InícioNotíciasMercado CambialSaiba como evitar 4 possíveis fraudes com Bitcoin

Saiba como evitar 4 possíveis fraudes com Bitcoin

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Depois de uma valorização histórica, as moedas digitais chamaram a atenção de novos investidores. Contudo, os iniciantes, principalmente, devem tomar muito cuidado com fraudes com bitcoin, a mais famosa criptmoeda do mercado.

O bitcoin passou por uma valorização acima de 400% durante o ano de 2020, trazendo muito otimismo ao mercado de investimentos em criptoativos e diminuindo a desconfiança que existe em relação à nova economia.

Este movimento continuou em janeiro e, mesmo com as oscilações, a moeda atingiu seu recorde de preço chegando a ser negociado por mais de US$40 mil na primeira semana do mês.

Da mesma forma que é possível ter grandes variações de preço, a chance de lucrar com este tipo de ativo é também muito maior do que outras opções do mercado tradicional. Portanto, quem deseja investir na moeda ainda em 2021, precisa ter uma cuidado com golpes.

De acordo com análise de Roberto Cardassi, CEO da BlueBenx – fintech especializada no mercado de criptomoedas – o bitcoin continua em uma tendência de alta e pode valorizar ainda mais em 2021, podendo chegar a rivalizar diretamente com o ouro.

Fraudes com Bitcoin chegam a R$ 54,6 bilhões em 2020, aponta relatório

As fraudes com bitcoin ultrapassaram os R$59 milhões em 2020. É o que aponta o relatório da Coinfirm.

Fraudes e golpes lideram o ranking, com 67,8% dos casos, o dobro de 2017 — última alta do mercado de criptoativos. Contudo, o mesmo estudo aponta que o número de casos relatados pode chegar representar apenas 50% do total.

Por isso, é recomendável utilizar exchanges de confiança para negociar ou comprar moedas digitais. Essa é a melhor forma de evitar fraudes com Bitcoin e outras criptomoedas.

Como evitar problemas?

Já vimos que as fraudes com bitcoin geram prejuízos milionários em todo o mundo. Isso acontece porque com a popularização das criptomoedas, cresceu também o número de criminosos cibernéticos.

fraudes com Bitcoin
As fraudes com bitcoin ultrapassaram os R$ 59 milhões em 2020

Eles se aproveitam dessa tendência para enganar os leigos e lucrar com a inocência dos internautas. Veja os principais golpes:

1 – Exchanges

O exchange é uma espécie de casa de câmbio virtual. Ou seja, um site que lhe permite comprar e vender criptomoedas.

Porém, é comum encontrar exchanges falsos criados por meliantes para roubar moedas alheias. Muitos desses casos são sites bem feitos.

Ou seja, antes de transferir qualquer quantia, faça uma pesquisa para descobrir a reputação daquela casa de câmbio e descobrir se outros internautas tiveram problemas com ela. Isso vai evitar que vocês caia em fraudes com Bitcoin.

2 – Carteiras falsas

Assim como as exchanges, também existe carteiras falsas. Mas o que são carteiras? São aplicativos específicos para você guardar qualquer quantidade de qualquer criptomoeda.

Portanto, cuidado ao baixar uma no seu smartphone. Esses softwares prometem guardar suas economias com segurança, mas, ao depositar seu dinheiro lá, os fundos são imediatamente transferidos para a conta de cibercriminosos.

3 – Ponzi

Outro cuidado é não participar de ofertas em que uma ou mais pessoas lhe oferecem um retorno garantido em troca de um depósito inicial. Isso é conhecido como um esquema ponzi.

O resultado final é geralmente um monte de gente perdendo muito dinheiro.

4 – Pirâmide financeira

Esse esquema criminoso é muito comum nos telejornais. Ele é um esquema que promete retornos aos participantes com base no número de pessoas que eles convidam para participar.

Isso permite que o esquema cresça de forma viral e rápida. Geralmente, para entrar no esquema, é necessário desembolsar uma pequena taxa, e é assim que quem está no topo da pirâmide consegue lucrar.

Às vezes, o cadastro é gratuito e tudo o que os meliantes querem são seus dados pessoais. No entanto, na maioria das vezes não resulta em nenhum tipo de retorno significativo para os membros.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira quais são as exchanges mais seguras para você não cair em fraudes de bitcoin!

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui