Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Freelancer: como conseguir mais clientes?

Escrito por: Redação em 25 de fevereiro de 2020

Como todo trabalho, o de freelancer deve ser levado com responsabilidade e seriedade. Além de organização para administrar o tempo para diversos clientes.

Falando nisso, que tal algumas dicas de como conseguir mais clientes com o trabalho de freelancer? Confira a seguir!

O freelancer é aquele profissional que saiu da zona de conforto e decidiu ter seu próprio negócio. É aquela pessoa que quando alguém pergunta o que ele faz da vida, responde: “tenho alguns projetos aí!”.

Ninguém sabe exatamente o que ele faz, mas ele trabalha e garante a renda todo mês. É simples: o freela é quem trabalha de forma autônoma e normalmente quem faz muitos trabalhos deve passar pela formalidade do Microempreendedor Individual, o MEI.

Seu trabalho é prestar serviços para pessoas físicas e jurídicas de áreas diversas. Há freelancers no jornalismo, fotografia, música, computação e muitas outras profissões.

Freelancer: como conseguir mais clientes?
O trabalho freelancer permite atuação em diferentes áreas

Como conseguir mais clientes sendo freela

Um meio eficaz de conseguir clientes sérios para o trabalho de freelancer é por meio de sites. Neles, você faz o cadastro com e-mail ou diretamente pelo Facebook e é só segmentar os projetos de seu interesse.

Veja o que se encaixa com a sua atuação e “parta para o ataque”!  Independentemente da área de atuação, uma boa comunicação é essencial para garantir a contratação.

Garanta que o portfólio esteja impecável, sendo evidente o tipo de profissional que é. Capriche na qualidade dos trabalhos expostos, pois esta é a chave de convencimento do freelancer.

Para conseguir mais clientes, siga as nossas dicas!

#1. Apareça

Certamente você já ouviu a expressão “quem não é visto, não é lembrado”. A principal regra do profissional autônomo é ser visto e conhecido.

Use as redes sociais para divulgar seus trabalhos e, se possível, crie um site ou uma página onde centralizará seus serviços com facilidade.

Ficar em evidência aumentará – e muito – as chances de conseguir novos contratos.

#2. Estude

Um bom profissional se aprimora constantemente para oferecer o melhor serviço. Por isso, estude, conheça novas técnicas de realizar as funções e busque ser sempre o melhor.

Caso não tenha grana, opte pelos cursos online gratuitos ou até mesmo tutoriais no YouTube. O importante é ter ciência que deve aprender sempre mais.

#3. Crie coisas

Mesmo que ainda não possua muitos clientes (ou nenhum), a criação é essencial para dar forma ao portfólio.

O portfólio deve ser o foco do freela. Faça trabalhos voluntários na sua área e lembre-se: o importante é criar.

Dessa forma, terá mais material para apresentar a potenciais clientes.

#4. Seja profissional

Ter uma imagem positiva é importante para passar confiança e comprometimento. Uma sugestão válida é evitar utilizar as redes sociais de forma inadequada.

Quanto mais respeitado como profissional você for, mais procurado será. Crie uma imagem positiva a seu favor.

#5. Corra atrás dos clientes

O cliente novo provavelmente não cairá no seu colo. É preciso procurar! Distribua seu material por e-mail ou vá até as lojas ou empresas oferecendo seus serviços.

Para um designer, por exemplo, caso perceba que algum lugar precisa de novos materiais, crie e apresente ao dono do estabelecimento.

Convença-o que a empresa precisa disso e, mesmo que ele não feche naquele momento, as portas estarão abertas.

Freelancer: como conseguir mais clientes?
Ter uma cadeia de boas indicações é ideal para o freelancer

#6. Cumpra prazos

Os clientes têm prazos que devem ser respeitados. No trabalho como freelancer, os prazos devem ser adequados e cumpridos com excelência.

Utilize uma agenda para organizar as tarefas, separando as urgentes das que possuem maior período de finalização.

Procure atender a todos da melhor maneira para que seja procurado novamente.

#7. Negocie preços

Saber o seu preço é algo vital para a sobrevivência do freelancer. Obviamente, os valores variam de cliente para cliente ou a cada projeto, mas é necessário ter no mínimo uma base.

Nem todo cliente está disposto a pagar o valor que você cobra, então, tenha sempre uma margem de negociação. Mantenha seu padrão e não diminua se não valer a pena.

Outro item interessante em relação aos preços é a forma de pagamento. Você, profissional autônomo, possui maquininha de cartão de crédito ou outras formas de pagamento?

Facilite a vida dos seus clientes e melhore as condições de pagamento dos trabalhos.

#8 Tenha um portfólio

Ter um portfólio pode ser considerado um divisor de águas na sua carreira, porque dessa forma os possíveis clientes vão conhecer o seu trabalho e saber do que você é capaz de fazer. Sendo muito mais fácil de alguém aceitar realizar algum trabalho com você.

Pare para pensar se contrataria o serviço de um profissional sem conhecer o trabalho dele. Provavelmente a resposta será não, por isso separe um tempo para montar o seu portfólio.

Além disso, existem diversas maneiras de construir o seu portfólio. É possível criar uma página nas redes sociais, um site ou até mesmo ter um portfólio impresso organizado em uma pasta. O importante é que você possa mostrar o seu trabalho.

Lembre-se de separar os melhores trabalhos para incluir no portfólio, já que a intenção é impressionar os futuros clientes. Procure também sempre divulgar o seu portfólio para que todo munda conheça o seu trabalho.

#9 Conheça os clientes

Tenha em mente que conhecer os seus clientes não significa saber toda a história de vida deles. Mas sim saber como trabalham e qual o perfil profissional dessas pessoas.

Sendo assim, veja abaixo os pontos importantes de saber a história profissional do seu cliente:

  • Por que está nesse ramo?
  • Como o seu cliente começou nesse ramo?
  • O porquê ele continua trabalhando nesta área?
  • Como ele se vê daqui a cinco anos? 
  • O que ele pretende alcançar?
  • Quais são os autos e baixos no negócio?
  • O que o seu cliente acha que precisa melhorar?

Além disso, conheça ainda o público-alvo do seu cliente, isso porque o seu trabalho será alcançar este público. E tendo essas informações será mais fácil saber o que será necessário para alcançar os objetivos do cliente.

Existem diversos sites que conectam clientes com os freelancers

Também é importante que você conheça a concorrência do seu cliente, para poder elaborar uma estratégia junto ao cliente.

Sendo assim, tende obter o máximo de informações possíveis do negócio em questão. 

#10 Procure ter bons contatos

Estar presente na internet é importante, mas não se esqueça de se fazer presente também no mundo real. Sendo assim, procure conversar com outros profissionais que sejam da área, compareça a eventos e participe de palestras.

Dessa forma, será possível reforçar as parcerias antigas e conhecer novas pessoas. Isso porque você irá encontrar colegas de trabalho e terá a certeza e que eles também poderão te indicar para clientes que procuram o seu tipo de serviço.

Além do networking com os colegas de profissão, é necessário ainda ter uma boa relação com os clientes, sejam os novos ou antigos. Eles poderão lhe indicar para amigos ou até mesmo precisar novamente dos seus serviços.

#11 Faça cadastros nos sites de freelancers

Outra dica é se cadastrar nos sites para freelancers. Existem diversas plataformas que conectam profissionais com os futuros clientes de forma simples e rápida, como por exemplo o Upwork e o Rock Content.

Essas plataformas oferecem praticidade e ainda podem ser utilizadas por profissionais de diversas áreas. Se você está em busca de novas oportunidade, essa pode ser uma boa alternativa para conseguir mais clientes.

Principais habilidades para lidar com clientes

Agora que você já sabe como conseguir mais clientes, é interessante que saiba ter jogo de cintura com eles.

Por mais que “o cliente tenha sempre razão”, o profissional não deve fazer algo que não se orgulhe ou que seja o contrário do que aprendeu.

Tente conversar e mostrar que o projeto solicitado não será eficaz para a empresa ou que não é a melhor alternativa.

Ouça e dê suas sugestões. Veja as principais características de um freelancer:

  • Paciência;
  • Saber ouvir e prestar atenção ao que o cliente precisa;
  • Não empurrar sua opinião;
  • Ser maleável;
  • Aceitar feedbacks negativos.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Passo a passo: como começar a empreender
que negócios de franquia abrir com até R$100 mil
10 ideias para montar seu escritório em casa
Vale a pena combo de internet, TV e telefone?
Como ganhar renda extra com Mercado Livre