Gasolina x Álcool: qual o mais vantajoso? | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,843
Euro R$ 4,457
Bitcoin R$ 24.664,04
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,053
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Gasolina x Álcool: qual o mais vantajoso?

A gasolina brasileira é a segunda mais cara do mundo. Sabia disso? Com os recorrentes aumentos no preço dos combustíveis, o Brasil passou a ter a segunda gasolina mais cara dentre os países maiores produtores de petróleo.

De acordo com a consultoria Air-Inc, a gasolina brasileira atingiu o preço médio de US$ 1,34 por litro (à cotação de R$3,30). Valor inferior apenas à gasolina norueguesa, que possui o preço final de aproximadamente US$ 1,89/litro.

Alguns outros países produtores de petróleo com gasolina mais cara são:

– Angola (US$ 0,97/litro) na 3ª posição;

– Gabão (US$ 0,94/litro), na 4ª posição;

– China (US$ 0,92/litro), na 5ª posição.

Os três mais baratos são:

– Venezuela (US$ 0,001/litro);

– Líbia (US$ 0,11/litro);

– Arábia Saudita (US$ 0,20/litro).

Nos Estados Unidos e no México o preço deste combustível está na ordem de US$ 0,62/litro e US$ 0,82/litro, respectivamente. Em 2017, o Brasil foi o maior produtor de petróleo da América Latina, superando o México e a Venezuela.

O preço médio da gasolina para o consumidor final segue acima do patamar de R$4,22. É o que apontam dados divulgados no início deste mês pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O valor representa uma média calculada pela ANP, que verifica os preços em 5.804 postos em diversos municípios. Eles, portanto, podem variar de acordo com a cidade.

Enquanto isso, o etanol terminou a semana em baixa pela quarta semana seguida, passando para R$2,853 por litro. A baixa foi de 1,38%. No ano, a queda acumulada é de mais de 2%.

gasolina

Quando o álcool vale mais a pena?

Geralmente, o álcool (etanol) passa a ser vantajoso quando o preço do litro for inferior a 30% do valor do litro da gasolina. E para fazer essa conta, basta estar de posse de uma calculadora e fazer o seguinte cálculo: multiplique o valor da gasolina no posto de combustível por 0,7.

– Se o resultado for maior que o valor do álcool, vale abastecer com álcool;

– Se o resultado for menor que o valor do álcool, abasteça com gasolina.

Da mesma forma, você pode dividir o valor do etanol pelo da gasolina:

– Se o valor for maior que 0,7, abasteça com gasolina;

– Se o valor for menor, abasteça com o álcool.

Onde o álcool já é mais vantajoso?

gasolina

Abastecer o veículo com álcool já é mais vantajoso do que com a gasolina em São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso, segundo o último levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, entre os dias 29 de abril e 5 de maio.

O posto mais barato do Brasil para encher o tanque com etanol na semana passada foi encontrado em São Paulo, onde o litro do combustível estava R$2,099.

Já o álcool mais caro era o do Rio Grande do Sul, comercializado em um posto por R$4,799 o litro.

Na média entre os postos, novamente São Paulo, principal região produtora e consumidora do país, leva vantagem para o restante do Brasil, com preço de R$2,656 para o litro do álcool, diferença de 66,32% na comparação com o preço da gasolina.

E o Rio Grande do Sul é onde se viram os maiores preços na bomba, de R$4,06 o litro.

No Estado do Mato Grosso, o etanol hidratado é vendido em média por 68,76% do preço da gasolina e, em Minas Gerais, 68,30%. Já em Goiás, o hidratado é vendido em média por 63,64% do preço da gasolina.

Utilizar gasolina ou álcool influencia em que?

Em relação à manutenção e ao desgaste de peças dos carros com motor flex, as montadoras garantem que não há diferenças perceptíveis ou problemas gerados no abastecimento para qualquer proporção álcool-gasolina.

Ou seja, há muitas histórias de pessoas que se dizem entendidas no assunto que contam que é melhor para o carro ser abastecido por gasolina do que álcool, ou ainda que o carro se acostuma com um dos combustíveis.

Ou até mesmo que se você abastecer o carro constantemente com álcool, deverá abastecer algumas vezes com gasolina porque o álcool não é tão “bom” quanto a gasolina. Todas essas lendas não procedem.

Portanto, para o usuário de veículos normais, o mais importante a considerar quando for abastecer o seu automóvel é a diferença de preços. Isso porque o consumo de álcool é um pouco maior que o consumo de gasolina pelo mesmo motor.

Em média, os carros leves mais utilizados nas ruas consomem 30% a mais com álcool do que com gasolina percorrendo a mesma distância.

15 dicas para economizar combustível

gasolina

Em tempos de crise, qualquer economia de dinheiro é muito bem-vinda. Pensando nisso, reunimos várias dicas simples que vão ajudar a poupar dinheiro:

1 – Pé leve no acelerador – Nada de acelerações bruscas. Use seu pé direito de forma progressiva.

2 – Menos pé no freio – Precisa parar lá na frente? Tire o pé do acelerador com antecedência e o motor se encarregará de reduzir a velocidade do carro. Não deixe para frear com força mais adiante.

3 – Freio motor – Faça uso do freio motor em declives acentuados. Sabe a “banguela”? Além de ser perigosa, não representa qualquer economia nos carros atuais. Ao descer a serra com um carro automático, ponha o seletor em uma marcha mais reduzida do que o drive.

4 – Computador de bordo – Configure o computador para mostrar consumo imediato ou o consumo médio, e fique sempre atento aos números. Com o tempo, você pegará todas as manhas para dirigir de maneira mais econômica.

5 – Câmbio 1 – Não estique as marchas sem necessidade. Procure fazer as trocas em rotação adequada: se o carro tem conta-giros, tente fazer com que o motor trabalhe em rotação próxima, ou um pouco inferior, à do regime de torque máximo. Evite que o ponteiro chegue perto da rotação de potência máxima (os números relativos ao seu carro estão no manual ou podem ser encontrados na internet).

6 – Câmbio 2 – Muitos modelos modernos têm um indicador do momento mais econômico da troca de marcha. Use-o sempre que quiser gastar pouco combustível. Com o tempo, você passará a dirigir assim automaticamente.

7 – Câmbio 3 – Seu carro já tem caixa de seis marchas? Então, não se esqueça de usar a sexta em rodovias. Parece bobagem, mas há gente desligada que, simplesmente, mantém o câmbio em quinta pela estrada afora.

Velocidade também influencia no gasto

8 – Velocidade – Quer economizar? Tente dirigir em ritmo um pouco mais lento que o usual (especialmente nas velocidades acima de 100km/h). Pé leve e sensível, sempre.

9 – Postos – Tente abastecer, sempre que possível, em postos confiáveis ou conhecidos.

10 – Tipo de gasolina – Com gasolina comum, alguns centavos mais barata, os carros rendem a mesma coisa que com a gasolina aditivada. A diferença está apenas na limpeza que o combustível faz no motor. E vale dizer que, hoje, até a gasolina comum traz um pouco de aditivo.

11 – Ar-condicionado – Na estrada, use o equipamento — compressores modernos já não exigem tanto esforço do motor. As janelas fechadas melhoram a aerodinâmica e, consequentemente, o consumo cai.

12 – Revisões – Faça revisões e as manutenções preventivas e verifique, em especial, o estado das velas e o funcionamento da injeção eletrônica.

13 – Filtros – Verifique se o filtro de ar está sujo. A substituição deve ser feita, em média, a cada 10 mil quilômetros, mas isso varia com o tipo de uso.

14 – Calibragem – Mantenha os pneus com a pressão correta. Vá ao calibrador uma vez por semana. O ideal é que os pneus estejam frios na hora da calibragem.

15 – Porta-malas – Você gosta de levar tralha no porta-malas desnecessariamente? Não carregue peso morto. Aproveite algumas horas livres para tirar os cacarecos do carro.

Coloque um Kit de Gás

gasolinaQuem não gosta de economizar com combustível? Todo mundo gosta de pagar menos e andar mais. E uma das alternativas preferidas são os carros com GNV (Gás Natural Veicular).

Essa alternativa, muito comum, pode não ser uma boa ideia para todo mundo, já que nem todos rodam o suficiente para o valor do Kit GNV compensar o valor da instalação.

A economia é a principal vantagem para quem tem um carro com GNV. O abastecimento com o gás natural veicular alivia o bolso do motorista.

Isso porque esse combustível é sempre mais barato do que a gasolina ou o etanol. Porém, como qualquer outro combustível, também está sujeito à oscilação de preço e crises de abastecimento.

Além disso, alguns estados oferecem desconto na alíquota de IPVA. Outra vantagem é que o GNV é um combustível menos poluente.

No entanto, o carro com GNV também possui desvantagens. Apesar da economia, a instalação do GNV pode ter alguns efeitos colaterais no carro, e um dos principais é a perda de potência. A outra é a perda de espaço no porta malas.







Mais lidos

Onde conseguir crédito mais barato para seu negócio?
Para conseguir crédito mais barato é preciso muita pesquisa. Isso é fundamental para evitar o des...
Truques para cumprir metas ainda este ano
O segundo semestre de 2018 começou há pouco. E o que você fez até então? Toda aquela lista da r...
Preço dos imóveis residenciais tem queda real no Brasil
O preço dos imóveis residenciais à venda no país teve uma queda real de 2,59% no primeiro semest...
5 passos para fazer uma reserva de emergência
Fazer uma reserva de emergência é importante para resolver imprevistos financeiros. Pode ser o cas...
Brasil ganhou 7 mil novos milionários em 2017
O número de milionários cresceu no Brasil. São mais 7 mil pessoas que entraram no seleto grupo em...
Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o...




Publicidade