Início Notícias Carreiras Nômade digital: o que é e como funciona esse estilo de vida?

Nômade digital: o que é e como funciona esse estilo de vida?

0
(0)

Você nunca se acostumou com aquela rotina de trabalho tradicional? Não gosta, por exemplo, daqueles empregos mais formais que precisam ir para o escritório? Se já pensou em formas de flexibilizar o seu trabalho, então você precisa conhecer o que é nômade digital.

O nomadismo digital está cada vez mais comum, uma vez que muitos profissionais podem desempenhar funções utilizando um computador e conexão à internet.

Agora, vamos explicar mais o que é nômade digital, como é esse estilo de vida e quais suas vantagens e desvantagens. Continue a leitura e saiba mais!

O que é um nômade digital?

Nômade digital é a pessoa que trabalha exclusivamente online. Por isso, não precisa estar em um escritório ou em uma única cidade, por exemplo. E pode trabalhar em qualquer lugar do mundo desde que tenha conexão à internet.

Exemplos bem-sucedidos de nômades digitais envolvem profissionais de marketing de conteúdo e pessoas que trabalham com programação ou fotografia, por exemplo.

+ 5 sites para quem quer ganhar dinheiro como freelancer

Podemos dizer, então, que um nômade digital é definido por dois aspectos fundamentais. A primeira é a capacidade de ganhar dinheiro através da internet, já a segunda é a possibilidade de se deslocar livremente de uma cidade a outra.

Ou seja, podemos dizer que nem todas as pessoas que trabalham de forma remota são, automaticamente, nômades digitais. Eles também precisam da parte nômade.

No entanto, os viajantes de longo prazo e que realizam trabalhos locais também não são nômades digitais. Nesse caso, falta a parte digital.

Ou seja, o termo “nômade” se refere àquelas que estão constantemente em movimento. Alguém que consegue exercer suas atividades em sua própria residência tem maior relação com o home office, por exemplo.

nômade digital
Nômade digital pode trabalhar de qualquer lugar do mundo, desde que tenha acesso à internet

Como funciona o estilo de vida e onde vivem?

Não existe uma profissão específica para o nômade digital. Há muitas profissões que permitem o trabalho nômade.

Apesar de trabalhos como redação, design e marketing digital serem caminhos potenciais, não existem limites para ingressar nesse mercado.

+ Conheça 4 estratégias de marketing digital para e-commerce

Isso porque os serviços de chamada de vídeo — como Skype ou Zoom — permitem que a pessoa não tenha que estar presente fisicamente em um espaço para gerenciar uma equipe ou atender clientes.

Por isso, o nômade digital pode viver em qualquer lugar, como já falamos, contanto que tenha uma boa conexão à internet.

Quais as vantagens e desvantagens de ser um nômade digital?

Mas quais são os benefícios do nomadismo digital? Eles existem? E as possíveis desvantagens? Vamos apresentá-los abaixo para você.

Vantagens

Uma das principais vantagens é a liberdade para conseguir se locomover por diversos lugares. Até o ato de trabalhar pode ser diferenciado: afinal, você poderá tirar algumas pausas e trabalhar em horários alternativos, se for o caso.

Muitas pessoas preferem trabalhar logo cedo e liberar a tarde e o período da noite, por exemplo. Do mesmo modo, outras são mais noturnas. O importante é que você terá liberdade para fazer os próprios horários.

Desvantagens

Como uma pessoa nômade costuma não ter rotinas, pode ser que ela encontre escassez de trabalhos flexíveis ao longo do ano.

Por isso, é preciso ter foco para cumprir os prazos a tempo e estabelecer metas. Assim, é provável que você ganhe mais indicações e a qualidade do seu trabalho atraia outras pessoas. Ou seja, tenha muito cuidado e disciplina com suas entregas.

Outra possível desvantagem é que o nomadismo digital pode ser um pouco estressante, especialmente se você precisar entregar um trabalho, mas não estiver com internet à disposição. Por outro lado, isso pode ser resolvido algumas estratégicas.

Por fim, outro ponto negativo é a irregularidade financeira, já que os períodos de demanda podem não ser proporcionalmente distribuídos durante o ano.

Para escapar desse cenário, no entanto, nada melhor do que ter planejamento. Assim, nos meses que conseguir mais dinheiro poderá guardar uma reserva de emergência mesmo sendo freelancer.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui