Início Notícias Empreendedorismo Conheça 7 plataformas para ganhar renda extra

Conheça 7 plataformas para ganhar renda extra

0
(0)

Com o desemprego elevado e as contas de início de ano, cresce o número de pessoas tentando ganhar renda extra. Mesmo para quem já possui emprego, muitas vezes o salário não dá conta dos gastos.

De acordo com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mais de 63 milhões de brasileiros têm dívidas. Isso representa cerca de 40% da população adulta do país.

E, para quitar esses débitos em atraso, renda extra muitas vezes é a melhor opção. Pensando nisso, listamos sete startups que oferecem oportunidades para você ganhar renda extra.

+ Guia completo para manter as contas sempre no azul

Startups com oportunidades para ganhar renda extra

#1 Grabr

A Grabr é uma facilitadora da economia compartilhada voltada para pessoas que estão viajando no exterior. Funciona assim: o viajante compra itens e traz para os brasileiros quando voltar ao país.

Além de facilitar as compras, a rede possibilita uma boa fonte de renda. Ao aceitar um pedido, o viajante e o comprador podem negociar o valor do transporte do produto, garantido a renda adicional.

Para aqueles que conseguem trazer dez itens de uma vez a plataforma ainda oferece recompensas em dinheiro.

#2 Hotmart

É um sistema de comercialização e distribuição de produtos digitais. Ou seja, cursos online, ebooks, audiobooks, podcasts, entre outros.

A empresa conecta quem busca renda extra e quem quer empreender pela internet. Basicamente há duas formas de ganhar dinheiro com a Hotmart: sendo um produtor ou afiliado.

Produtores são aqueles que dominam determinado assunto e desejam compartilhar seu conhecimento. Por isso, criam e vendem algum tipo de conteúdo digital.

Já os afiliados ajudam outras pessoas a divulgarem seus produtos na internet e recebem comissões por cada venda realizada.

A plataforma já possui mais de 150 mil opções de produtos digitais em categorias diferentes, como idiomas, gastronomia, finanças pessoais, carreira, fitness e empreendedorismo.

#3 Celcoin

Este é um aplicativo gratuito que permite recebimento de contas, recarga de celular, venda de passagens rodoviárias, planos de TV, créditos para Uber e Netflix. É uma espécie de conta digital.

A renda extra é possível porque o app oferece a possibilidade receber de volta parte do valor de compras e pagamentos. Com sua eficiência, o Celcoin já é utilizado por lojistas, autônomos, comerciantes e microempreendedores.

Os ‘agentes Celcoin’ agregam entre 15 e 20% a renda extra familiar e aumentam de 100 a 150 pessoas o fluxo de clientes em seus estabelecimentos.

Plataformas para ganhar renda extra
Plataformas online permitem aos usuários ganhar renda extra sem sair de casa

#4 Elo7

O Elo7 é um marketplace de produtos criativos onde é possível desenvolver um produto autoral, abrir uma loja e vender. Tudo de forma autônoma.

O CEO da empresa, Carlos Curioni, dá algumas dicas para quem deseja começar a vender seus produtos online.

“Primeiramente, é importante conhecer o público a quem o lojista pretende vender seus produtos. Agregar valor também é essencial: destacar os diferenciais e focar na personalização com certeza irá fazer com que você conquiste seus clientes. Além disso, nichos como festas personalizadas e casamentos são os que mais crescem, sendo um bom mercado para investir.”

#5 MaxMilhas

Se você tem milhas acumuladas, saiba que pode vendê-las para ganhar renda extra! Isso é possível com a MaxMilhas, empresa de passagens aéreas.

Para começar basta se cadastrar e definir a quantidade de milhas que deseja vender e o valor que quer ofertar.

A plataforma analisa a oferta e as milhas ficam disponíveis para emissão automática de passagens. Mas o pagamento é feito em até 20 dias corridos após a emissão.

#6 Workana

A Workana é mais um marketplace que conecta freelancers a empresas. O objetivo é oferecer flexibilidade e agilidade na contratação de profissionais para os mais de 880 mil projetos.

Atualmente mais de 2,5 milhões de freelancers são cadastrados. É possível contratar e oferecer serviços de diversas áreas como TI e programação, design e multimídia, tradução e conteúdos, marketing e vendas etc.

#7 Beblue

O Beblue é um aplicativo de cashback. Ou seja, permite que o usuário tenha parte do dinheiro de compras reembolsado, se elas foram feitas em estabelecimentos cadastrados.

A fintech de pagamentos é atrelada ao sistema de recompensa em cashback. Por isso, já devolveu mais de R$200 milhões em forma de saldo no app.

O intuito é conectar usuários a estabelecimentos e promover o poder de consumo e venda entre clientes e empreendedores.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tamires Silva
Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Conheça 10 franquias com investimentos de até R$10 mil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por microfranquias aumentasse. Em especial, as franquias de até R$10 mil.

Quais são os gastos para manter um carro próprio?

Muitos brasileiros sonham em ter o carro próprio, mas esquecem dos gastos que um veículo pode trazer. E isso acontece porque a...

Como escolher a rede social para seu negócio?

Você sabe como escolher a rede social ideal para o seu negócio? Qual irá fazer a sua empresa crescer e se tornar...

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 14 melhores

Procurando por cartões de crédito sem anuidade? Eles conquistaram, definitivamente, espaço na economia brasileira. De acordo com a pesquisa realizada pelo SPC Brasil, cerca de...

Empreendedorismo feminino: o que é e quais os desafios

Falar sobre empreendedorismo faz com que muitas pessoas pensem em empresas grandes ou projetos inovadores. No entanto, empreender vai além disso: é...

5 motivos para investir em Bitcoin em 2020

Diversificar é uma das estratégias mais usadas por investidores de sucesso. Por isso, investir em Bitcoin pode ser uma boa ideia.