Onde investir o dinheiro do FGTS para ter mais rendimentos?

Onde investir o dinheiro do FGTS para ter mais rendimentos?

Escrito por: Mateus Carvalho em 16 de julho de 2020

Com o anúncio do saque emergencial do FGTS muitas pessoas começaram a se perguntar se valeria a pena pegar ou não o dinheiro. A resposta é depende. Se você está pensando em investir o FGTS para ter mais rendimentos, porém não sabe onde aplicar, fique tranquilo.

Existem diversos tipos de investimentos que podem fazer o dinheiro do seu FGTS render muito mais. Mas para isso, é necessário investir o FGTS da maneira correta, para que você possa realizar os seus objetivos financeiros.

Vale ressaltar também que, em junho, com o corte na Taxa Selic para 2,25%, o FGTS passou a render mais que muitas aplicações.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por sua vez, remunera o cotista a uma taxa de 3% ao ano. Por isso, é recomendado investir os R$1.045 do saque emergencial apenas se o rendimento for superior a taxa de 3%.

saque do fgts
Existem diversas opções de aplicações para investir o FGTS

É importante ressaltar que o dinheiro do Fundo de Garantia também pode ser utilizado para outras finalidades.

Se você está com dívidas, por exemplo, o ideal é que quite o que está em débito para depois começar a pensar em investir o dinheiro.

Mas se o seu orçamento está sob controle, este pode ser um bom momento para investir o valor do saque do FGTS emergencial. E, consequentemente, aproveitar a ação dos juros sobre o seu dinheiro.

Antes de saber as opções existentes para investir o FGTS, é preciso frisar que não existe uma opção ideal para aplicar o seu dinheiro. Isso dependerá do seu perfil de investidor e os seus objetivos.

Sendo assim, você precisa analisar o valor que tem disponível e o que deseja para essa quantia. Avalie ainda os riscos, prazos e até os rendimentos.

Investimentos para reserva de emergência

Uma forma de investir o FGTS é para uma reserva de emergência, caso você ainda não tenha começado a formar a sua. E para isso, é preciso procurar um investimento que tenha liquidez alta e que permita que você saque o dinheiro a qualquer momento.

Lembre-se que emergências acontecem e não tem dia e nem hora para que isso ocorra. Por isso, é importante ter uma reserva para evitar fazer empréstimos ou deixar de pagar uma conta por causa da emergência que surgiu.

Ao criar um fundo de emergência, é indicado que ele tenha entre três a seis meses dos seus gastos mensais. Dessa forma, você irá garantir esse tempo disponível caso perca a fonte de renda e precise reorganizar o orçamento.

O valor a ser investido na reserva emergencial pode ser usado também para custear imprevistos com a saúde, problemas no carro, reformas, entre outros.

E levando em conta a necessidade de liquidez, os melhores investimentos são aqueles que não apresentam risco de perder o dinheiro, caso faça um saque antes do previsto.

Com isso, são boas opções o Fundo do Tesouro Selic, o próprio Tesouro Selic ou em um CDB liquidez diária.

Investimentos a curto ou médio prazo

Para quem não tem contas a pagar e já tem uma reserva de emergência, uma boa opção pode ser pensar em alguns objetivos a curto ou médio prazo para fazer com esse dinheiro. 

Alguns deles poderão lhe render bons retornos no futuro, de acordo com o seu grau de dedicação e aplicação, bem como planejamento.

Uma dica de investimento a curto ou médio prazo são cursos de qualificação ou especialização. Isso mesmo, você pode investir em atividades online, nessa época de pandemia, para aprender mais ou algo novo e enriquecer o seu currículo.

Essa medida, se bem planejada, pode lhe trazer bons retornos no futuro. Você pode, talvez, encontrar uma melhor oportunidade de emprego se for o caso, ou se encontrar em uma nova área para realizar um possível empreendimento.

Você pode, também trocar o seu carro e tentar valorizá-lo. Isso pode ser feito se você talvez já tenha uma reserva e possa fazer um investimento um pouco maior. 

O FGTS emergencial pode ser, também, uma oportunidade de tirar um sonho do papel e, com ele, despertar um investimento que poderá lhe abrir novas portas, projetos ou oportunidades. 

Para investidores que gostam de se arriscar no mercado financeiro, é possível verificar com cuidado a possibilidade de aplicação pela CDB, LCI, LCA e fundos de renda fixa.

Entretanto, assim como especialistas sempre orientam, se arriscar com uma venda nos olhos é perigoso. Faça tudo muito bem calculado e com planejamento.

Opções para investir a longo prazo

Ah, e nessa lista não podem faltar as opções de investimento a longo prazo, que você provavelmente não verá o retorno agora, mas após um tempo bem maior. 

Que opções são essas? As mais prováveis são a compra de um imóvel ou lembrar de investir na sua aposentadoria.

Além disso, você também tem como alternativa os títulos do Tesouro Direto, que têm prazos mais esticados e protegem a sua reserva.

Você pode optar ainda em investir em fundos imobiliários ou aplicar diretamente em ações da bolsa de valores. É importante lembrar que em todos esses casos o rendimento não vem de forma imediata, mas a longo prazo.

Você quer saber se é realmente válido sacar o FGTS emergencial? Veja a opinião de especialista!

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

economizar luz no verão
O que fazer se seu cartão for clonado?
como enviar a declaração do IRPF pelo celular
MEI
Conta de luz