Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisEntenda como calcular o valor do seguro de vida

    Entenda como calcular o valor do seguro de vida

    0
    (0)

    Se você chegou neste artigo é porque já sabe da importância de ter um seguro de vida e quer contratar o seu, certo? Porém, no mercado existem os valores mais variados, o que costuma confundir muitas pessoas. Por isso é importante saber como calcular valor seguro vida.

    Entender como é calculado o valor do seguro de vida é fundamental para que você não contrate coberturas que podem ser consideradas desnecessárias. O que permite economizar na mensalidade.

    Vale ressaltar que o seguro de vida é uma forma de garantir a situação financeira da sua família. E para descobrir qual é o seguro ideal para você, a dica é sempre fazer uma pesquisa dos principais que existem no mercado.

    Primeiramente, o que é seguro de vida?

    O seguro de vida nada mais é do que um dos vários tipos de seguros que existem no mercado. Ele é uma proteção contra eventos que podem acontecer com você ou com outra pessoa que está sendo coberta. Caso ocorra, é pago um valor de indenização.

    No seguro de vida, quem contrata escolhe quem serão as pessoas a receber o valor da cobertura em caso da sua morte. Eles são chamados de beneficiários.

    Além disso, o seguro de vida também costuma abranger acidentes e possíveis transtornos com o cliente. Por isso é importante ficar atento às condições contratuais.

    O que o seguro de vida pode cobrir?

    Além da morte do beneficiário ou dependente, o seguro de vida também pode incluir em sua cobertura:

    • Invalidez acidental permanente, total ou parcial;
    • Assistência funeral;
    • Despesas médico-hospitalares;
    • Diárias por internação hospitalar ou incapacidade temporária;
    • Doenças graves;
    • Entre outros casos.

    Entretanto, essas opções podem variar de acordo com a seguradora que oferece o produto contratado. Em alguns casos, somente o falecimento pode ser motivo de indenização, pois é a cobertura básica e principal de um seguro de vida.

    Como funciona o seguro de vida?

    Primeiramente, você precisa entender que no seguro de vida existe: o titular, dependentes e seus beneficiários. Mas, quem são esses?

    Titular -> é quem contrata o seguro, que pode ser referente à vida ou saúde. O titular pode ser a única pessoa no seguro, sendo ele um seguro individual, ou escolher entre mais pessoas, por exemplo, sua família.

    casal analisando papelada de empresa
    A idade pode influenciar no cálculo do seguro de vida

    Dependentes -> são todas as pessoas escolhidas pelo titular para fazer parte do plano.

    Beneficiários -> são as pessoas escolhidas pelo beneficiário para receber o valor do seguro caso ocorra o seu falecimento ou qualquer uma das causas mencionadas em contrato. Caso não seja informado nenhum beneficiário, receberá o valor aquele considerado herdeiro legal perante a lei.

    Veja como funciona o seguro de vida:

    1º passo: o titular realiza uma pesquisa para saber preço e calcula o valor do seguro de vida.

    2° passo: o titular realiza a contratação e concorda com todos os termos do contrato imposto pela seguradora. Em seguida, recebe a apólice do seguro.

    3° passo: agora, basta quitar o valor do seguro de vida.

    O valor do seguro de vida pode ser mensal ou anual, de acordo com o que foi contratado e acordado com a instituição.

    Como calcular o valor do seguro de vida?

    Existem diversos fatores que podem contribuir no cálculo do seguro de vida e, é por esse motivo que não existe uma tabela fixa de valores. Vale lembrar que o ideal é que esse seguro caiba no seu bolso.

    E quais são os fatores que são levados em consideração na hora de calcular o valor do seguro de vida? Veja a lista abaixo!

    Idade: muitas empresas de seguro levam em consideração a idade do contratante, quanto mais jovem você é, menos problemas de saúde terá. Quanto mais velho, mais problemas de saúde. Por isso, os valores costumam ser mais altos para quem tem mais idade;

    Saúde: como você já viu acima, o seu histórico de saúde também é levado em consideração, se você tem alguma doença ou fuma, isso poderá encarecer o seu seguro de vida. Para quem tem hábitos saudáveis, o valor fica mais em conta;

    Prazo: o tempo de cobertura também é outro fator que acaba deixando o seu seguro mais caro. Para se ter uma ideia, quem contrata uma cobertura de 30 anos, pode pagar 23% a mais do que quem contrata por 20 anos;

    Valor da cobertura: quer deixar a sua família segura em caso de morte e por isso deseja indenização alta? Os valores das mensalidades do seguro também vão ficar mais caros.

    Sabendo disso, você consegue se programar financeiramente para pagar o seguro de vida. Além disso, é possível entender o que vai deixar a mensalidade do seu seguro mais cara ou mais barata.

    Gostou do conteúdo? Você também pode continuar a leitura em 5 motivos para fazer um seguro de vida.

    Leia também no FinanceOne:

    + Confira quais documentos são necessários para abrir conta no banco

    + Nubank e Duolingo fazem parceria e clientes terão benefícios

    + Bandeira verde até o final do ano deixará a conta de luz mais barata? Entenda!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Juliana Favorito
    Juliana Favorito
    Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisEntenda como calcular o valor do seguro de vida

    Entenda como calcular o valor do seguro de vida

    0
    (0)

    Se você chegou neste artigo é porque já sabe da importância de ter um seguro de vida e quer contratar o seu, certo? Porém, no mercado existem os valores mais variados, o que costuma confundir muitas pessoas. Por isso é importante saber como calcular valor seguro vida.

    Entender como é calculado o valor do seguro de vida é fundamental para que você não contrate coberturas que podem ser consideradas desnecessárias. O que permite economizar na mensalidade.

    Vale ressaltar que o seguro de vida é uma forma de garantir a situação financeira da sua família. E para descobrir qual é o seguro ideal para você, a dica é sempre fazer uma pesquisa dos principais que existem no mercado.

    Primeiramente, o que é seguro de vida?

    O seguro de vida nada mais é do que um dos vários tipos de seguros que existem no mercado. Ele é uma proteção contra eventos que podem acontecer com você ou com outra pessoa que está sendo coberta. Caso ocorra, é pago um valor de indenização.

    No seguro de vida, quem contrata escolhe quem serão as pessoas a receber o valor da cobertura em caso da sua morte. Eles são chamados de beneficiários.

    Além disso, o seguro de vida também costuma abranger acidentes e possíveis transtornos com o cliente. Por isso é importante ficar atento às condições contratuais.

    O que o seguro de vida pode cobrir?

    Além da morte do beneficiário ou dependente, o seguro de vida também pode incluir em sua cobertura:

    • Invalidez acidental permanente, total ou parcial;
    • Assistência funeral;
    • Despesas médico-hospitalares;
    • Diárias por internação hospitalar ou incapacidade temporária;
    • Doenças graves;
    • Entre outros casos.

    Entretanto, essas opções podem variar de acordo com a seguradora que oferece o produto contratado. Em alguns casos, somente o falecimento pode ser motivo de indenização, pois é a cobertura básica e principal de um seguro de vida.

    Como funciona o seguro de vida?

    Primeiramente, você precisa entender que no seguro de vida existe: o titular, dependentes e seus beneficiários. Mas, quem são esses?

    Titular -> é quem contrata o seguro, que pode ser referente à vida ou saúde. O titular pode ser a única pessoa no seguro, sendo ele um seguro individual, ou escolher entre mais pessoas, por exemplo, sua família.

    casal analisando papelada de empresa
    A idade pode influenciar no cálculo do seguro de vida

    Dependentes -> são todas as pessoas escolhidas pelo titular para fazer parte do plano.

    Beneficiários -> são as pessoas escolhidas pelo beneficiário para receber o valor do seguro caso ocorra o seu falecimento ou qualquer uma das causas mencionadas em contrato. Caso não seja informado nenhum beneficiário, receberá o valor aquele considerado herdeiro legal perante a lei.

    Veja como funciona o seguro de vida:

    1º passo: o titular realiza uma pesquisa para saber preço e calcula o valor do seguro de vida.

    2° passo: o titular realiza a contratação e concorda com todos os termos do contrato imposto pela seguradora. Em seguida, recebe a apólice do seguro.

    3° passo: agora, basta quitar o valor do seguro de vida.

    O valor do seguro de vida pode ser mensal ou anual, de acordo com o que foi contratado e acordado com a instituição.

    Como calcular o valor do seguro de vida?

    Existem diversos fatores que podem contribuir no cálculo do seguro de vida e, é por esse motivo que não existe uma tabela fixa de valores. Vale lembrar que o ideal é que esse seguro caiba no seu bolso.

    E quais são os fatores que são levados em consideração na hora de calcular o valor do seguro de vida? Veja a lista abaixo!

    Idade: muitas empresas de seguro levam em consideração a idade do contratante, quanto mais jovem você é, menos problemas de saúde terá. Quanto mais velho, mais problemas de saúde. Por isso, os valores costumam ser mais altos para quem tem mais idade;

    Saúde: como você já viu acima, o seu histórico de saúde também é levado em consideração, se você tem alguma doença ou fuma, isso poderá encarecer o seu seguro de vida. Para quem tem hábitos saudáveis, o valor fica mais em conta;

    Prazo: o tempo de cobertura também é outro fator que acaba deixando o seu seguro mais caro. Para se ter uma ideia, quem contrata uma cobertura de 30 anos, pode pagar 23% a mais do que quem contrata por 20 anos;

    Valor da cobertura: quer deixar a sua família segura em caso de morte e por isso deseja indenização alta? Os valores das mensalidades do seguro também vão ficar mais caros.

    Sabendo disso, você consegue se programar financeiramente para pagar o seguro de vida. Além disso, é possível entender o que vai deixar a mensalidade do seu seguro mais cara ou mais barata.

    Gostou do conteúdo? Você também pode continuar a leitura em 5 motivos para fazer um seguro de vida.

    Leia também no FinanceOne:

    + Confira quais documentos são necessários para abrir conta no banco

    + Nubank e Duolingo fazem parceria e clientes terão benefícios

    + Bandeira verde até o final do ano deixará a conta de luz mais barata? Entenda!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?