Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Investir ou empreender: veja o que avaliar

Escrito por: Rafael Massadar em 21 de novembro de 2018

Vale mais investir ou empreender? Em ambas opções cada vez mais brasileiros se arriscam. Principalmente em tempos de crise, quando as pessoas buscam alternativas para se desvencilhar do cenário nada favorável e melhorar de vida.

Por isso, cada vez mais pessoas optam por abrir um negócio próprio para complementar a renda da família. Somente no ano de 2017, o país registrou 55 mil novos aplicadores de um total de 619,62 mil. Isso representa um crescimento de 9,85% em relação a 2016.

Número quase igual se comparamos à porcentagem do aumento do número de investidores no Brasil. Somente neste ano de 2018, a quantidade total até o mês de maio chegou a 680,57 mil aplicadores. Esse número é uma alta de 9,83% em relação a 2017.

Vale ressaltar que a quantidade de investidores no país também cresceu. A participação total de jovens com idade entre 16 e 25 anos passou de pouco mais de 14 mil em 2016 para 18,4 mil em 2017.

Esses números representam um aumento de 28,6% em apenas um ano. Em 2018, a quantidade total de jovens investidores já é de 20,7 mil, aumento de 12,5% em relação a 2017.

Investir ou empreender

O que esperar da economia em 2019?

Para se decidir entre investir ou empreender, é preciso pensar em como ficará o cenário econômico brasileiro. No entanto, as previsões ainda são muito incertas. Isso porque ainda não é certo que caminho a próxima equipe econômica terá como base, já que ainda está em processo de formação.

Enquanto isso, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) revisou em baixa suas projeções para o crescimento do Brasil neste ano e no próximo.

A OCDE destaca a intenção do novo governo em reiniciar reformas, em particular a da Previdência. Segundo a organização, ajudaria a melhorar a confiança e o gasto do setor privado. Consequentemente, permitindo que o crescimento do PIB avance para cerca de 2,5% em 2019.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) também reduziu recentemente suas previsões para o crescimento do Brasil para 2018 e 2019. De acordo a instituição, elas passam agora a ser de 1,4% e 2,4%, respectivamente.

O que vale mais: investir ou empreender?

Empreender parece ser um bom caminho para 2019. Afinal, a economia brasileira, apesar das medidas do governo federal, não destravou e não gerou empregos. Os últimos dados do IBGE ainda apontam 12,5 milhões desempregados no país no terceiro trimestre de 2018.

Do total, 5 milhões de pessoas (40,4%) estão procurando emprego há mais de um ano. Porém, o que mais impressiona nos números é que um em cada quatro desempregados procura trabalho há dois ou mais anos.

Por isso, em dez anos, o Brasil passou de 14,6 milhões de empreendedores para 49,3 milhões. De acordo com a Pesquisa GEM, de 2007 a 2017 mais que triplicou o número de pessoas entre 18 e 64 anos que exerciam alguma atividade empreendedora no país.

Embora o contexto geral seja favorável, não dá para negar que quem decide empreender no Brasil provavelmente vai ter que superar muitos desafios. Afinal, existem lutas diárias que precisam ser vencidas, independentemente do setor de atuação.

E o mercado de ações?

Investir ou empreenderA B3, bolsa de valores brasileira, registrou um lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 465,4 milhões no terceiro trimestre deste ano. O valor representa uma alta de 38,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Esses números podem ser ainda maiores na divulgação do último trimestre de 2018 e, talvez, em 2019. Isso porque o presidente eleito, Jair Bolsonaro, já declarou que vai adotar uma agenda de privatizações e de reformas econômicas.

Portanto, caso a dúvida persista entre investir ou empreender, no mercado de ações as estatais podem ser uma boa aposta. Já que o presidente eleito e o próximo ministro da fazenda Paulo Guedes pretendem privatizar áreas de algumas empresas do governo federal.

Descubra seu perfil

Muitas pessoas sonham em empreender para ter liberdade de horários, tomar as próprias decisões e enriquecer rapidamente. No entanto, as coisas não funcionam exatamente assim.

Ser empresário consiste em trabalhar muito mais do que oito horas por dia, sacrificar feriados e finais de semana. Além de, muitas vezes, não tirar férias.

Já se você busca uma maneira de apenas remunerar o seu capital e não é apaixonado por determinado negócio, vale a pena investir no mercado financeiro.

Com um bom conhecimento sobre aplicações financeiras é possível ganhar dinheiro. Porém é necessário saber montar uma carteira de investimentos para equilibrar os lucros e minimizar o riscos totais.

Existem diversas modalidades de aplicações financeiras, a começar pelas de renda fixa e renda variável. Veja o que o FinanceOne sugere para que você seja um investidor de sucesso.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

aplicativos de carona
hábitos dos investidores inteligentes
aposentadoria compulsória
empresas fechadas
Robô