Início Notícias Investimentos Especialista indica 5 melhores investimentos para setembro

Especialista indica 5 melhores investimentos para setembro

3.5
(2)

Diversos fatores econômicos e sociais brasileiros servem de base para você saber quais são os melhores investimentos para setembro. Entre as notícias boas, a alta da Ibovespa.

Contudo, o cenário fiscal e econômico do país segue no radar do mercado. Tais quais a a queda histórica do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre e o Orçamento de 2021, assim como a extensão do auxílio emergencial.

Aliado a isso, a disputa pela presidência dos Estados Unidos está a todo vapor. Nas pesquisas da semana, Joe Biden manteve margem sobre Donald Trump.

Olho na Selic para escolher os melhores investimentos para setembro

A Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, está em 2%, o menor valor da série histórica. Ou seja, investimentos como a poupança e o Certificado de Depósito Bancário (CDB), passaram a render menos.

Portanto, atenção nesse detalhe na hora de escolher os melhores investimentos para setembro. Você pode perder dinheiro se apostar nesse tipo de aplicação.

O coordenador do MBA de Gestão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV), Ricardo Teixeira, explica que para conseguir melhores rendimentos, investidores devem assumir um pouco mais de risco.

Escolha dos melhores investimentos para setembro requer assumir mais riscos

Os melhores investimentos para setembro, beneficiados pela queda da taxa Selic, são de renda variável.

“Isso ocorre pelo fato de a Selic ser utilizada para controlar a emissão, compra e venda de títulos, o que impacta nos ganhos das alternativas de renda fixa, como os títulos bancários”, explica Ricardo Teixeira.

A seguir, o especialista lista os cinco melhores investimentos para o mês de setembro:

Dica 1 – Ações

Ação é uma pequena parte da empresa que o investidor adquire para ganhar com os dividendos (parte dos lucros destinada aos acionistas) ou pela venda da ação. Nesse último caso, o lucro vem da variação de seu preço.

Esses ativos são negociados na Bolsa de Valores (B3) ou no mercado de balcão (de forma direta entre as partes), e seus preços são bastante voláteis, já que são determinados pela oferta e demanda do mercado.

Dica 2 – Fundos de ações

Basicamente, fundo de ações é uma carteira de ativos de renda variável que pode ser composta de ações, certificados de depósito de ações, recibos de subscrição e cotas de fundos de índices.

Dica 3 – Fundos multimercados

Esses fundos incluem investimentos de variados tipos, de curto a longo prazo, de renda fixa e variável.

Eles são abertos e permitem a entrada de qualquer pessoa, mas também são fáceis de sair, bastando solicitar o resgate de valores para receber seus recursos.

Dica 4 – Fundos Imobiliários

Os fundos imobiliários (FIIs) consistem em um conjunto de ativos imobiliários. Eles são negociados na Bolsa de Valores e surgiram com a finalidade de tornar o investimento em imóveis mais acessível ao grande público.

Dica 5 – Câmbio

Ao investir em câmbio, tenta-se obter lucros com a variação de determinada moeda. Assim como as ações, as moedas também têm riscos elevados em razão de sua volatilidade.

Veja a variação da cotação das moedas, no conversor de moedas do FinanceOne:

Para atingir maiores lucros, diversifique os investimentos

Apesar de você já saber quais são os melhores investimentos para setembro, dificilmente um investimento se manterá sempre lucrativo.

Afinal, é possível que ocorram instabilidades políticas, crises econômicas, mudanças nas normas e taxas (como a própria queda da Selic).

Portanto, a diversificação dos investimentos é a estratégia mais eficaz para garantir a rentabilidade dos ativos em mudanças econômicas.

“Em vez de alocar todo seu capital em apenas um investimento, pode-se mitigar os riscos ao colocar o dinheiro em ativos e fundos variados. Essa tática também é eficiente para trazer mais segurança aos investimentos de renda variável de forma geral”, ressalta Ricardo Teixeira.

Confira ainda mais dicas do professor da FGV sobre onde investir com a Selic em 2%. Leia aqui!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Como escolher uma exchange para compra de moedas digitais?

Antes de escolher uma exchange para compra de moedas digitais, você tem que saber o que é essa plataforma. Essas corretoras facilitam...

FGTS é igual PIS? Entenda as diferenças

É bem provável que você já tenha escutado falar em FGTS e PIS, mas será que existem diferenças entre eles?

Como escolher o melhor passe livre para pedágios? Veja 5 opções!

Você sabia que o Sistema de Identificação Automática de veículos foi criado com um objetivo diferente do passe livre para pedágios atual?...

Conheça 4 franquias mais rentáveis no mercado

Quem está pensando em investir em franquias, precisa levar em consideração diversos pontos. O seu investimento pode até ser baixo, mas para...

10 corretoras de confiança para investir

Escolher uma corretora de confiança para investir não é uma tarefa fácil. O primeiro passo é verificar se a instituição é cadastrada...

Auxílio residual de R$300: governo divulga calendário

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamentos referente ao auxílio residual das parcelas de R$300. Os pagamentos serão para os...