que é o aluguel do local da sua empresa.

Ao trabalhar de casa você também consegue economizar com outras contas, como por exemplo, luz, transporte, alimentação e internet. Mas vale ressaltar que isso não impede que você cresça e adote um novo local de trabalho.

Para começar a colocar em prática, tudo dependerá do tipo de negócio que você planeja montar. Caso seja um serviço que envolva a internet, você pode estruturar um espaço de trabalho no escritório.

Instale um computador, tenha acesso à internet e luz, coloque uma mesa e uma cadeira. Quer um negócio mais em conta que esse?

Isso também vale para quem pretende abrir uma empresa que venda ou produza um determinado tipo de produto. Em ambos os casos, o espaço não precisa ser grande.

E lembre-se de usar a internet como a sua maior ferramenta de divulgação.

Caso você não queira começar o seu negócio do zero, vale a pena considerar a possibilidade de investir em uma franquia home office.

Esse tipo de trabalho costuma vir com um plano de negócios estruturado e tende a oferecer uma menor margem de erro para quem tem pouca experiência com gestão e administração de empresas.

Gostou do conteúdo? Sabe de alguma pessoa que está começando a abrir um negócio mas ainda está um pouco perdida? Compartilha esse material com ela! Tem alguma dúvida? Comente aqui!

O que achou disso?

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 92

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui