Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Como economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida

Escrito por: Mateus Carvalho em 5 de outubro de 2018

Muitas pessoas têm dificuldade quando o assunto é poupar dinheiro e, por isso, acabam que não guardam o dinheiro para futuras necessidades. Já outras pessoas acham que economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida não é possível. Mas, acredite, seguindo algumas dicas e se planejando, você não precisará abrir mão do seu estilo de vida.

Quando você decide economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida, é preciso abrir mão de algumas coisas. Além disso, é necessário rever alguns hábitos porém sem perder o estilo de vida com que a família já está acostumada.

Para isso, você deverá cortar as despesas do lugar correto, mas como assim? Será preciso se desfazer dos hábitos cujos custos são maiores do que os benefícios. Sendo assim, a família precisará encontrar novas formas, que sejam criativas, para economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida.

economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida
É possível economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida

Além disso, algumas pessoas acham que poupar é sinônimo de sacrifícios, o que pode acabar acarretando em uma menor qualidade de vida. 

Você deve estar pensando que para poupar uma determinada quantia de dinheiro, é necessário preservar o lazer e a diversão em família. Mas saiba que está errado, porque você poderá adaptar os passeios em família e com os amigos. Um exemplo: em vez de sair para um bar, por que não chamar os amigos para uma noite com pizza e vinho em casa?

Dicas para economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida

Para economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida é preciso manter a vida financeira organizada e planejada. Mas como isso é possível? Com algumas dicas que você confere abaixo.

Monte uma planilha com todas as despesas mensais

O primeiro passo para economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida é realizar uma revisão dos gastos mensais que são fixos. Por mais que pareça ser uma atitude óbvia, muitas pessoas ainda não fazem essa planilha para ajudar a visualizar os gastos.

Por isso, é tão importante que você realize os cálculos de quanto gasta do salário ou até mesmo da renda mensal familiar com cada despesa. Um exemplo disso são os gastos com transporte, alimentação, casa, entre outros tópicos.

Ao realizar as anotações das despesas, tanto fixas quanto variáveis, você conseguirá analisar de forma mais profunda, onde existe o descontrole com os gastos e os valores de cada um. Após preencher a planilha no final do mês, você poderá fazer um balanço dos gastos por setor.

Controle os gastos supérfluos

Essa é uma etapa considerada importante, porque é preciso dar uma atenção especial para os gastos que são considerados menores. Isso porque as pessoas costumam se preocupar com as despesas de valores altos, como prestação do carro, conta de luz, água e telefone, entre outros.

E as despesas de valores menores acabam não sendo levadas em consideração na hora de colocar na planilha. Porém, as idas ao cinema no meio da semana ou o almoço de domingo em um restaurante precisam ser controlados. Até mesmo a água de R$ 2 que é comprada na rua precisa ser anotada.

Por serem considerados gastos de pouca relevância, isso faz com que as pessoas não deem muita atenção para eles. Porém, quando somadas todas essas pequenas despesas elas poderão ter consumido uma grande parte do seu orçamento. Por isso, anote-as também na sua planilha mensal.

Avalie o nível de vida que você leva

Depois de realizar a planilha de gastos mensais e de cortar os gastos considerados menores, a próxima etapa será economizar e guardar dinheiro sem perder qualidade de vida. Mas para isso, você precisará rever o nível de vida que leva.

Para começar, o conceito de uma vida de qualidade pode ser diferente para a maioria das pessoas. Para algumas, pode significar ter casa com piscina e viagens todo ano, enquanto para outras é poder sair com a família e amigos no final de semana, por exemplo.

Porém, o significado de qualidade de vida deve condizer com a sua atual condição econômica. Por que atual? Porque algumas pessoas podem ter tido situações financeiras melhores ou piores do que a do momento, e por isso é importante levar em consideração a condição econômica.

Por exemplo, se você tem uma renda familiar de R$3 mil por mês, mas quer ter o hábito de gastar R$1 mil por final de semana, isso mostra que você está vivendo acima do seu nível de vida. Por isso, é importante que a sua qualidade e estilo de vida não ultrapasse a renda mensal familiar.

É importante frisar que não é necessário viver de forma precária. Mas sim rever os seus hábitos para evitar que você gaste mais do que ganha.

Guarde o dinheiro no início do mês

Quando se fala em poupar muitas pessoas acabam guardando dinheiro no final do mês, porém o certo é poupar no início do mês. Dessa forma, é possível sempre retirar o mesmo valor para você poder economizar. E não apenas o que sobrar no fim de cada mês.

Além disso, é preciso tomar cuidado para não acabar gastando todo o dinheiro e acabar não conseguindo poupar. Por isso, retire o dinheiro assim que receber o salário e se possível invista, para que renda.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Caiu o 13º salário? Pense bem antes de usá-lo
coach financeiro
escolhas que milionários fazem e você deveria seguir
Como economizar na ceia de natal
Problemas na Black Friday 2018