InícioNotíciasFinanças PessoaisAprenda de uma vez por todas como a montar sua planilha financeira

Aprenda de uma vez por todas como a montar sua planilha financeira

3
(2)

Já falamos algumas vezes aqui no FinanceOne sobre dicas para você administrar o seu dinheiro com inteligência.

Além disso, já ensinamos como montar uma planilha de orçamento doméstico. Agora, nosso foco é para você que quer começar a investir. Aprenda de uma vez por todas a fazer sua planilha financeira pessoal.

A seguir, veja qual a diferença das planilhas e aprenda a montar a sua. Boa leitura!

Planilha pessoal x planilha de orçamento doméstico

Uma das diferenças entre a planilha de controle financeiro pessoal para a planilha de orçamento doméstico é como ela é feita. Enquanto a segunda leva em conta toda a renda familiar, ou seja, o quanto entra de dinheiro de todas as pessoas da casa, a primeira planilha é só sua.

Se você mora com seus pais, por exemplo, provavelmente são eles quem controlam os gastos da casa. Porém, você deve saber que a educação financeira deva ser praticada por todos.

Afinal, não adianta apenas o responsável pelas contas se preocupar com os gastos enquanto os outros não “têm controle”. Por isso, é muito importante que a educação financeira seja ensinada desde criança.

Para estabelecer a sua planilha de gastos, você deve estar totalmente familiarizado com suas finanças. Deve saber toda a sua renda e, principalmente, todos os seus gastos mensais.

É claro que existem os gastos fixos, como o aluguel, condomínio e a conta da TV a cabo, por exemplo. Agora gastos como alimentação, conta de luz e água são variáveis. Portanto, você deve considerar os valores estimados para ter um controle correto.

Em seu caderno de Gestão de Finanças Pessoais, o Banco Central explica como funciona o orçamento em três fórmulas básicas:

Orçamento é Deficitário quando: Receita < Despesa
Orçamento é Neutro quando: Receita = Despesa
Orçamento é Superavitário: quando Receita > Despesa

A ideia é que, a partir do momento que você tem um controle financeiro pessoal, passe a ter um orçamento superavitário.

Itens de uma planilha de controle financeiro pessoal

Montar sua planilha financeira pessoal não é tão difícil. Esse controle deve conter todas as suas receitas, despesas e investimentos. Lembre-se que a ideia aqui é ter um orçamento superavitário, ou seja, para isso você precisa ganhar mais do que gasta.

Aumentar seus ganhos pode ser difícil, então você vai precisar enxugar o seu orçamento para gastar menos do que ganha. Percebeu a diferença?

Para fazer um investimento ou para ter um orçamento mais folgado, não significa que você precisa ganhar muito dinheiro. Basta ter controle dos seus gastos e reduzir e cortar aqueles que são desnecessários.

Voltado à planilha. Ao montar a planilha mensal, você precisa criar a coluna de Fontes de Receita, listando todas as suas fontes de renda, seguida pela coluna Ganhos, com os respectivos valores.

Em uma outra coluna você deve ter as Despesas, seguida pelos respectivos valores na coluna seguinte. Ali você deve considerar absolutamente tudo o que você gasta no mês. Contas de luz, água, telefone, celular, gás, aluguel, condomínio, TV a cabo, Netflix, supermercado, plano de saúde, gasolina, veterinário. Ou seja, anote absolutamente tudo.

Como montar sua planilha de controle pessoal
Ter uma planilha é importante para visualizar o orçamento e o que pode ser cortado para melhorar as finanças

Só com esse exercício bem básico você já conseguirá ver qual tipo de orçamento você tem. Se deficitário, neutro ou superavitário.

O ideal é que você crie mais uma coluna para o quanto você irá poupar ou aplicar por mês. Afinal, essa é a ideia aqui. Mas, isso provavelmente é uma preocupação para quando você conseguir organizar seus gastos e ter controle sobre eles.

O investimento, porém, deve ser levado a sério. Deve ser um compromisso que você tem consigo. Seja para aquele objetivo de comprar um imóvel, viajar ou até mesmo estudar no exterior.

Como falamos anteriormente, você não precisar esperar ganhar mais dinheiro para ter hábitos financeiros saudáveis.

Como montar a sua planilha financeira

Não vamos explicar aqui fórmulas de Excel para você montar sua planilha de controle financeiro. Até porque existem modelos prontos que você pode usar e até mesmo adaptar, que estão disponíveis gratuitamente.

Como? Nas próprias Planilhas do Google, sabia? Lá existem modelos pré-prontos que você pode copiar e usar, sem precisar criar uma planilha do zero na sua pasta do Drive.

A planilha de orçamento anual já está configurada para você colocar o valor de sua renda e depois, nas outras abas, detalhar suas despesas. As planilhas são totalmente editáveis para remover ou incluir linhas com itens. Depois de preencher seu “saldo inicial”, suas despesas e sua renda, um resumo gráfico será apresentado.

Na planilha de orçamento mensal, você planeja todos os seus gastos para depois colocar quanto realmente você gastou. Assim, consegue ver a diferença e perceber o quanto pode melhorar. O espaço para seus investimentos também não ficou de fora.

Controlando os seus gastos, você passa a observar melhor o preço das coisas e saber fazer escolhas melhores. Não que você vá mudar radicalmente seus hábitos de consumo. Apenas adotando melhores práticas que você vai perceber a diferença tanto no seu bolso quanto no seu dia a dia.

Gostou do nosso texto? Leia agora mesmo: 7 aplicativos de controle financeiro para organizar seu dinheiro e fique ainda mais por dentro do assunto!

O que achou disso?

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui