Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisNovo saque do FGTS seguirá modelo do auxílio emergencial

    Novo saque do FGTS seguirá modelo do auxílio emergencial

    0
    (0)

    O novo saque do FGTS deverá ser pago da mesma forma que o auxílio emergencial de R$600. Sendo assim, os trabalhadores irão receber o dinheiro em conta e deverão esperar para poder sacar ou transferir para outra conta.

    Os brasileiros poderão receber até R$1.045, dependendo do valor disponível nas contas ativas e/ou inativas. Além disso, a data prevista para o novo saque do FGTS é próximo dia 15. Porém, o calendário oficial com as datas ainda não foi divulgado pela Caixa.

    De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, essa nova forma de pagar o saque do FGTS tem como objetivo evitar as filas enormes nas agências dos bancos durante a crise do coronavírus.

    FGTS
    O novo saque emergencial do FGTS deverá começar a ser pago no próximo dia 15

    “O FGTS tem o mesmo racional (do auxílio emergencial). Faremos o depósito e o saque acontecerá alguns dias depois. Isso vai permitir com que haja uma minimização das filas”, afirmou Pedro Guimarães em transmissão ao vivo, no último dia 5.

    O presidente da Caixa ainda informou que 60 milhões de brasileiros têm direito ao novo saque do FGTS. Desse total, 20 milhões não têm conta em nenhuma instituição financeira e receberão o valor em conta digital.

    + Solicite um empréstimo pessoal a partir do FGTS

    Novo saque do FGTS foi autorizado por Medida Provisória

    O novo saque do FGTS foi autorizado por meio da Medida Provisória 946 (MP946), publicada em abril deste ano. A MP determina que o valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço seja de até R$1.045, tanto da conta ativa quanto inativa.

    A decisão de liberar os valores das contas do FGTS tem como finalidade minimizar os impactos da pandemia da Covid-19. Além de essa ser uma das inúmeras medidas que o governo federal anunciou para conter a crise nesse período.

    Vale ressaltar ainda que as contas inativas são das empresas nas quais você trabalhou no passado, já as ativas são do local que você trabalha atualmente. É importante que saiba que o valor será descontado em ordem crescente da conta que possui menos dinheiro.

    De acordo com a Medida Provisória, os saques poderão ser realizados entre o dia 15 de junho e 31 de dezembro. Caso você não retire o dinheiro na data divulgada pelo calendário da Caixa, será possível sacar o valor até o final do ano.

    Você sabe como consultar o saldo do novo saque do FGTS?

    Para o novo saque do Fundo de Garantia, é possível consultar o valor por meio do aplicativo ou no site.

    A consulta é prática e simples, podendo ser perfeita por qualquer usuário que se enquadre nos requisitos divulgados pela Caixa. Para consultar o saldo, siga os seguintes passos:

    Aplicativo

    1º passo: acessar o aplicativo do FGTS, preencher todos os dados solicitados, como nome completo, CPF, data de nascimento, e-mail e cadastro de uma senha.

    2º passo: a senha escolhida precisa ser numérica e conter seis dígitos. Se você tiver usado o aplicativo antes, é possível repetir a mesma senha já cadastrada. Por fim, clique no botão “não sou um robô”.

    3º passo: logo após, você receberá um e-mail de confirmação. Acesse-o e clique no link enviado.

    4º passo: a próxima etapa será realizar o cadastro, abra o aplicativo e informe o seu CPF e senha cadastrada.

    5º passo: efetuado o login, você passará por algumas perguntas adicionais sobre a sua vida funcional. Respondidas as questões, basta ler e aceitar as condições de uso do aplicativo e clicar em “Concordar”. Pronto, é só usar o aplicativo.

    Site

    1º passo: acessar o site da Caixa Econômica. 

    2º passo: informar o número do seu NIS ou do CPF e clicar em “Cadastrar senha”. É preciso ler o regulamento e clicar em “Aceito”.

    3º passo: preencher todos os campos com os dados pessoais solicitados.

    4º passo: criar uma senha com até oito dígitos, com letras e números e confirme. Em seguida, será redirecionado para a tela do login novamente.

    5º passo: preencher os campos com NIS ou CPF e insira a senha cadastrada. Clicar no botão “Acessar”. Agora, você já pode consultar o seu saldo.

    3ª parcela do auxílio terá calendário divulgado na quarta, 10

    Os autônomos, microempreendedores e desempregados que tiveram o benefício do auxílio-emergencial aprovado pelo governo terão acesso ao calendário da terceira parcela em breve.

    A previsão é de que as novas datas sejam divulgadas nesta quarta-feira, 10. O anúncio das datas para o terceiro pagamento estava agendado para a segunda-feira, 8, mas os detalhes do cronograma ainda não foram finalizados. 

    O valor de R$600 é pago desde abril e esse novo calendário valerá para os que tiveram a condição aprovada na primeira parte. 

    Ao que tudo indica, o pagamento da terceira parcela começará já no próximo dia 17 de junho, para os beneficiários do Bolsa Família, conforme o final do NIS (Número de Identificação Social).

    O Ministério da Cidadania já informou, porém, que o calendário da terceira parcela deverá ser semelhante ao da segunda, com as datas sendo separadas pelos públicos beneficiados. O objetivo é evitar filas e aglomerações nas agências.

    O governo federal confirmou a prorrogação do auxílio emergencial por dois meses. Confira os detalhes!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Mateus Carvalho
    Mateus Carvalho
    Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisNovo saque do FGTS seguirá modelo do auxílio emergencial

    Novo saque do FGTS seguirá modelo do auxílio emergencial

    0
    (0)

    O novo saque do FGTS deverá ser pago da mesma forma que o auxílio emergencial de R$600. Sendo assim, os trabalhadores irão receber o dinheiro em conta e deverão esperar para poder sacar ou transferir para outra conta.

    Os brasileiros poderão receber até R$1.045, dependendo do valor disponível nas contas ativas e/ou inativas. Além disso, a data prevista para o novo saque do FGTS é próximo dia 15. Porém, o calendário oficial com as datas ainda não foi divulgado pela Caixa.

    De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, essa nova forma de pagar o saque do FGTS tem como objetivo evitar as filas enormes nas agências dos bancos durante a crise do coronavírus.

    FGTS
    O novo saque emergencial do FGTS deverá começar a ser pago no próximo dia 15

    “O FGTS tem o mesmo racional (do auxílio emergencial). Faremos o depósito e o saque acontecerá alguns dias depois. Isso vai permitir com que haja uma minimização das filas”, afirmou Pedro Guimarães em transmissão ao vivo, no último dia 5.

    O presidente da Caixa ainda informou que 60 milhões de brasileiros têm direito ao novo saque do FGTS. Desse total, 20 milhões não têm conta em nenhuma instituição financeira e receberão o valor em conta digital.

    + Solicite um empréstimo pessoal a partir do FGTS

    Novo saque do FGTS foi autorizado por Medida Provisória

    O novo saque do FGTS foi autorizado por meio da Medida Provisória 946 (MP946), publicada em abril deste ano. A MP determina que o valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço seja de até R$1.045, tanto da conta ativa quanto inativa.

    A decisão de liberar os valores das contas do FGTS tem como finalidade minimizar os impactos da pandemia da Covid-19. Além de essa ser uma das inúmeras medidas que o governo federal anunciou para conter a crise nesse período.

    Vale ressaltar ainda que as contas inativas são das empresas nas quais você trabalhou no passado, já as ativas são do local que você trabalha atualmente. É importante que saiba que o valor será descontado em ordem crescente da conta que possui menos dinheiro.

    De acordo com a Medida Provisória, os saques poderão ser realizados entre o dia 15 de junho e 31 de dezembro. Caso você não retire o dinheiro na data divulgada pelo calendário da Caixa, será possível sacar o valor até o final do ano.

    Você sabe como consultar o saldo do novo saque do FGTS?

    Para o novo saque do Fundo de Garantia, é possível consultar o valor por meio do aplicativo ou no site.

    A consulta é prática e simples, podendo ser perfeita por qualquer usuário que se enquadre nos requisitos divulgados pela Caixa. Para consultar o saldo, siga os seguintes passos:

    Aplicativo

    1º passo: acessar o aplicativo do FGTS, preencher todos os dados solicitados, como nome completo, CPF, data de nascimento, e-mail e cadastro de uma senha.

    2º passo: a senha escolhida precisa ser numérica e conter seis dígitos. Se você tiver usado o aplicativo antes, é possível repetir a mesma senha já cadastrada. Por fim, clique no botão “não sou um robô”.

    3º passo: logo após, você receberá um e-mail de confirmação. Acesse-o e clique no link enviado.

    4º passo: a próxima etapa será realizar o cadastro, abra o aplicativo e informe o seu CPF e senha cadastrada.

    5º passo: efetuado o login, você passará por algumas perguntas adicionais sobre a sua vida funcional. Respondidas as questões, basta ler e aceitar as condições de uso do aplicativo e clicar em “Concordar”. Pronto, é só usar o aplicativo.

    Site

    1º passo: acessar o site da Caixa Econômica. 

    2º passo: informar o número do seu NIS ou do CPF e clicar em “Cadastrar senha”. É preciso ler o regulamento e clicar em “Aceito”.

    3º passo: preencher todos os campos com os dados pessoais solicitados.

    4º passo: criar uma senha com até oito dígitos, com letras e números e confirme. Em seguida, será redirecionado para a tela do login novamente.

    5º passo: preencher os campos com NIS ou CPF e insira a senha cadastrada. Clicar no botão “Acessar”. Agora, você já pode consultar o seu saldo.

    3ª parcela do auxílio terá calendário divulgado na quarta, 10

    Os autônomos, microempreendedores e desempregados que tiveram o benefício do auxílio-emergencial aprovado pelo governo terão acesso ao calendário da terceira parcela em breve.

    A previsão é de que as novas datas sejam divulgadas nesta quarta-feira, 10. O anúncio das datas para o terceiro pagamento estava agendado para a segunda-feira, 8, mas os detalhes do cronograma ainda não foram finalizados. 

    O valor de R$600 é pago desde abril e esse novo calendário valerá para os que tiveram a condição aprovada na primeira parte. 

    Ao que tudo indica, o pagamento da terceira parcela começará já no próximo dia 17 de junho, para os beneficiários do Bolsa Família, conforme o final do NIS (Número de Identificação Social).

    O Ministério da Cidadania já informou, porém, que o calendário da terceira parcela deverá ser semelhante ao da segunda, com as datas sendo separadas pelos públicos beneficiados. O objetivo é evitar filas e aglomerações nas agências.

    O governo federal confirmou a prorrogação do auxílio emergencial por dois meses. Confira os detalhes!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?