Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Latam - Ofertas Imperdíveis

Desigualdade salarial entre homens e mulheres: mito ou verdade?

Escrito por: Priscila Gomes em 1 de fevereiro de 2019

A desigualdade salarial entre homens e mulheres é um tema presente em discussões presente nos últimos meses.

As eleições no país, por exemplo, ressuscitaram o assunto e fizeram com que a mídia desse a atenção necessária ao tema.

A desigualdade salarial entre homens e mulheres é um mito ou verdade? É isso que vamos tentar explicar neste artigo!

Desigualdade salarial entre homens e mulheres: mito ou verdade?

Desigualdade salarial é tema de estudo do IBGE

Em 2018, a pesquisa Estatísticas de Gênero: Indicadores Sociais das Mulheres no Brasil, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprova as diferenças salariais entre os gêneros.

Mesmo que o maior número de pessoas com ensino superior sejam mulheres, elas ainda enfrentam a desigualdade no mercado de trabalho quando comparadas aos homens.

Segundo a pesquisa, entre a população de 25 anos ou mais de idade com ensino superior completo, 20,7% são homens e 23,5% são mulheres.

Ao relacionar o rendimento habitual médio mensal dos trabalhos, pode-se perceber que as mulheres ganham, em média, 75% do que os homens ganham.

O que prova que a desigualdade não é um mito, mas, sim, uma realidade a ser combatida pela população brasileira.

Em termos financeiros, a mulher ainda se encontra num patamar inferior, assim como o tempo em que se dedica às tarefas do lar e cuidados de filhos.

Há fatores que a disparidade de gênero se torna maior como em diferenças de nacionalidade e cor da pele.

A desigualdade de gênero é formada antes mesmo da entrada da mulher no mercado de trabalho. No entanto, é lá onde esta diferença é consolidada.

Para negar a desigualdade existente, muitos mencionam a escolha da profissão por parte das mulheres dizendo que as mesmas preferem funções que pagam menos.

Apesar disso, é interessante notar que este tipo de preferência (escolha de cursos nas áreas da educação e humanidades), a mesma já está relacionada à diferença de gênero existente desde no nascimento da menina.

Como combater a desigualdade salarial

Após ter ciência dos dados, como evitar e combater a desigualdade salarial?

Abaixo listamos maneiras de encorajar mulheres a entrarem no mundo dos negócios e mudarem as estatísticas.

É possível combater a desigualdade de várias formas.

#1 Contrate mulheres para cargos de chefia

Caso seu trabalho seja em funções relacionadas aos recursos humanos ou tenha influencias nas contratações, incentive o grupo a contratarem mulheres bem preparadas.

Veja se mulheres estão sendo convocadas para cargos importantes em sua empresa.

Também é interessante analisar o quadro atual da instituição e se as mulheres possuem respeito dos colegas. Confira como é a relação com os demais e observe os preconceitos do dia-a-dia.

Ajude a manter um ambiente em que as mulheres sejam contratadas para cargos altos de acordo com suas formações.

Não importa o seu gênero, mudar a cultura de uma empresa é possível com pequenas atitudes.

Desigualdade salarial entre homens e mulheres: mito ou verdade?

#2 Defenda as mulheres

“Ela é muito estressada” é um dos comentários mais comuns que as mulheres têm de ouvir quando assumem cargos de chefia.

Defenda estas mulheres e fique ao lado delas. Encoraje as mulheres da sua equipe e da empresa, além de incentivar aumentos e promoções, caso seja alguém influente.

#3 Atualize-se sobre os salários

Não apenas em prol das mulheres, mas de todos os contratados, a revisão salarial é essencial para manter a equipe engajada e de acordo com o mercado.

Confira os dados e compensações e divida as informações com os gestores.

#4 Discuta sobre as diferenças

Esta é uma das coisas que precisam mudar para aumentar a igualdade de gênero no trabalho.

Para mudar a rotina e aumentar a igualdade nas empresas e organizações, é preciso ter algumas atitudes como conversar sobre o machismo e contribuir para um diálogo mais aberto.

Divulgue pesquisas e converse abertamente com seus colegas sobre o tema.

#5 Liste compromissos para a nova cultura

Estabelecer a igualdade de gênero é importante para o crescimento de uma organização. Liste compromissos que contribuem para que se tenha progresso na cultura da empresa.

Baseie-se na transparência, talento e formação dos profissionais.

Você já passou e/ou presenciou situações em que ficou evidente a desigualdade no trabalho? Conte nos comentários!

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Opções para plano de saúde de cachorro
trabalho temporário no fim do ano
economia da china
procura por cursos de games no país
Lucro do FGTS