Início Notícias Finanças Pessoais 3 estratégias das lojas para você gastar mais no fim de ano

3 estratégias das lojas para você gastar mais no fim de ano

5
(1)

É sempre assim: fim de ano as lojas fazem um enxurrada de promoções. Contudo, cuidado para não cair na tentação de gastar mais do que deve.

É difícil se segurar. Principalmente, porque você ainda estará com uma parte do 13º salário em mãos e, muito provavelmente, vai precisar trocar presentes do Natal.

Cerca de 66% dos consumidores estão endividados, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Ou seja, melhor não gastar.

O professor dos MBAs da Fundação Getulio Vargas, Ricardo Teixeira, lembra que o início do ano é um momento com muitas despesas. Por isso, segundo ele, é necessário ser sincero consigo mesmo e analisar se você vai ficar apertado em janeiro.

“Se a resposta for sim, guarde o dinheiro para pagar IPTU, IPVA e demais impostos. Quem tem filhos em idade escolar vai precisar comprar o material necessário para 2021”, ressalta Teixeira.

Estratégias das lojas para você gastar mais no fim de ano

Fim do ano é, geralmente, acompanhado por um crescimento no número de trocas de produtos. Por isso, os comerciantes aproveitam esse período para vender ainda mais.

Além disso, existem as práticas do ‘falso desconto’ e pagar mais por um produto ou pela taxa de entrega.

1 – Embutir um produto novo na hora da troca

Capacitar seus vendedores para identificar oportunidades é uma prática comum durante o ano. No entanto, no final do ano, essa tática é levada mais a sério.

Os vendedores fazem demonstrações de outros itens relacionados no período de troca. Afinal, é uma oportunidade de incrementar a venda para o consumidor na hora da troca daquele presente indesejado ou não inadequado de Natal.

Além disso, nesse momento, os atendentes vão fazer de tudo para conseguir seus dados cadastrais. O objetivo é iniciar um relacionamento via e-mail ou mesmo pelas redes sociais para garantir a divulgação de novidades e ações promocionais.

2 – Falsas promoções

Já é comum no comércio em geral as falsas promoções. Isso acontece quando um site ou loja física aumenta o preço de um produto nas semanas anteriores ao final de ano para dar um falso desconto no dia da promoção.

No entanto, isso é uma prática fácil de ser descoberta com o uso de serviços e aplicativos que rastreiam a evolução dos preços das lojas virtuais. Ou até mesmo uma pesquisa presencial no estabelecimento.

+ 5 melhores aplicativos para monitorar preços

3 – Tática do frete

Na hora de pesquisar produtos, não considere apenas o menor preço. Considere na sua pesquisa o valor do frete. O ideal é que a pesquisa some esses dois valores, pois só assim dá para saber quem de fato está cobrando menos.

Planejar ajuda a economizar

Para o especialista em gestão financeira da FGV, Ricardo Teixeira, os preços do fim de ano são muito atraentes. Mas “não é só que é porque alguma coisa está com o preço atraente que deve ser comprada”, diz.

fim de ano
Para o professor da FGV Ricardo Teixeira, as compras sem planejamento afetam o bolso dos consumidores.

Teixeira lembra ainda que você se considera uma pessoa desorganizada, o ideal é juntar o dinheiro e pagar à vista.

“É ilusão achar que um grande número de parcelas com valor baixo no cartão de crédito vale a pena, porque há juros embutidos”, conclui o professor da FGV.

Aproveite a visita em nosso site e leia também sobre quando é melhor pagar à vista ou parcelado.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui