Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo fazer a transferência de veículo online

    Como fazer a transferência de veículo online

    5
    (2)

    Desde agosto do ano passado, os proprietários de veículos já podem assinar digitalmente, por meio de uma conta no gov.br, a autorização de transferência de propriedade de veículos (ATPV-e) pela Carteira Digital de Trânsito (CDT). Ou seja, é possível realizar a transferência de veículo online.

    Com isso, fica dispensado o reconhecimento de firma em cartório, simplificando e agilizando o processo, que já possui o documento armazenado no aplicativo da CDT.

    Além disso, o formato digital dos documentos deve facilitar a vida dos envolvidos na transação. O antigo proprietário poderá comunicar a venda de forma on-line, por exemplo, sem precisar comparecer aos postos físicos dos órgãos de trânsito.

    Para isso, ele deve acessar o site do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran usando um Certificado Digital ICP-Brasil. O mesmo se aplica ao novo dono que poderá solicitar a versão digital dos documentos também no referido site.

    A seguir, veja tudo sobre a transferência de veículo online.

    Como fazer a transferência de veículos online?

    A partir de agora, com a versão digital do CRV e do ATPV, os departamentos estaduais de trânsito estão autorizados a utilizar documentos eletrônicos no processo de transferência de veículos, o que permite a sua realização de forma digital.

    O procedimento, porém, fica condicionado ao atendimento de uma série de exigências. A transferência de propriedade de veículo, por exemplo, só pode ser feita online caso as informações sejam validadas a partir de um Certificado Digital padrão, emitido por uma Autoridade Certificadora registrada.

    + Os 10 carros mais econômicos do Brasil em 2021 que você precisa conhecer

    Desta maneira, o CRVe será assinado de forma online pelo dirigente do órgão responsável pela sua emissão. Já a ATPV deverá ser assinada com o Certificado Digital do antigo proprietário do veículo.

    Como a transferência de veículo online funcionará na prática?

    A transferência de propriedade de veículo sempre foi uma tarefa burocrática. Havia a necessidade, por exemplo, que ambos os envolvidos se dirigissem até um cartório para reconhecer firma na ATPV.

    + Saiba se o FGTS pode ser usado para financiamento de veículo

    Além disso, o antigo proprietário também precisava fazer a comunicação da venda ao órgão de trânsito, de modo que este fosse informado da alteração da posse do veículo, até que a transferência fosse concluída pelo adquirente do bem — o que deveria ser feito no prazo máximo de 30 dias, com pena de multa.

    Por isso, esse processo era, na maioria das vezes, demorado. Além, é claro, de abrir margem para diversas falhas.

    carro branco com uma mão segurando a chave do carro
    Agora é possível realizar a transferência de veículo online

    No entanto, com a edição da Resolução nº 712 do CONTRAN, a transferência de veículos tende a se alterar significativamente, à medida que a modalidade online se torne mais comum.

    Com essa modernização, o processo é realizado da seguinte forma:

    • antigo proprietário realiza a comunicação de venda do veículo via internet, de forma prática, sem a necessidade de comparecimento aos postos físicos do órgão de trânsito, assinando o ATPVe com o seu Certificado Digital;
    • o novo proprietário que tem interesse em emitir os documentos de forma eletrônica, basta acessar o portal do DENATRAN e fazer a solicitação, também mediante o uso de um Certificado Digital.

    Passo a passo para fazer a transferência digital do documento do seu carro

    Ainda ficou com dúvidas de como é o fazer a transferência digital do documento do seu veículo? Calma que o FinanceOne preparou um passo a passo para te ajudar.

    Mas atenção: esse passo a passo é somente para os moradores do estado de São Paulo, já que ele é feito pelo Poupatempo. 

    1º passo: você precisará baixar o aplicativo “Poupatempo Digital” e clicar em “Serviços”;

    2º passo: escolha a opção ‘Veículos’ e depois selecione a aba de “Registros e Transferência”;

    3º passo: clique na opção “Transferência de veículo” e vá em “ATPV-e Autorização de transferência de propriedade de veículo”;

    4º passo: caso o veículo já esteja cadastrado é só selecioná-lo. Mas caso não, você deverá clicar na opção “Adicione seu veículo”;

    5º passo: depois será preciso preencher os campos com número da placa e número do Renavam e também todos os dados solicitados do veículo na página que aparecer na sequência;

    6º passo: informe ainda os dados do vendedor e do comprador, veja se todas as informações estão corretas e confirme;

    7º passo: agora é só imprimir o PDF gerado, assinar o documento e reconhecê-lo em firma. 

    Quais são as vantagens do novo modelo?

    Os meios digitais oferecem inúmeras vantagens, inclusive na transferência de veículo. A seguir, listamos alguns dos principais:

    Maior agilidade

    Com a adoção da transferência de veículos online, um efeito direto é a redução do tempo de execução do procedimento, já que ele precisava ser feito de forma presencial.

    A dispensa de cópias de documentos e autenticações mecânicas, por exemplo, já eliminam grande parte da burocracia, tornando o trâmite da transferência bem mais rápido.

    Segurança

    Como se usa o Certificado Digital para a transferência de veículos, uma das principais características é a segurança.

    + Emplacamento: veja quais principais taxas cobradas para carro zero

    Como se sabe, a Certificação trabalha com rigorosos protocolos de criptografia, garantindo a autenticidade dos documentos e das partes utilizadas no processo. Isso significa que o procedimento online em nada se difere do físico em termos de segurança e validade jurídica.

    Facilidade

    Como falamos acima, antes a transferência de veículos era bastante burocrática, pois exigia a autenticação em cartório, por exemplo, além da comunicação da venda.

    Com o modelo digital de documentos, contudo, é possível que todo o processo se torne cada vez mais simples, podendo ser executado digitalmente, via sistema do departamento de trânsito.

    Este conteúdo te ajudou? Se sim, compartilhe com alguém que precisa dessas informações para realizar a transferência de veículo online!

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Redação
    Redação
    O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo fazer a transferência de veículo online

    Como fazer a transferência de veículo online

    5
    (2)

    Desde agosto do ano passado, os proprietários de veículos já podem assinar digitalmente, por meio de uma conta no gov.br, a autorização de transferência de propriedade de veículos (ATPV-e) pela Carteira Digital de Trânsito (CDT). Ou seja, é possível realizar a transferência de veículo online.

    Com isso, fica dispensado o reconhecimento de firma em cartório, simplificando e agilizando o processo, que já possui o documento armazenado no aplicativo da CDT.

    Além disso, o formato digital dos documentos deve facilitar a vida dos envolvidos na transação. O antigo proprietário poderá comunicar a venda de forma on-line, por exemplo, sem precisar comparecer aos postos físicos dos órgãos de trânsito.

    Para isso, ele deve acessar o site do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran usando um Certificado Digital ICP-Brasil. O mesmo se aplica ao novo dono que poderá solicitar a versão digital dos documentos também no referido site.

    A seguir, veja tudo sobre a transferência de veículo online.

    Como fazer a transferência de veículos online?

    A partir de agora, com a versão digital do CRV e do ATPV, os departamentos estaduais de trânsito estão autorizados a utilizar documentos eletrônicos no processo de transferência de veículos, o que permite a sua realização de forma digital.

    O procedimento, porém, fica condicionado ao atendimento de uma série de exigências. A transferência de propriedade de veículo, por exemplo, só pode ser feita online caso as informações sejam validadas a partir de um Certificado Digital padrão, emitido por uma Autoridade Certificadora registrada.

    + Os 10 carros mais econômicos do Brasil em 2021 que você precisa conhecer

    Desta maneira, o CRVe será assinado de forma online pelo dirigente do órgão responsável pela sua emissão. Já a ATPV deverá ser assinada com o Certificado Digital do antigo proprietário do veículo.

    Como a transferência de veículo online funcionará na prática?

    A transferência de propriedade de veículo sempre foi uma tarefa burocrática. Havia a necessidade, por exemplo, que ambos os envolvidos se dirigissem até um cartório para reconhecer firma na ATPV.

    + Saiba se o FGTS pode ser usado para financiamento de veículo

    Além disso, o antigo proprietário também precisava fazer a comunicação da venda ao órgão de trânsito, de modo que este fosse informado da alteração da posse do veículo, até que a transferência fosse concluída pelo adquirente do bem — o que deveria ser feito no prazo máximo de 30 dias, com pena de multa.

    Por isso, esse processo era, na maioria das vezes, demorado. Além, é claro, de abrir margem para diversas falhas.

    carro branco com uma mão segurando a chave do carro
    Agora é possível realizar a transferência de veículo online

    No entanto, com a edição da Resolução nº 712 do CONTRAN, a transferência de veículos tende a se alterar significativamente, à medida que a modalidade online se torne mais comum.

    Com essa modernização, o processo é realizado da seguinte forma:

    • antigo proprietário realiza a comunicação de venda do veículo via internet, de forma prática, sem a necessidade de comparecimento aos postos físicos do órgão de trânsito, assinando o ATPVe com o seu Certificado Digital;
    • o novo proprietário que tem interesse em emitir os documentos de forma eletrônica, basta acessar o portal do DENATRAN e fazer a solicitação, também mediante o uso de um Certificado Digital.

    Passo a passo para fazer a transferência digital do documento do seu carro

    Ainda ficou com dúvidas de como é o fazer a transferência digital do documento do seu veículo? Calma que o FinanceOne preparou um passo a passo para te ajudar.

    Mas atenção: esse passo a passo é somente para os moradores do estado de São Paulo, já que ele é feito pelo Poupatempo. 

    1º passo: você precisará baixar o aplicativo “Poupatempo Digital” e clicar em “Serviços”;

    2º passo: escolha a opção ‘Veículos’ e depois selecione a aba de “Registros e Transferência”;

    3º passo: clique na opção “Transferência de veículo” e vá em “ATPV-e Autorização de transferência de propriedade de veículo”;

    4º passo: caso o veículo já esteja cadastrado é só selecioná-lo. Mas caso não, você deverá clicar na opção “Adicione seu veículo”;

    5º passo: depois será preciso preencher os campos com número da placa e número do Renavam e também todos os dados solicitados do veículo na página que aparecer na sequência;

    6º passo: informe ainda os dados do vendedor e do comprador, veja se todas as informações estão corretas e confirme;

    7º passo: agora é só imprimir o PDF gerado, assinar o documento e reconhecê-lo em firma. 

    Quais são as vantagens do novo modelo?

    Os meios digitais oferecem inúmeras vantagens, inclusive na transferência de veículo. A seguir, listamos alguns dos principais:

    Maior agilidade

    Com a adoção da transferência de veículos online, um efeito direto é a redução do tempo de execução do procedimento, já que ele precisava ser feito de forma presencial.

    A dispensa de cópias de documentos e autenticações mecânicas, por exemplo, já eliminam grande parte da burocracia, tornando o trâmite da transferência bem mais rápido.

    Segurança

    Como se usa o Certificado Digital para a transferência de veículos, uma das principais características é a segurança.

    + Emplacamento: veja quais principais taxas cobradas para carro zero

    Como se sabe, a Certificação trabalha com rigorosos protocolos de criptografia, garantindo a autenticidade dos documentos e das partes utilizadas no processo. Isso significa que o procedimento online em nada se difere do físico em termos de segurança e validade jurídica.

    Facilidade

    Como falamos acima, antes a transferência de veículos era bastante burocrática, pois exigia a autenticação em cartório, por exemplo, além da comunicação da venda.

    Com o modelo digital de documentos, contudo, é possível que todo o processo se torne cada vez mais simples, podendo ser executado digitalmente, via sistema do departamento de trânsito.

    Este conteúdo te ajudou? Se sim, compartilhe com alguém que precisa dessas informações para realizar a transferência de veículo online!

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?