Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Aprenda a driblar esses 4 inimigos do seu bolso

Escrito por: Mateus Carvalho em 17 de julho de 2018

Administrar a vida financeira não é uma tarefa fácil, ainda mais na sociedade atual onde a todo momento somos incentivados a gastar e adquirir novas dívidas sem fim. Fora isso, ainda é preciso saber lidar com os chamados inimigos do seu bolso.

Querer economizar para conseguir ter uma vida financeira mais saudável faz parte do cotidiano de muita gente. Mas, ao longo do caminho, aparecem muitos obstáculos para impedir que isso aconteça.

inimigos do seu bolso

O fato é que se não cuidar e, acima de tudo, buscar ter o autocontrole, sua economia sempre ficará comprometida. Os famosos inimigos do seu bolso estão presentes a todo momento para acabar com o seu equilíbrio financeiro.

Saiba como driblar os inimigos do seu bolso

Os inimigos do seu bolso são bem mais conhecidos e comuns do que você imagina. Eles estão presentes em diversos momentos da sua vida. Dessa forma, é fundamental achar maneiras para se esquivar e não deixar tudo ir por água abaixo.

#1 Ansiedade

A ansiedade é um dos principais, senão o principal inimigo do seu bolso. Em diversos momentos presente, ela pode acelerar a vontade de querer gastar, de maneira compulsiva e o pior de tudo, sem necessidade.

Tentar controlar esse grande inimigo do seu bolso é dar um passo enorme visando a melhorar e manter uma vida financeira saudável. Muitas pessoas que são ansiosas utilizam o ato de comprar como uma válvula de escape, um refúgio, algo que faz se sentir mais aliviado e diminui a tensão.

No entanto, isso é um perigo para quem preza por uma vida financeira saudável e tenta manter uma economia. Aquele ditado que diz sobre a pressa ser inimiga da perfeição se encaixa perfeitamente.

Quem começa a comprar compulsivamente por ansiedade acaba gastando mais do que devia e investe muito mal o dinheiro, que poderia estar sendo aplicado em algo mais rentável ou produtivo. Confira dicas de planejamento financeiro para quem é autônomo.

Mas como evitar que isso aconteça? Antes de tomar a atitude de sair comprando, pare e pergunte se você precisa mesmo daquilo que estará comprando. Projete a utilidade que aquilo terá na sua vida, como vai utilizá-lo e quais as consequência caso não seja favorável.

Quem é ansioso não pensa a longo prazo e nem com visão de meta, mas sim com o desejo de obter um resultado imediato. E isso pode frustrar ainda mais, caso o esperado não aconteça. No mercado de investimentos, a pressa não condiz com bons resultados.

#2 Pessimismo

Se você é uma pessoa pessimista, busque fazer de tudo para mudar esse seu jeito de enxergar a vida. Isso poderá ser muito prejudicial e um inimigo para o seu bolso.

Ser pessimista te afasta das pessoas. Principalmente no mercado de trabalho e no mercado financeiro, como na hora de investir ou aplicar seu dinheiro. As pessoas fogem dos pessimistas, pois sempre torcem por bons resultados.

Outro ponto é que se você reina no mundo do pessimismo as suas chances de conseguir ser bem sucedido são poucas. Quem é otimista enxerga uma boa solução, uma nova situação ou uma melhoria em qualquer obstáculo ou sucesso. Diferentemente do pessimista que só afasta as possibilidades por achar que nunca dará certo.

Para driblar esse inimigo do seu bolso, não foque nas coisas negativas. Seja mais positivo e tente enxergar sempre o lado bom das coisas, principalmente quando envolve dinheiro. Vá atrás de uma solução, e isso não quer dizer sentar na cadeira e se conformar de que não será possível consertar um erro ou precipitação.

#3 Indecisão

Pessoas indecisas são um perigo. A indecisão é um sentimento inimigo do seu bolso. Mas como isso pode ser possível? Quem nunca ficou entre duas peças de roupa, sem saber escolher qual levar, e após muito pensar, acabou levando as duas?

E isso já pode ter acontecido com sapato, calça, bermuda, boné, entre outras opções. Como também lanches, acessórios, eletrônicos, e muito mais. O problema é que uma pessoa indecisa torna essa prática constante.

Ir até uma loja e não levar nada, para a pessoa ansiosa, é quase impossível. Isso porque ela não consegue não experimentar e acaba se jogando no vestiário. Ficando ainda mais em dúvida sobre qual levar.

No final, acaba que ela leva ambas as opções e compromete ainda mais o financeiro

#4 Zona de conforto

Muitas variáveis estão presentes no tópico zona de conforto. Se você não controlar o seu tempo nela e tampouco medir a importância de sair um pouco para alcançar e projetar objetivos, vai ganhar um grande inimigo do seu bolso.

Não fique parado esperando as coisas caírem do céu, pois dificilmente acontecerão sem algum esforço. É preciso sair da zona de conforto, ir atrás do foco. E até mesmo correr para bater as metas, alcançar resultados favoráveis e render bons resultados para a sua vida financeira.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

menos-juros-no-financiamento-imobiliário
portabilidade-em-planos-de-saúde-empresariais
Consórcio-Yamaha
planos-de-saúde
Cobrar dinheiro emprestado