InícioCriptomoedaComo minerar criptomoedas? Saiba como é o processo

Como minerar criptomoedas? Saiba como é o processo

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Quem investe nas moedas digitais já deve ter escutado o termo “minerar criptomoedas”. Mas será que todo investidor sabe o que significa isso? Esse é o processo de transações entre os usuários, que são verificadas e registradas na blockchain.

E é exatamente por meio desta transação que é possível introduzir novas moedas, mas é claro que isso acontece de acordo com o protocolo estabelecido por cada criptoativo. 

Por esse motivo, minerar criptomoedas exige dedicação e muita paciência. Até porque é preciso conhecer todo o processo e também algumas nomenclaturas, e somente assim você conseguirá fazê-la de forma segura e eficaz.

Quer saber como funciona o processo para minerar criptomoedas? Continue lendo este artigo para descobrir!

Aprenda como é o processo para minerar criptomoedas

Como já foi dito acima, minerar criptomoedas ou bitcoin é a mesma coisa que realizar os registros de transações. E elas são chamadas de cadeias de blocos, já que são registradas e confirmadas com toda a segurança na rede. 

É muito importante que você saiba que todo o processo de mineração foi projetado para ser difícil. Por esse motivo as cadeias de blocos devem ter uma prova de trabalho que qualifique essas moedas como válidas. 

+ 8 plataformas para compra e venda de Bitcoin

Sendo assim, quem quer minerar criptomoedas precisa ter atenção com diversos fatores como o hardware que vai ser usado e os aspectos de qual moeda escolher. Também é preciso levar em consideração a placa de vídeo do seu computador além de outros pontos.

E é comum que as pessoas tenham dúvidas se realmente vale a pena ou não entrar no mercado de mineração de moedas digitais

Como você já sabe, o processo para minerar criptomoedas é difícil, porém, pela nuvem você pode transformá-lo mais simples e fácil. Uma vantagem dela é que você não precisa adquirir novas tecnologias ou equipamentos para começar.

Minerar criptomoedas: é difícil encontrar bloco de bitcoin?

Como você viu acima, isso vai depender do número de mineradores e da situação em que se encontra cada processo. fato é que quando aumenta o número, mais blocos de bitcoins são lançados na rede.

Dessa forma, a taxa de geração de blocos consequentemente evolui. E, com isso, elevando a taxa de mineração.

Mas e quando um bloco de bitcoin é descoberto, o que acontecerá? Ocorre que, nesse caso, o minerador pode exigir um determinado número de moedas bitcoin.

no fundo da imagem um gráfico em alta e na frente moedas digitais
Minerar criptomoedas é um processo difícil e que requer paciência e atenção

No entanto, isso também é variável. Até porque é acordado entre todos na rede. Atualmente, o valor que o minerador pode conceder é de cerca de 25 bitcoins. Entretanto, este número ainda pode ser reduzido para metade a cada 210 mil novos blocos lançados.

Quando minerar criptomoedas começa a dar retorno?

Essa é a grande pergunta que muitos começam a se fazer, de forma constante. Com todo esse processo, o retorno é imediato? Caso não, isso deve acontecer com quanto tempo de todo esse procedimento?

Por meio da nuvem você consegue um retorno de aproximadamente 5% a 8% do que foi investido. Vale ressaltar que esse valor é semanalmente. E apesar de ser uma plataforma mais simples, a mineração na nuvem também possui quedas de lucros a cada duas semanas.

+ Descubra como identificar uma pirâmide de criptomoedas

É importante frisar ainda que dependendo do nível de dificuldade, quem investiu 100% pode ter um retorno em três ou cinco meses. 

Vale a pena investir na mineração de criptomoedas?

Antes de mais nada você precisa pensar nas vantagens, desvantagens e do custo benefícios que você terá com todo esse processo. Se vale a pena? Sim!

Isso ainda mais com o grande aumento do interesse das instituições pelo Bitcoin e sua alta no mercado. Consequentemente também o interesse em ativos que possuam exposição direta ou indireta aos criptoativos.

Mas, antes de tudo, você precisa ter a consciência de tudo o que envolve esse processo, por exemplo:

  • O grande consumo de energia
  • O custo de energia
  • A importação de equipamentos e insumos
  • O custo de operação
  • A jurisdição
  • Toda a infraestrutura
  • O potencial de expansão

Pensando em todos esses fatores, você chegará a conclusão se vale a pena ou não, com as suas perspectivas. Mas, de modo geral, é um processo que pode gerar um lucro vantajoso, já que o minerador é remunerado em bitcoins.

Esse conteúdo te ajudou? Então continue lendo e acompanhando tudo sobre o mercado financeiro no site do FinanceOne.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Páginas Populares

Calculadora de Hora Extra

Calculadora de Rescisão Trabalhista

Correção do FGTS, vale a pena?

Conversor de Moedas

Rendimento Poupança 2021

5 Cartões de crédito sem consulta ao SPC e Serasa

8 plataformas para compra e venda de Bitcoin

Últimos Artigos