InícioNotíciasFinanças PessoaisComo transferir o financiamento do carro para outra pessoa: veja requisitos

Como transferir o financiamento do carro para outra pessoa: veja requisitos

4.3
(431)

Transferir o financiamento do carro é mais comum do que você pensa e sem complicações. Isso ocorre porque cada vez mais os brasileiros estão endividados e, por isso, alguns não têm mais condições de arcar com as parcelas.

Porém, um financiamento de carro tende a se estender por muitos anos, e as prioridades do proprietário podem mudar. Depois de alguns anos, por exemplo, talvez você deseje vender o seu carro para aplicar o dinheiro com outra finalidade.

Se você deseja saber como transferir o financiamento do carro, continue a leitura deste post. A seguir, vamos mostrar como fazer a transferência, quais são os requisitos e muito mais. Acompanhe!

+ Economizar combustível: 5 mitos que fazem o carro gastar mais

Como transferir o financiamento do carro para outra pessoa?

A transferência da dívida de financiamento só pode ser feita entre duas pessoas físicas ou duas pessoas jurídicas. Ou seja, não é permitido que a mudança seja de uma física para jurídica ou vice-versa.

Além disso, o repasse exige também que uma quantidade mínima de prestações já tenha sido paga. Essa quantidade varia em cada instituição financeira.

Se você pretende transferir o financiamento do veículo, o primeiro passo é entrar em contato com o banco ou instituição financeira credora.

Na ocasião, fale sobre o desejo de passar o financiamento de veículo para outra pessoa e informe sobre o novo candidato.

Após isso, o credor avaliará o histórico de crédito e a capacidade financeira da pessoa que assumirá as parcelas.

Depois da aprovação do crédito, é necessária a assinatura de um instrumento para conseguir transferir o financiamento do carro. Além da alteração de cláusulas do contrato e o pagamento da tarifa de Aditamento Contratual.

Com o sinal verde, você e a outra pessoa deverão realizar a transferência de modo a deixá-lo livre do pagamento das parcelas. Assim como se livrar de qualquer obrigação com o veículo.

homem segurando chave do automóvel para transferir financiamento do carro
Financiamento é opção de muitos brasileiros para comprar um carro novo

Quais são os requisitos para transferência?

Ao procurar uma instituição financeira para realizar a transferência, é importante conhecer alguns pré-requisitos que serão cobrados para a conclusão do procedimento.

Em geral, os bancos cobram do interessado em trocar o financiamento os mesmos documentos solicitados no ato da compra do carro. São eles:

  • Cópia e original da CNH ou de algum documento pessoal com foto (RG,Reservista) caso não seja habilitado;
  • Cópia do comprovante de endereço dos últimos três meses em nome do comprador ou de parente de 1º grau;
  • Documento original do Certificado de Registro de Veículo (CRV) do proprietário anterior, preenchido em nome do comprador. É preciso ter firma reconhecida tanto do vendedor quanto do comprador;
  • Comprovante de pagamento da Taxa de Emissão do novo CRV;
  • Comprovante de quitação de eventuais débitos, como IPVA, licenciamento e multas 
  • O laudo de vistoria que foi realizado em local credenciado pelo Detran.
  • O formulário RENAVAM preenchido em duas (2) vias.

Quanto ao veículo, é importante que não tenha nenhum débito, como multas e atrasos de impostos. Lembre-se de regularizar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Até porque pode impedir que a titularidade do automóvel seja alterada. Tenha cuidado, porém, com contrato de gaveta, aquele que é feito sem conhecimento do credor.

Ele é um risco eterno para as partes. Desse modo, o novo devedor não tem seu nome ligado ao bem e à pessoa.

Uma dica é só passar a chave do veículo ao novo comprador depois que a transferência do financiamento for aprovada pelo banco. Imagine só se a análise de crédito não for aprovada e a pessoa já estiver com o veículo?

Por isso, antes de entregar a chave, tenha certeza da aprovação oficial e que as parcelas serão transferidas sem nenhum problema!

+ Financiamento de carro sem entrada: veja como conseguir

Como é feita a renegociação da dívida?

Vale lembrar que cabe à instituição ou banco decidir se aceita ou não o pagamento parcelado para quitação de débitos.

Sempre que esse acordo é realizado, ele deve ser formalizado em contrato, com cópia entregue ao consumidor. Se o contrato é quebrado, normalmente o acordo é desfeito.

Havendo nova negociação, do total anteriormente devido devem ser subtraídas as quantias pagas e acrescentados os encargos relativos ao período de inadimplência.

A partir do resultado, é feito um novo cálculo para quitação do débito. Afinal, é direito do consumidor, assegurado pelo Código, solicitar o cálculo discriminado do total cobrado.

Essa conta, portanto, não pode conter valores relativos à contratação de escritórios de cobrança ou honorários advocatícios.

No caso do comprador de um veículo ainda em financiamento, é necessário pagar uma taxa de transferência da dívida, variável de R$400 a R$600, a depender do banco.

Outro requisito é ir até o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para pagar a taxa de transferência do veículo. Os valores mudam conforme as regiões do país.

Qual a importância do planejamento financeiro?

Para evitar a transferência do financiamento do veículo para outra pessoa e deixar de usufruí-lo é importante fazer um planejamento financeiro.

Portanto, procure adquirir um carro que caiba no seu bolso, tanto para pagar as parcelas quanto para fazer a manutenção do carro.

Antes de comprar um carro, considere que não é recomendado ter dívidas acima de 20% do seu patrimônio. Isso inclui os valores que você já gasta com o seu cartão de crédito, cheque especial e financiamento imobiliário.

O financiamento do veículo ou da moto deverá se encaixar nesse limite. Isso sem considerar as suas despesas fixas com alimentação, moradia, transporte e educação, que devem levar até 50% da sua renda bruta.

Isto é, para um bom planejamento financeiro deve sobrar 30% do que você ganha bruto para gastar com lazer e vestuário.

Além de eventualidades como remédios e gastos com tratamentos médicos, caso sejam necessários, e também para investir e ter retorno financeiro.

Por outro lado, considere o gasto com o seguro do carro. Antes de comprar, consulte três ou quatro corretoras sobre o valor do seguro e a forma de pagamento.

Veja dicas e passo a passo para repassar o financiamento do veículo

Repassar o financiamento do veículo para outra pessoa pode parecer uma tarefa difícil, que deve ser feita de forma minuciosa e que traz perigos e indecisões.

Mas, se feita com planejamento e seguindo toda a burocracia, pode se tornar um processo rápido e favorável, no final. O passo a passo é um pouco chato e complicado, porém necessário se tratando de um assunto importante.

1º passo – você deve começar informando ao banco ou à financeira sobre a sua decisão de repassar o financiamento. A comunicação nesses casos é importantíssima. O financiador precisa saber da sua intenção para ajudá-lo a tocar o processo.

E você não precisa ter receio dessa comunicação. Escolher repassar o financiamento é um direito de todos que operam em parcelar o pagamento do veículo.

Geralmente o que dificulta e faz esse processo ficar demorado são as condições contratuais que diferem de acordo com a financeira, mas que precisam ser respeitadas.

2º passo – você precisa ficar atento aos requisitos para esse processo. Mesmo que seja um direito de todos que contratam, assim que você solicitar o repasse do financiamento será preciso comprovar algumas informações para que o procedimento seja autorizado e realizado.

Os bancos e financeiras cobram dos interessados, geralmente, os mesmos documentos solicitados no ato da compra. Feito isso, seguirá para a parte do levantamento do perfil financeiro com o objetivo de verificar a condição financeira para o pagamento das parcelas.

3º passo – regularização de qualquer débito. O veículo que estará sendo envolvido no financiamento não poderá estar com pendências, multas ou atraso. Isso impedirá a troca de titularidade.

4º passo – em seguida, você precisa informar ao novo comprador sobre todas as tarifas a serem pagas por ele, sem ocultar nada – pois corre riscos de travar o processo. 

Mas, seja totalmente sincero com a pessoa. Se você está abrindo mão do financiamento por falta de verba, a outra pessoa precisará arcar com esses futuros prejuízos.

Vale a pena transferir o financiamento do carro?

A decisão por transferir um financiamento de carro merece ser bem estudada para que não haja prejuízos. Em alguns casos, pode ser mais lucrativo esperar até o fim da operação para, então, realizar a venda do carro.

No entanto, nos casos em que há urgência para obter o valor da venda do carro, essa pode ser uma solução, já que você se livra de um compromisso mensal e ainda recebe uma boa parcela do valor avaliado do veículo.

Ou seja, caso opte por realmente fazer a transferência do veículo, é importante seguir as etapas corretas. Isso porque ao não oficializar a transferência do financiamento na instituição bancária, a dívida do carro continua no seu nome – ou seja, se o comprador deixar de pagar as parcelas, é você quem arcará com as consequências.

Gostou do nosso texto sobre como transferir o financiamento do carro para outra pessoa? Então leia agora mesmo “10 carros que mais desvalorizaram na pandemia” e fique por dentro do assunto!

O que achou disso?

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 431

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

32 COMENTÁRIOS

    • Oi, Danilo!
      O novo comprador também passará por uma análise de crédito. Portanto, o recomendado é que ele esteja com nome limpo.

  1. Comprei um carro financiado de um amigo ,o carro está em nome de terceiro que foi o primeiro dono e o financiamento ainda está no nome do mesmo, porem o primeiro dono está com uma divida de empréstimo bancário e deixou de pagar este empréstimo, o banco irá realizar busca e apreensão dos bens dele.

    Pergunto: Como devo proceder para que este carro que ainda está no nome do primeiro dono devido que ainda está sendo pago o financiamento não vá para está busca a apressarão uma vez que este carro está apenas no nome dele ?.

  2. Tenho o financiamento de um veiculo, porem quero transferir apenas o financiamento para o nome de outra pessoa da familia mesmo.
    é possivel transferir o financiamento, sem transferir o carro para o nome da pessoa?

  3. Financiei um carro no nome de outra pessoa, e o carro está no nome da revenda, posso tranferir para o meu nome mesmo sendo financiado por outra pessoa??

  4. Boa noite, meu tio financiou um carro pra marido ,com quanto.tempo de financiamento ,podemos fazer a transferência do nome do meu tio pra o do meu marido.desde já agradeço.

  5. Tenho que ir ate o banco pra fazer uma simulacao pra ver se aprova em nome do outro comprador ou posso passar os dados e faser por telefone

  6. Quanto custa a transferência de dívida quero comprar o carro de um amigo meu o banco cobra quanto pelo serviço

  7. Comprei um carro no nome do meu irmão, Agora quere transferir o financiamento pro meu nome.
    Pois preciso movimentar o escore.
    Ser a que fica caro, já paguei a metade das parcelas

  8. Olá eu fiz financiamento de um carro no meu nome pro meu irmão mas agora eu queria passa o financiamento pro meu irmão só tem um poblema ele tá com o nome sujo será que eu consigo trasfereri pro nome dele

    • Olá, Tainara. Tudo bem?
      Você consegue transferir o veículo somente depois de pagar uma quantidade mínima de parcelas – instituído por cada instituição financeira – ou banco responsável pelo financiamento. O Itaú, por exemplo, informa que é possível transferir o contrato de financiamento para o comprador do carro, desde que, entre outros critérios, o contrato tenha no mínimo três parcelas pagas.

  9. Meu sogro emprestou o nome p financiar um carro para uma amiga. Porém ele faleceu agora dia 7 e o advogado falou que no inventário esse carro vai pro meu marido. A gente quer que essa amiga se vire e ache outra pessoa! Pois nem somos dessa cidade, moramos longe p caramba e nem temos convivência. Não quero divida no nome do meu marido não, aliás nem é justo isso !!

  10. Qual o primeiro passo que devo tomar, pago um carro em dia, mas esta em nome de outra pessoa, quero passar as parcelas no meu nome pois ele é financiado.vou direto no Banco com o numero do contrato? Me ajudem! Obg

    • Olá, Juliane. Tudo bem?
      O primeiro passo é entrar em contato com o banco ou instituição financeira credora. Na ocasião, fale sobre o desejo de passar o financiamento de veículo para outra pessoa e informe sobre o novo candidato.

  11. Boa noite eu comprei um caro financiado já com 50% pago o banco aprovou o meu crédito eu sou o novo emitente devedor mas faz 15 dias e já vai vencer a parcela e o financiamento tá no nome do ex dono e a baixa do gravame ainda não foi feita não consigo transferir o caro pro meu novo o que fazer

  12. BOA NOITE O MEU IRMAÕ COMPROU UM CARRO FINANCIADO NO MEU NOME , QUERO PASSAR O FINANCIAMENTO PARA OUTRA PESSOA OU FAZER UM PAPEL PARA ME INSENTAR DE QUALQUER PROBLEMA. COMO FAÇO? QUEM EU PROCURO ?

    • Olá, Maria! Tudo bem?
      A transferência da dívida de financiamento é possível, mas exige também que uma quantidade mínima de prestações já tenha sido paga. O primeiro passo para fazer essa transferência é entrar em contato com o banco ou a instituição financeira credora. Fale sobre o desejo de passar o financiamento de veículo para outra pessoa e informe sobre o novo candidato. Mais detalhes sobre como fazer todo o processo estão descritos ao longo do artigo!

  13. Bom dia,
    tenho interesse em assumir um financiamento em nome de terceiro. Gostaria de saber +/- qual o valor total de gastos que terei com taxas.
    Ao transferir o financiamento para meu nome, assumirei as parcelas com o mesmo valor, correto?
    Qual a média de mínimo de parcelas que precisam estar pagas para essa pratica?

    • Olá, Andressa! Tudo bem?
      É necessário pagar uma taxa de transferência da dívida que pode variar de cerca de R$400 a R$600, a depender do banco. Também será necessário ir até o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para pagar a taxa de transferência do veículo. Mais detalhes estão descritos no artigo.

  14. Estou repassando o meu automóvel, e esta em analise para o novo credor, quanto tempo passa pra sarar do analise, o tipo obter resposta, demora o tempo de analise? Me ajude pfv

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui