Início Notícias Finanças Pessoais Como vender um carro financiado? Confira as dicas!

Como vender um carro financiado? Confira as dicas!

0
(0)

A situação de vender um carro financiado pode ocorrer por diversos fatores. Um deles é quando o proprietário não consegue arcar com as parcelas.

Com isso, ele se depara com a necessidade de vender o automóvel mesmo antes do término do financiamento.

Outro motivador pode ser o desejo de adquirir um novo veículo. E ainda existe a possibilidade de a pessoa estar precisando de dinheiro e querer fazer uma “troca com troco”.

transferir o financiamento do carro
Veja dicas para vender o carro financiado

Para esse tipo de operação, é necessário que você venda o seu carro usado para a concessionária. Depois, existem três formas de utilizar o dinheiro que recebeu:

  • quitar as parcelas restantes;
  • dar entrada em um carro novo;
  • usar uma parte do dinheiro para pagar dívidas.

É comum surgirem dúvidas de como vender um carro financiado. Para muitos pode parecer difícil, já que ainda existem parcelas a serem quitadas pelo futuro dono.

Mas com as dicas certas, é possível fazer isso sem dor de cabeça. Veja como!

Passo a passo para vender um carro financiado

1º passo: Realize um levantamento de dados

Essa é uma das etapas mais importantes. Porque os dados irão servir como base para que o futuro proprietário do veículo compre ou não o mesmo.

Para isso é necessário anotar as informações dos seguintes assuntos: financiamento e documentos.

-> Financiamento:

Se o carro estiver com parcelas atrasadas, é necessário que você faça um levantamento do valor da dívida e que atualize-o periodicamente.

O valor muda constantemente por causa dos juros. Para saber os dados corretos das parcelas em atraso é só ir ao banco ou à concessionária responsável pelo financiamento.

Com isso feito, você deve conversar com o credor sobre a possibilidade de descontos no caso de pagamentos à vista. Quitar as dívidas do carro deve ser prioridade para quem está com as parcelas atrasadas.

Mas caso você não tenha nenhuma parcela atrasada, ainda assim é necessário anotar todas as informações consideradas importantes no financiamento.

Ou seja: o valor das parcelas e o tempo que resta do financiamento. Além disso, se as parcelas forem decrescentes, você deverá informar o valor final do financiamento.

-> Documentação:

Em muitos casos os proprietários que querem vender o veículo, além de não terem conseguido arcar com as parcelas, podem estar com a documentação irregular.

E se o comprador adquirir um carro que não está em dia, terá mais um custo com o qual arcar. Por isso é importante que você levante todos os dados da documentação, como o IPVA, o Seguro DPVAT, multas e licenciamento.

Se o veículo tiver alguma dessas pendências, o momento é de pensar se você irá pagá-las e irá acrescentar no valor do veículo. Ou ainda se irá pedir para que o proprietário quite essas dívidas.

2º passo: Anuncie para vender o carro

Para vender tanto um veículo financiado quanto quitado, é necessário anunciá-lo em todas as plataformas e meios possíveis. De jornais e sites até redes sociais.

Lembre-se que quanto mais divulgar, maior é a chance de vender o automóvel. Também é preciso se preocupar com a qualidade do anúncio, porque será ele que irá atrair um comprador para o seu veículo.

Coloque no anúncio as informações mais importantes, como o tempo de uso, a quilometragem rodada, as marcas de uso.

Você ainda pode informar os detalhes e benefícios do automóvel, do que se trata a venda. E deixe claro que o carro ainda está sendo financiado. Explique as informações financeiras do veículo.

3º passo: Concessionária somente em último caso

Vender um carro financiado diretamente com a concessionária é considerado mais prático e rápido. Mas você poderá acabar perdendo dinheiro.

Isso acontece porque o valor pago pela concessionária ficará abaixo da tabela Fipe (principal referência para avaliação de veículos usados).

A concessionária irá vender para outra pessoa e lucrar com a futura transação. Caso você venda o carro diretamente, será possível receber uma quantia mais próxima do valor de mercado do veículo.

4º passo: Faça a transferência do financiamento

Quando se pensa em como vender um carro financiado, algumas pessoas podem acabar esquecendo da transferência do financiamento.

É importante lembrar que, caso a pessoa não realize o pagamento à vista, será necessário que ela passe por uma análise de crédito do banco.

Isso porque a instituição financeira que irá decidir se a dívida poderá ou não ser transferida para a pessoa interessada no veículo.

Essa avaliação é cobrada mesmo que o banco não aprove a transferência do financiamento.

Como transferir o financiamento do carro para outra pessoa

Transferir o financiamento do carro é mais comum do você pensa e não é complicado. Isso acontece geralmente porque cada vez mais os brasileiros estão endividados e não têm mais condições de arcar com as parcelas.

Surpresa ou não, apesar do endividamento e da crise, os brasileiros voltaram a financiar cada vez mais veículos.

Em 2017, foram 5,1 milhões entre novos e usados. Saiba como transferir o financiamento do carro para outra pessoa.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Redação
O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

5 erros mais comuns ao usar cartão de crédito

Você já se complicou alguma vez utilizando o cartão de crédito? Ficou com preocupação com a fatura do próximo mês? Se a...

6 opções para trabalhar como freelancer aos finais de semana

Está em busca de aumentar a sua renda ou a da sua família nas horas vagas? Uma alternativa é ser freelancer aos...

Descubra 5 ferramentas semelhantes ao PIX

Pagamento via QR Code, transferências rápidas e que podem ser feitas 24 horas por dia, sete dias na semana: o Pix é...

Como calcular quanto você precisa de renda extra

Em tempos de crise econômica, conseguir uma renda extra se torna o objetivo de muitos profissionais. No entanto, algumas pessoas não conseguem...

Como reclamar uma cobrança bancária indevida

Uma das maiores reclamações de consumidores com relação às instituições financeiras é a cobrança bancária indevida. Esse ainda é um problema recorrente, mas que...

4 vantagens do Open Banking para clientes e empresas

Antes de descobrir quais as vantagens do Open Banking para clientes e empresas, você precisa saber o que é essa nova realidade...