Saiba como comprar dólar mais barato para viajar

0
6766
mulher segurando notas de dólares
0
(0)

Vai viajar nas férias para o exterior? Se a resposta é sim, é provável que no seu planejamento esteja incluído comprar dólar mais barato, principalmente neste momento, em que o dólar continua oscilando no mercado financeiro.

Anúncios

E nessas horas surgem inúmeras dúvidas, sendo uma delas: como garantir uma boa cotação? 

Adquirir a moeda com cotação baixa pode gerar grandes economias nas finanças da viagem. Com isso, é possível guardar mais dinheiro para os passeios ou até mesmo para imprevistos que possam surgir.

Anúncios

Agora você deve estar se perguntando como comprar dólar mais barato, certo? E essa dúvida é comum, já que o valor da moeda tem variado bastante nos últimos tempos.

Um exemplo disso é que o dólar turismo em São Paulo, até o fechamento deste artigo custava R$5,14.

Por isso, para conseguir comprar dólar mais barato para sua viagem é necessário realizar uma pesquisa com antecedência. Esse fator é considerado importante porque um dia a moeda pode estar mais em conta e no outro, não.

Anúncios

Comprar dólar mais barato: taxas cobradas

Durante a pesquisa para encontrar e comprar dólar mais barato, é comum não conseguir o valor total da cotação do turismo do dólar com a aplicação do IOF e as demais taxas aplicadas.

Essas burocracias e taxas são normais nas negociações com as moedas estrangeiras.

pessoa contando dólar
Mercado brasileiro vê capital estrangeiro ir embora em meio à incertezas políticas. (Fonte: Divulgação)

E é importante garantir que você está pagando a menor cotação, sem tarifas adicionais. Ter conhecimento dessas taxas faz com que você economize ao adquirir a moeda.

Clique aqui e saiba quanto está o dólar hoje!

Confira abaixo quais são os impostos que podem ser cobrados em qualquer operação financeira:

  • IOF: o Imposto sobre Operações Financeiras incide em todas as compras de moedas estrangeiras e sua alíquota é de 1,1%, recolhida ao Banco Central.
  • Taxa operacional: as instituições e casas de câmbio costumam cobrar uma taxa operacional da troca da moeda. A taxa pode chegar a custar mais de R$60. 

Ao realizar a compra, é importante que você procure pelo Valor Efetivo Total, que é indicado pela sigla VET.

Ele representa o valor final da cotação, já com as taxas e os impostos, mas vale lembrar que na maioria das vezes essa sigla não aparece na operação.

Onde comprar dólar: bancos ou casas de câmbio?

Se você quer comprar dólar mais barato, deve saber que é possível adquirir moedas estrangeiras tanto em bancos quanto em casas de câmbio.

Porém, não existe uma resposta certa sobre onde é mais em conta adquirir o dólar. Isso vai depender de vários fatores.

O primeiro deles é que, ao ligar solicitando a cotação em um banco ou casa de câmbio, o valor informado quase sempre será menor no banco.

E isso acontece porque no valor de venda do dólar turismo nas casas de câmbio já estão embutidas todas as taxas referentes à compra.

Enquanto os bancos não embutem essas taxas no valor de cotação, já que são cobradas de forma separada.

As instituições financeiras fazem isso porque as tarifas são calculadas de acordo com a sua relação com o banco. Como por exemplo, se você é correntista ou não, o tipo da conta, entre outros. 

Para clientes do banco, principalmente aqueles que são considerados especiais, é possível negociar boas condições de compra, com redução das taxas.

E se você estiver negociando a compra de um alto montante, é provável que as taxas sejam mais flexíveis.

Uma dica para descobrir qual das duas opções vale mais a pena para você é dividindo a taxa cobrada pelo banco pela diferença das duas cotações. O resultado final será o valor mínimo que compensa comprar no banco.

Dicas para comprar dólar mais barato para viajar

Existem diversas dicas que podem te ajudar a comprar dólar mais barato para a sua viagem ao exterior. Confira algumas abaixo.

1) Planeje a compra do dólar e a realize em etapas

Realizar um estudo do mercado de câmbio e fazer todo um planejamento é fundamental para garantir um bom valor na hora de adquirir a moeda estrangeira. Deve ser levada em consideração a variação da moeda. 

É justamente por causa desse sobe e desce do dólar que o recomendado é comprar a moeda aos poucos. Dessa forma, você fica menos refém da volatilidade do câmbio e do risco de fazer um péssimo negócio.

A compra parcelada permite que você aproveite o momento de baixas da moeda americana. Além disso, evita a compra em grande quantidade em um momento em que o dólar está em alta.

2) Cuidado ao comprar dólar com o cartão

Se você for comprar dólar mais barato com cartão de crédito, é bom estar atento. Se o cliente realizar a compra da moeda em um dia que está cotado em R$5,00, não significa que você vai pagar esse valor na fatura.

Isso porque a conta é feita tendo como base a data do fechamento da fatura do cartão de crédito. Sendo assim, se o câmbio estiver em alta você irá pagar mais caro por isso e vice-versa.

Mas de acordo com uma medida divulgada em 2019, desde março de 2020 os bancos possuem a obrigação de converter as transações para reais no dia que a compra foi realizada.

3) Compare as cotações e taxas

Você já sabe que existe uma diferença nas cotações de dólar entre os bancos e as casas de câmbio. Por isso é tão importante realizar uma pesquisa, consultando as instituições financeiras da sua cidade.

Além disso, ainda existem sites que fazem a comparação dos preços da moeda. Lembre-se de comprar dólar em instituições credenciadas pelo Banco Central

Além disso, é possível adquirir o dólar em espécie ou carregar o cartão pré-pago por telefone ou pela internet, tendo a possibilidade de solicitar a entrega em casa ou no trabalho.

O pagamento mais comum é o de transferência bancária.

Onde não fazer o câmbio?

Evite fazer trocas de moeda em aeroportos, mas também fuja de casas de câmbio desconhecidas em qualquer país que esteja.

Nos aeroportos, apesar de apenas operarem corretoras mais confiáveis, também são praticadas as taxas mais desvantajosas para o cliente.

Não é incomum ver condições muito mais favoráveis de troca na mesma rede de casas de câmbio do lado de fora dos aeroportos.

Por que o dólar turismo é mais caro que o dólar comercial? 

Quando você vai comprar dólar já deve ter se deparado com o de turismo e o comercial e que existem diferenças entre o valor deles. Mas por que isso acontece? Primeiramente, para entender o motivo que leva um a ser mais caro que o outro, você precisa entender cada um deles.

O dólar comercial é usado em transações realizadas entre as empresas, ou seja, pessoas jurídicas. E quais seriam essas transações?  O valor que é empregado em remessas de grande porte e investimentos

Já o dólar turismo é usado para viagens e voltado para pessoas físicas. É esse tipo de dólar que as casas de câmbio usam para ter como base monetária as conversões, realizando a troca do real por dólar.

Mas por que o dólar turismo é mais caro? Porque as casas de câmbio realizam operações de forma mais esporádica e com baixo valor. Enquanto o dólar comercial, as transações são mais recorrentes e custosas.

Neste momento, você deve estar pensando que não faz sentido o dólar turismo ser mais caro, certo? Calma que a gente te explica: ele é mais caro porque o custo de movimentação é fracionado e, consequentemente, maior.

E é justamente essas operações fracionadas que encarecem o valor da moeda americana.

Agora que você já sabe as dicas para comprar dólar mais barato, confira também a cotação do Dólar hoje aqui no FinanceOne.

*Colaboração: Juliana Favorito

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui