Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

3 ideias para usar o horário de verão a seu favor

Escrito por: Rafael Massadar em 6 de dezembro de 2018

O horário de verão é uma eterna polêmica. Boa parte da população encara a mudança dos ponteiros do relógio como vilão da rotina, principalmente do sono.

No entanto, há aqueles que encaram a hora extra de sol como aliada. Principalmente, aqueles que buscam por uma melhor qualidade de vida.

Para eles, um entardecer mais prolongado estimula a prática de esportes. Além de atividades que, geralmente, quem chega em casa à noite já não tem disposição de fazer.

É com o público que é favorável ao horário de verão que o empreendedor pode conseguir uma renda extra. Afinal, os brasileiros estão entre os mais vaidosos do mundo.

horário de verão

Opções para empreender no horário de verão

Muitos brasileiros deixam para se exercitar ou se alimentar melhor apenas quando o verão se aproxima. Portanto, essa busca por um estilo de vida mais saudável é uma ótima tendência para empreender.

Os números são prova que a aposta pode ser um bom negócio. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a categoria movimenta anualmente cerca de US$ 35 milhões. Consequentemente, o setor faz do Brasil o quarto maior mercado do mundo.

A partir disso, listamos ideias de negócio que podem ser a inspiração de oportunidades.

1 – Comidas fitness

horário de verão

O mercado de comidas fitness cresce cada vez mais, principalmente, dias antes do início do horário de verão. Portanto, se você tem talento na cozinha, esse pode ser um negócio próspero.

Além disso, os adeptos da alimentação vegetariana, aqueles que excluem a carne do cardápio, crescem no Brasil. Eles já somam 30 milhões (14% da população brasileira), de acordo com pesquisa do Ibope encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira.

A pesquisa também mostrou o interesse da população por mais produtos veganos (livres de qualquer ingrediente de origem animal). Mais da metade dos entrevistados (55%) disse que consumiria mais produtos se eles estivessem melhor indicados na embalagem.

Nas capitais, o índice de interessado nesse tipo de alimentação sobe para 65%. Logo, aproveite alguns negócios que estão em alta no mercado.

Orgânicos, naturais, com baixo teor de sódio, sem adição de açúcares, sem lactose, livre de glúten e de transgênicos. É grande a lista de categorias de alimentos que ajudam as pessoas a colocar em prática hábitos de vida mais saudáveis.

Ingredientes e versões menos processadas também vêm ganhando espaço e conquistando a preferência do consumidor.

2 – Exercícios funcionais

horário de verão

O horário de verão é ótimo para você aproveitar as últimas horas de dia claro para se exercitar. Assim, para os profissionais de Educação Física, o treinamento funcional se tornou mais uma alternativa ao desemprego.

A boa notícia para quem deseja empreender no segmento é que os acessórios para as aulas não são muito caros. Além disso, boa parte dos exercícios no treinamento funcional podem ser realizados utilizando o peso do próprio corpo.

O treinamento funcional pode ser realizado tanto em espaços fechados (indoor) quanto em espaços abertos (outdoor). Sendo assim, esse acaba sendo um item facilitador para profissionais que ainda não possuem um espaço fixo e fechado para orientar os treinos.

3 – Estética

horário de verão

A estética é uma das áreas que mais crescem. Principalmente durante o período do horário de verão. Além disso, os cuidados que antes eram associados apenas às mulheres agora atraem também cada vez mais homens, de todas as idades.

De acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos junto ao Instituto FSB Pesquisa, o Brasil é o terceiro país com o maior mercado consumidor em relação a produtos e equipamentos de beleza e estética.

Seja qual for sua escolha para empreender, o primeiro passo é buscar conhecimento no segmento de negócio. Procure o máximo de conhecimento. Existem diversos cursos para quem quer começar a empreender.

Por fim, invista sempre em negócios tendência. E trabalhe muito bem sua comunicação na internet. Existem muitos meios que podem e devem ser explorados, como Facebook, Instagram, blogs e o próprio site da sua empresa.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe um comentário

Posts relacionados

10 ideias para montar seu escritório em casa
empreendedor mais inovador abaixo dos 35 anos
Equity Crowdfunding
MVP