Dividendos: entenda como e onde acompanhá-los

0
374
peças de madeira que escrevem dividendos em inglês
0
(0)

Você sabe o que isso significa dividendos? É provável que você já tenha se deparado com essa palavra em algum lugar.

Anúncios

Afinal, estamos falando de um dos temas mais lembrados quando o assunto é viver de renda. Ou seja, um dos sonhos de quem busca a independência financeira.

Dito isso, o termo nada mais é do que o nome dado à distribuição de parte do lucro líquido de uma empresa. Porém, isso não é válido para uma “empresa qualquer” – embora esse tenha sido o gancho inicial.

Anúncios

O termo “dividendos” está relacionado à Bolsa de Valores e as companhias que estão listadas no mercado de ações. As empresas com papéis negociados na B3 são obrigadas a distribuir pelo menos 25% dos lucros obtidos aos seus acionistas.

Por que empresas pagam dividendos?

Existem muitos motivos pelos quais uma empresa pode tomar a decisão de pagar dividendos. Os principais motivos pelos quais as empresas pagam esses valores são para atrair investidores e também podem ajudar na retenção dos acionistas.

O valor do pagamento de dividendos está correlacionado ao seu pagamento de dividendos, e o princípio básico é: quanto mais ações uma pessoa possui, maiores serão os pagamentos de dividendos.

Anúncios

Oferecer dividendos pode despertar o interesse entre investidores sérios e criar mais demanda pelas ações. Os dividendos também são um sinal para os investidores de que a empresa está indo bem financeiramente, uma vez que eles podem pagar os dividendos.

Além disso, alguns investidores podem usar seus dividendos para investir de volta na empresa e comprar mais ações. Os dividendos podem ser usados para reinvestir os lucros em projetos de expansão, para pagar dívidas e/ou recomprar ações.

Quais são as empresas que pagam dividendos?

Como você viu, os proventos distribuídos pelas empresas de capital aberto são resultado dos lucros do período, ou seja, se a companhia registrar prejuízo, não será feito nenhum repasse. Portanto, nem todas as organizações pagam dividendos.

Caso você queira saber mais, uma dica é conferir a Lei 6.404/1976, que dispõe sobre as sociedades por ações. Elas trazem mais detalhes, mas é basicamente o que já explicamos.

Além disso, vale a pena conhecer o dividend yield (DY). Esse é o indicador que sinaliza as companhias que pagam a maior mediana de dividendos, isto é, as que distribuem uma quantia mais alta.

Para calculá-lo, é aplicada a seguinte fórmula:

Dividend yield = dividendos anuais por ação / cotação atual do ativo

Por exemplo, se as ações valem R$ 50 e o pagamento anual para cada uma delas é R$2,50, o dividend yield é 0,05. Para chegar a um percentual, multiplique por 100. Nesse caso, 5%.

Por que o DY é importante?

Em primeiro lugar, por indicar como estão as finanças da empresa. Se o indicador for muito baixo, mostra que a companhia está pouco rentável. Por isso, pode ser um mau negócio investir nela.

Por outro lado, o dividend yield é apenas um dos indicadores e nem sempre representa um investimento seguro. É preciso observar várias questões de saúde financeira da empresa. Tanto é, que o DY muito elevado costuma indicar pouca perspectiva de crescimento.

Então, como decidir o que é melhor?

O que vai direcionar se você precisa investir mais em empresas de crescimento (que valorizam mais, mas pagam menos dividendos) ou empresas de dividendos, é a sua necessidade de crescimento patrimonial.

Assim, você pode escolher ações que sejam mais compatíveis com a sua meta.

+ Conheça 21 ações que podem pagar dividendos acima da Selic

Tipos de dividendos

Entre os diferentes tipos de dividendos e proventos que podem ser recebidos pelo investidor, estão:

  • Em ações;
  • Em dinheiro;
  • Juros sobre Capital Próprio (JCP);
  • Dividendo especial;
  • Direitos de subscrição.

Em ações

Nesse caso, o acionista recebe o pagamento por meio de papéis adicionais da empresa, ou seja, ele ganha um número de papéis conforme a quantidade que ele já possui na empresa.

Em dinheiro

Nessa modalidade, o acionista recebe o valor em dinheiro podendo, inclusive, usar a quantia para reinvestir em ações da companhia.

+ Confira o Guia completo: como investir na Bolsa de Valores

Juros sobre Capital Próprio

O JCP é um tipo de provento parecido com os dividendos, porém, conta com Imposto de Renda de 15% para o investidor, bem como isenção fiscal para a companhia. Essa isenção faz com que as empresas possam distribuir mais do seu ganho.

Dividendo especial

Também conhecidos como dividendos one-time, o seu pagamento é feito fora da agenda de dividendos da empresa. Isso significa que esses proventos não são distribuídos nas datas pré-determinadas. Esse tipo de situação é rara, mas pode ocorrer, por exemplo, quando a companhia opta por vender parte de seu negócio.

Direitos de subscrição

O acionista recebe esse tipo de provento quando a empresa opta por emitir mais ações, dessa maneira, ela consegue oferecer aos acionistas o direito de subscrição.

Esse direito trata-se da possibilidade de adquirir esses papéis antes do mercado, às vezes, por um preço mais baixo do que será anunciado no mercado.

pessoa empilhando moedas com um saco de dinheiro com um cifrão dsenhado ao lado
O dividendo é a parte do lucro de uma empresa que é dividida com seus acionistas, como uma forma de bonificação ao investimento feito

Quando os dividendos são pagos?

É importante se atentar às datas de pagamento dos dividendos. A distribuição dos lucros pode acontecer de forma mensal, trimestral, semestral ou até anual.

O acompanhamento deve ser feito no site de Relação com Investidores (RI) de cada companhia. Esse é o lugar em que você pesquisará informações sobre as datas de pagamentos. Mais do que isso, verá quanto das ações que pagam dividendos gerarão para cada ativo.

Mas, caso você queira saber as datas de todas as empresas que pagam dividendos, uma dica é usar o portal Meus Dividendos. Ele consiste em uma comunidade de investidores que ajuda a analisar ativos e controlar as aplicações financeiras.

Contudo, quatro nomes são importantes para o investidor. São eles:

1 – Data de Declaração

É o dia em que o Conselho de Administração da empresa anuncia a declaração dos dividendos. Essa declaração inclui o valor do dividendo, a data de registro e a data de pagamento.

Depois da data de declaração em que o valor do dividendo foi anunciado, a empresa tem a responsabilidade legal de pagá-lo.

2 – Data de Registro

Na Data de Registro, a empresa vai registrar os acionistas elegíveis para o pagamento de dividendos.

O dia também é usado para a companhia estabelecer para quem irá enviar os relatórios financeiros, procurações e outras informações relevantes para o processo de pagamento de dividendos.

3 – Data Ex-Dividendo (ou Ex-data)

A data ex nada mais é do que a data em que os novos investidores não têm mais direito ao dividendo declarado. A partir dela, o preço da ação é ajustado, tirando o valor que será distribuído da sua base de cálculo.

Se um investidor compra uma ação depois da data de ex-dividendo (também chamado de ex-data), quem irá receber o pagamento é o vendedor da ação. A ex-data geralmente é definida para 2 dias úteis antes da Data de Registro.

Porém, isso pode mudar para dividendos que não são pagos em dinheiro. Para dividendos distribuídos no formato de ações, a ex-dividendo é o primeiro dia útil após o pagamento de dividendos.

4 – Data de Pagamento

Como o nome sugere, a Data de Pagamento é o dia previsto para a distribuição dos dividendos. Somente os acionistas que possuíam ações antes da ex-data têm direito a recebê-lo.

Reinvestimento dos Dividendos

Existem investidores no mercado de ações que preferem reinvestir seus dividendos na compra de mais ações da mesma empresa.

Isso acontece para que haja um proveito dos juros compostos, ou juros de juros, realocando o lucro que obteve com as ações que adquiriu, para obter um lucro adicional na próxima distribuição de dividendos da empresa.

E então, gostou das dicas? Compreendeu o que é dividendo e como funciona o pagamento? Se o conteúdo do artigo foi útil, compartilhe.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui