Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasEmpreendedorismoQual valor da contribuição do MEI para o INSS em 2022?

    Qual valor da contribuição do MEI para o INSS em 2022?

    5
    (3)

    É microempreendedor individual ou quer se tornar um? Independentemente da sua resposta, é preciso estar atento, já que o valor da contribuição do MEI para o INSS vai aumentar a partir de fevereiro deste ano.

    Publicidade

    O reajuste é equivalente a 5% de um salário mínimo, que também sofreu aumento no início do ano e passou de R$1.100 para R$1.212.

    Com isso, a contribuição do MEI para o INSS será de R$60,60. Antes, o valor era de R$55. Vale ressaltar aqui que o valor só será cobrado a partir de março, porque ele será a cota referente ao mês de fevereiro.

    Vale destacar que este novo valor é válido para todos os boletos que vencerão em 20 de fevereiro. Se você já realizou o pagamento antecipado deve ter deparado com o aumento.

    Por fim, a alteração no valor também reflete diretamente no valor do Documento de Arrecadação do Simples Nacional, o DAS. Esse documento é referente principalmente à contribuição do INSS e aos tributos de cada categoria que precisam ser pagos.

    Saiba como ficou o valor da contribuição do MEI por meio do DAS

    Agora que você já sabe que a contribuição do MEI para o INSS sofreu aumento, está na hora de saber qual será o valor do DAS MEI. Por isso, confira abaixo os novos valores a partir de fevereiro, que somente serão pagos em março:

    Publicidade
    • R$61,60 para Comércio ou Indústria (R$60,60 de INSS + R$1 de ICMS);
    • R$65,60 para Prestação de Serviços (R$60,60 de INSS + R$5 de ISS);
    • R$66,60 para Comércio e Serviços (R$60,60 de INSS + R$1 de ICMS + R$5 de ISS).
    Homem escrevendo com celular na mão e com notebook aberto
    O valor da contribuição do MEI para INSS aumenta a partir do boleto com vencimento em 20 de fevereiro

    Plataforma de serviços do MEI:

    Se você já é um microempreendedor individual certamente já deve ter reparado que a plataforma de acesso está de cara nova. Conhecido anteriormente como Portal do Empreendedor, agora a plataforma possui um novo endereço.

    Agora, é possível acessá-la agora pelo site www.gov.br/empresas-e-negocios/. Assim como você já estava acostumado, nela consegue realizar diversos serviços:

    • Abertura do MEI (que é gratuita);
    • Emissão de guias mensais para pagamento;
    • Alteração de dados cadastrais da empresa;
    • Nota fiscal Informações sobre;
    • Declaração Anual do Simples Nacional;
    • Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI);
    • Informação sobre qualificação do MEI;
    • Informação sobre créditos;
    • Crédito emergencial devido à pandemia;
    • Informação sobre programas de incentivo ao empreendedor;
    • Atividades do MEI;
    • Legislação;
    • Estatísticas;
    • Parcerias;
    • Baixa do MEI.

    Dispensa de alvará para o MEI será simplificada

    Você sabia que o funcionamento e a abertura de pequenos negócios no Brasil foram simplificados?

    Pois é! Sendo assim, se tornar um MEI ficará cada vez mais fácil com a dispensa de alvará para MEI, independentemente da categoria e do grau de risco.

    Isso foi possível através da medida da Resolução nº59, que foi publicada em agosto de 2020 e aprovada pelo Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM).

    Publicidade

    Segundo o Ministério da Economia, a medida é reflexo da Lei de Liberdade Econômica. Mas, o que mudará?

    Agora, após você se inscrever no Portal do Empreendedor, será preciso manifestar sua concordância com o Termo de Ciência e Responsabilidade com Efeito de Dispensa de Alvará de Licença de Funcionamento.

    Esse documento será expedido eletronicamente e permite o exercício imediato das atividades do MEI.

    Dessa forma, a partir de agora, quem se inscrever como microempreendedor não vai precisar mais esperar pelo alvará e licença de funcionamento.

    E aí, gostou dessa notícia? Você já sabia dessa facilidade e das novidades sobre o valor da contribuição do MEI para o INSS em 2022? Então compartilhe com outras pessoas agora mesmo!

    Publicidade

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Redação
    Redação
    O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEmpreendedorismoQual valor da contribuição do MEI para o INSS em 2022?

    Qual valor da contribuição do MEI para o INSS em 2022?

    5
    (3)

    É microempreendedor individual ou quer se tornar um? Independentemente da sua resposta, é preciso estar atento, já que o valor da contribuição do MEI para o INSS vai aumentar a partir de fevereiro deste ano.

    Publicidade

    O reajuste é equivalente a 5% de um salário mínimo, que também sofreu aumento no início do ano e passou de R$1.100 para R$1.212.

    Com isso, a contribuição do MEI para o INSS será de R$60,60. Antes, o valor era de R$55. Vale ressaltar aqui que o valor só será cobrado a partir de março, porque ele será a cota referente ao mês de fevereiro.

    Vale destacar que este novo valor é válido para todos os boletos que vencerão em 20 de fevereiro. Se você já realizou o pagamento antecipado deve ter deparado com o aumento.

    Por fim, a alteração no valor também reflete diretamente no valor do Documento de Arrecadação do Simples Nacional, o DAS. Esse documento é referente principalmente à contribuição do INSS e aos tributos de cada categoria que precisam ser pagos.

    Saiba como ficou o valor da contribuição do MEI por meio do DAS

    Agora que você já sabe que a contribuição do MEI para o INSS sofreu aumento, está na hora de saber qual será o valor do DAS MEI. Por isso, confira abaixo os novos valores a partir de fevereiro, que somente serão pagos em março:

    Publicidade
    • R$61,60 para Comércio ou Indústria (R$60,60 de INSS + R$1 de ICMS);
    • R$65,60 para Prestação de Serviços (R$60,60 de INSS + R$5 de ISS);
    • R$66,60 para Comércio e Serviços (R$60,60 de INSS + R$1 de ICMS + R$5 de ISS).
    Homem escrevendo com celular na mão e com notebook aberto
    O valor da contribuição do MEI para INSS aumenta a partir do boleto com vencimento em 20 de fevereiro

    Plataforma de serviços do MEI:

    Se você já é um microempreendedor individual certamente já deve ter reparado que a plataforma de acesso está de cara nova. Conhecido anteriormente como Portal do Empreendedor, agora a plataforma possui um novo endereço.

    Agora, é possível acessá-la agora pelo site www.gov.br/empresas-e-negocios/. Assim como você já estava acostumado, nela consegue realizar diversos serviços:

    • Abertura do MEI (que é gratuita);
    • Emissão de guias mensais para pagamento;
    • Alteração de dados cadastrais da empresa;
    • Nota fiscal Informações sobre;
    • Declaração Anual do Simples Nacional;
    • Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI);
    • Informação sobre qualificação do MEI;
    • Informação sobre créditos;
    • Crédito emergencial devido à pandemia;
    • Informação sobre programas de incentivo ao empreendedor;
    • Atividades do MEI;
    • Legislação;
    • Estatísticas;
    • Parcerias;
    • Baixa do MEI.

    Dispensa de alvará para o MEI será simplificada

    Você sabia que o funcionamento e a abertura de pequenos negócios no Brasil foram simplificados?

    Pois é! Sendo assim, se tornar um MEI ficará cada vez mais fácil com a dispensa de alvará para MEI, independentemente da categoria e do grau de risco.

    Isso foi possível através da medida da Resolução nº59, que foi publicada em agosto de 2020 e aprovada pelo Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM).

    Publicidade

    Segundo o Ministério da Economia, a medida é reflexo da Lei de Liberdade Econômica. Mas, o que mudará?

    Agora, após você se inscrever no Portal do Empreendedor, será preciso manifestar sua concordância com o Termo de Ciência e Responsabilidade com Efeito de Dispensa de Alvará de Licença de Funcionamento.

    Esse documento será expedido eletronicamente e permite o exercício imediato das atividades do MEI.

    Dessa forma, a partir de agora, quem se inscrever como microempreendedor não vai precisar mais esperar pelo alvará e licença de funcionamento.

    E aí, gostou dessa notícia? Você já sabia dessa facilidade e das novidades sobre o valor da contribuição do MEI para o INSS em 2022? Então compartilhe com outras pessoas agora mesmo!

    Publicidade

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?