InícioNotíciasFinanças PessoaisOutubro rosa: qual o custo do exame para reconhecer câncer de mama?

Outubro rosa: qual o custo do exame para reconhecer câncer de mama?

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Todo mês de outubro inicia-se a campanha do outubro rosa, que tem como objetivo conscientizar e alertar as pessoas sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama.

Um dos fatores que dificulta o diagnóstico da doença, porém, é que muitas pessoas não realizam o exame.

O valor é um dos motivos alegados. Assim como a falta de informação sobre a doença, que atinge na maioria das vezes as mulheres no mundo todo.

plano de saúde barato idoso tarifas carência
O outubro rosa é uma forma de combater e informar sobre o câncer de mama

O percentual de novos casos de câncer de mama chega a 29% a cada ano, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Somente no Brasil, foram 16.724 mortes em 2017, conforme dados do Inca.

Por isso que o outubro rosa foi criado: para reforçar que todas as pessoas precisam realizar tanto os autoexames quanto a mamografia e a ultrassonografia.

Outubro rosa: valor do exame para reconhecer câncer de mama

O principal exame para detectar o câncer de mama é a mamografia. As pessoas que têm plano de saúde podem realizá-lo sem pagar nada a mais por isso. Uma vez que o plano cobre a mamografia.

Agora, para as pessoas que não têm cobertura médica, a mamografia custa em média R$150, em clínicas particulares.

É importante ressaltar que esse valor pode variar de acordo com a região e da clínica que oferece o exame.

E no mês do outubro rosa é comum que as clínicas realizem promoções para quem for realizar o exame. As instituições de saúde dos municípios podem, até mesmo, realizarem o exame gratuitamente para a população.

Além disso, existem redes de clínicas particulares que têm preços populares tanto em consultas quanto em diversos exames, incluindo a mamografia.

Os valores chegam a custar dez vezes menos do que em grandes clínicas e hospitais particulares.

Mas, caso você não tenha como arcar com o exame, o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza o exame para mulheres de todas as idades.

Aquelas na faixa etária entre 50 e 69 anos têm prioridade, segundo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Conheça outros exames que detectam o câncer de mama

Apesar de a mamografia ser o principal exame para detectar o câncer de mama, existem outros exames que podem identificar a doença.

Confira abaixo quais são e a média dos valores de cada um deles:

-> Exame de sangue

O exame de sangue pode ser útil no diagnóstico do câncer de mama. Isso porque quando existe algum processo cancerígeno ele é identificado em proteínas específicas. O nome do exame é teste genético.

Os planos de saúde são obrigados a cobrir esse tipo de exame. Agora, quem não pode pagar um plano, deve arcar com um valor alto. Os preços variam entre R$1.900 a R$15.000.

-> Ultrassom da mama

O ultrassom da mama é realizado após a mulher fazer a mamografia e o resultado ter apresentado alguma alteração. Além disso, o ultrassom costuma ser um complemento da mamografia.

Os planos de saúde também cobrem o ultrassom da mama. O exame tem valores que vão desde R$60 a R$180, de acordo com o laboratório e a região do Brasil. 

-> Ressonância magnética

A ressonância magnética é utilizada principalmente para quando existe um grande risco de a mulher ter câncer de mama. Ajudando o médico a confirmar o diagnóstico e a identificar o tamanho da doença.

O preço da ressonância magnética pode variar de R$800 a R$1.000, a depender da área a ser diagnosticada e da complexidade do exame.

É importante ressaltar que todos os valores citados nesta matéria podem variar conforme a região e o laboratório.

Não esqueça: em caso de qualquer sinal de nódulo, não hesite e procure um médico.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Artigos