InícioNotíciasInvestimentosDicas de como identificar fraudes com criptomoedas

Dicas de como identificar fraudes com criptomoedas

3.7
(3)

As fraudes com criptomoedas aumentam ano a ano. Somente em 2020, foram desviados US$2,99 bilhões, o que representou um crescimento de 40,7% em relação a 2019.. A informação é da firma de segurança cibernética relatório da Crypto Head.

O estudo aponta ainda que o valor médio das violações e fraudes em cada golpe realizado no ano passado foi de US$93,3 milhões, e acrescentou que este tipo de crime cresce a uma média de 41% ao ano.

O bitcoin é a moeda digital mais cobiçada com 33,3% dos golpes e fraudes. Na sequência aparece o Ethereum (36 ocorrências nos últimos dez anos, o que representa 12,8% do total de golpes).

Entre os países, os Estados Unidos são o principal alvo para as ações criminosas, com 17 ocorrências de hackers e fraudes. Em seguida vem Reino Unido, com 12 casos, e Coreia do Sul, com nove.

+ Exchanges de critpomoedas: o que são e como funcionam?

Cenário brasileiro

As redes sociais formaram um terreno fértil para golpistas se comunicarem com mais pessoas a curto prazo e longo alcance para aplicarem seus esquemas. Com a popularidade das moedas digitais em ascensão, sem normas mais explícitas e regulatórias no Brasil, a modalidade das pirâmides financeiras se sofisticou ainda mais.

Dados do Relatório de Atividade Sancionadora Anual de 2020, da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) mostram que foram realizadas, ao todo, 175 denúncias de esquemas de pirâmide financeira. Ou seja, fraudes com criptomoedas.

+ Como investir em criptomoedas na Bolsa de Valores

O número está incluído entre os 325 comunicados de atividades infracionais como ofertas ilegais de produtos de investimento e casos de corretoras fraudulentas. Todos reportados à CVM no ano passado pelos Ministérios Públicos Federal e Estaduais. 

A análise de eventuais crimes envolvendo pirâmides não está na competência da CVM, e, por isso, tais indícios, quando identificados, são comunicados ao Ministério Público.

No entanto, a autarquia oferece, através do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e seu site, informações sobre a regularidade de propostas de participação em oportunidades de negócios. 

moeda dourada com o símbolo do bitcoin rachada ao meio
O bitcoin é a moeda digital mais cobiçada em fraudes com criptomoedas

5 dicas para fugir dos golpes com criptomoedas

1 – Desconfie de promessas extraordinárias

Alguns criminosos prometem vantagens especiais, ganhos acima do mercado, conversões sem taxas ou excelentes cotações para câmbio.

Desconfie de promessas que não parecem possíveis, assim como deve ser feito com dinheiro tradicional.

2 – Segurança acima de tudo

Seu antivírus é fundamental e precisa estar sempre atualizado. E quando se trata de transações com criptomoedas, a segurança é ainda mais importante.

Verifique sempre se a conexão é segura através do protocolo HTTPS e atualize também os antimalwares do computador.

3 – Cuidado ao baixar aplicativos

Na hora de fazer o download de um aplicativo de carteira para bitcoin, busque fontes confiáveis e desenvolvedores com uma boa reputação.

Prestar atenção ao número de downloads e à avaliação do app também são boas dicas.

4 – Atenção às tentativas de phishing

O famoso golpe cibernético com e-mails falsos usando nomes de instituições conhecidas já chegou ao mundo das moedas digitais. Os criminosos podem oferecer a você segurança ou suporte técnico.

Mas, na verdade, vão copiar seus dados e podem até transferir criptomoedas. Portanto, só confie em assistência técnica que você tenha solicitado.

5 – Investigue as empresas envolvidas

Seja para minerar ou guardar bitcoins, é essencial que você investigue a reputação da empresa com a qual pretende fazer transações.

Fui vítima de fraudes com criptomoedas. O que devo fazer?

O Ministério Público recomenda que a vítima faça denúncias no próprio órgão (federal ou estadual) ou às polícias federal e civil.

O Ministério Público Federal, por exemplo, disponibiliza salas de atendimento ao cidadão. Outro meio de denúncia é a CVM.

Deseja investir, mas tem medo de fraudes com criptomoedas? Confira o guia que produzimos para você começar a investir em moedas digitais com segurança

O que achou disso?

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 3

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui