Início Notícias Finanças Pessoais Plano de saúde empresarial: como funciona?

Plano de saúde empresarial: como funciona?

0
(0)

Todos nós sabemos que qualquer pessoa pode passar por problemas de saúde, não é? E não sabemos em qual momento isso pode acontecer. Por isso, muitas empresas oferecem plano de saúde empresarial.

No texto de hoje, falaremos sobre isso. Você sabe o que é o plano de saúde empresarial e como ele funciona na prática?

Esse tipo de benefício, por exemplo, é um dos mais procurados por trabalhadores na hora de buscar uma vaga no mercado de trabalho.

A seguir, confira tudo sobre plano de saúde corporativo. Boa leitura!

plano de saúde empresarial
Veja como funciona o plano de saúde empresarial

O que é plano de saúde empresarial?

Como o próprio nome induz, o plano empresarial é um convênio médico para os funcionários de alguma empresa. Por ser empresarial, ele possui algumas particularidades e vantagens específicas.

De uma forma geral, uma dessas vantagens é o preço oferecido para o consumidor, uma vez que é grande o número de adesões ao plano.

Além disso, algumas empresas também oferecem condições especiais para contratar, além do plano de saúde, o plano odontológico.

Por conta dessas características, muitas pessoas têm dúvidas sobre os planos empresariais e acham que são complicados de entender. A seguir, vamos explicar como eles funcionam. Continue a leitura.

Como funciona o plano empresarial?

Para ter um plano de saúde empresarial, você primeiro deve fazer parte de uma empresa, sindicato, associação ou conselho.

Vamos supor que você esteja vinculado a uma empresa. Neste caso, ela precisa ter parceria com uma operadora de planos e, assim, se você quiser aderir ao plano de saúde, terá que pagar uma taxa para tê-lo.

Normalmente, o valor é descontado na folha de pagamento do funcionário e ocorre no formato de coparticipação —  a empresa arca com uma certa parte do valor.

Ou seja, a diferença básica entre um plano empresarial e um individual é que no empresarial você precisa ter vínculo empregatício.

Já no individual, você tem acesso direto com a operadora do plano, sem necessitar de algum vínculo.

Além disso, os valores costumam ser mais baixos em relação ao plano individual.

No plano empresarial, o funcionário pode incluir outros familiares, tais como: cônjuge, filhos e 3º grau de parentesco, desde que seja de sangue.

+ Saiba o que avaliar na hora de escolher um plano de saúde

Plano empresarial tem carência?

Sim, existe um período de carência no plano empresarial. A carência nada mais é do que o prazo previsto no contrato após o pagamento da primeira parcela.

Veja o exemplo:

Vamos supor que você pagou a primeira parcela do plano no dia 10. Se a carência do seu plano for de 30 dias, então você só poderá utilizar o procedimento no dia 10 do próximo mês.

No entanto, a carência pode variar de acordo com o contrato que foi feito. Mas no geral, elas seguem as normas da ANS, que são de:

  • 24 horas para urgências e emergências;
  • 30 dias para consultas e exames básicos;
  • 180 dias para exames complexos, cirurgias, internações e procedimentos terapêuticos;
  • 300 dias para partos.

+ Como solicitar reembolso em planos de saúde

Quais procedimentos o plano cobre?

A cobertura de um plano empresarial funciona do mesmo jeito que os planos tradicionais. Portanto, deve oferecer os seguintes procedimentos:

  • consultas;
  • exames;
  • tratamentos.

Vale lembrar, porém, que esses serviços podem sofrer variações de acordo com a operadora do plano e também com o tempo de carência.

Algumas empresas, por exemplo, não oferecem internações ou não fazem exames mais complexos. Por isso, é sempre importante olhar o site da ANS para conferir os procedimentos obrigatórios a todos os planos.

O que você achou do nosso texto sobre plano de saúde empresarial? Bom? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas sobre o assunto.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Auxílio emergencial: confira calendário para os reavaliados

O Ministério da Cidadania publicou nesta sexta-feira, 27, um novo calendário de pagamento para as parcelas do auxílio emergencial. Este calendário é...

4 carreiras promissoras no setor de beleza para 2021

O segmento da beleza não para de crescer no Brasil. Nosso país, por exemplo, é considerado o terceiro maior mercado consumidor do...

Nubank x Inter: compare os cartões sem anuidade

Os cartões sem anuidade estão ganhando cada vez mais espaço no mercado e no coração dos brasileiros. Com tantas opções pode ser...

Black Friday 2020: confira os melhores sites e ofertas

Você já se preparou para as ofertas da Black Friday 2020? Está com a lista de compras feita e separada para aproveitar...

5 dicas para saber se uma loja virtual é confiável

A pandemia da Covid-19 impulsionou o e-commerce e a Black Friday deve alavancar ainda mais as vendas online. Cerca de 80% dos...

Salário mínimo na Suíça chega a R$25 mil

Você já se perguntou quanto é o salário mínimo na Suíça, mesmo que seja só por curiosidade? Se a resposta é sim,...