Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Quando não vale a pena investir em ações?

Escrito por: Priscila Gomes em 9 de abril de 2019

Vez ou outra podemos ver polêmicas sobre investimentos na Bolsa de Valores e o mercado de ações. Aprenda como tudo isso funciona, quando não vale a pena investir em ações e tenha certeza se vale investir nestes ativos.

Este artigo é para quem não conhece o mercado de ações  e está em busca de aplicações com maior potencial de rendimento.

Diferente da famosa caderneta de poupança, o mercado de ações possibilita uma rentabilidade maior para o investidor.

Nele, as pessoas se dirigem para comprar ou vender suas ações no capital aberto e, consequentemente, amplificar os seus patrimônios.

Aplicar o seu dinheiro na bolsa de valores significa que você, de algum modo, tem uma participação na empresa que está investindo.

Assim que você adquire os seus ativos você passa a se tornar um acionista dela. Para isso, é preciso identificar seu perfil de investidor e se esta é uma boa opção para seu estilo.

É arriscado investir em ações. Mas o que aumenta tais riscos não são as ações em si, mas a forma como as pessoas investem.

Os cuidados que devem ser tomados são constantes e o investidor precisa estar ciente de tudo isso. 

Os resultados financeiros a longo prazo são muitos, basta apenas agir com inteligência e cautela quando decidir aplicar.

Quando não vale a pena investir em ações?

Carteira de investimentos diversificada facilita sucesso

Concentrar todo o seu capital em um investimento apenas, pode não ser muito inteligente para quem deseja ampliar a sua rentabilidade.  

A recomendação para quem pretende investir no mercado acionário é ter reservas em outras aplicações, como o CDB (Certificado de Depósito Bancário) ou o Tesouro Selic.

Sendo assim, você diversifica seus investimentos e se prepara para o mercado de ações. Assim, não corre o risco de ter que vender suas ações por qualquer valor para se capitalizar, é só resgatar a reserva de outras aplicações.

Como é realizada a negociação

Todas as negociações das ações são feitas através das corretoras imobiliárias habilitadas pela CVM (Comissão de Valores Imobiliários).

Então, se o seu desejo é investir, é imprescindível que você se cadastre em alguma corretora

As corretoras possuem profissionais especializados que têm a função de acompanhar e analisar as empresas e o momento do mercado.  

Elas auxiliarão você mostrando quais ações estão disponíveis para comprar ou vender e o período correta para o investimento.

Apesar disso, é bom lembrar que o próprio investidor é o responsável por todo o desempenho dos seus ativos. O quesito valer a pena ou não dependerá muito de como será o seu poder de gerenciar os investimentos. 

É possível optar livremente em seguir as orientações da corretora ou decidir algo diferente do que for recomendado.

Investir em ações é seguro?

Assim como há ações seguras em que o investidor ficará exposto a menores riscos, há também aquelas com as quais você precisa ser mais audacioso se realmente quiser aplicar o seu dinheiro.

Vale lembrar que saber diferenciá-las não tem segredo algum, basta você buscar informações precisas e tomar conhecimento delas por meio de fontes de pesquisa.

Pergunte também a pessoas que já estão minimamente acostumadas a investir nessas ações.

Vantagens

As principais vantagens na hora de investir em ações são: 

  • possibilidade de poder investir mesmo que sejam quantias pequenas; 
  • alto potencial de lucros e a diversificação da carteira.

Desvantagens

Contudo, há também as desvantagens que podem fazer com que não valha muito a pena, dependendo do que procura.

São elas: 

  • os riscos são maiores se comparado aos investimentos de renda fixa;
  • urgência de estudos constante para acompanhar o fluxo desse mercado que altera com muita frequência;
  • alta volatilidade.

Quando não vale a pena investir em ações?

Quando não investir em ações?

Se você está atrás de um retorno imediato ou teme olhar para sua conta e perceber que perdeu dinheiro, ainda que seja um valor irrisório, investir em ações não vale a pena para você.

Não invista em ações quando:

#1. Não tiver disciplina e paciência

A disciplina é a alma do negócio, mas não sozinha. Por conta dos investimentos a longo prazo serem mais vantajosos, a paciência para continuar investindo sem tirar o dinheiro do banco ou desanimar no meio do caminho faz a diferença no resultado final do investimento.

#2. Não tiver dinheiro a perder

Por ser um tipo de investimento de alto risco, os investidores destes ativos devem ter uma reserva de dinheiro para casos de emergência. É o velho ditado: se a dor de perder R$50 é maior que a alegria de ganhar R$100, investir em ações não é uma boa alternativa.

#3. Não gostar de economizar

Guardar dinheiro é o “pulo do gato” quando o assunto é investimentos. Se você é daqueles consumidores compulsivos, como conseguirá separar dinheiro investir? Lembre-se que não dá para investir em ações sem ter um capital.

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Taxa-Selic
negociar-as-dívidas-com-o-banco
ações para investir por um ano
Como investir em debêntures em 2018
Estudar o risco do investimento é importante para não ter prejuízos futuros