Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Latam - Ofertas Imperdíveis

O que é rotativo do cartão de crédito?

Escrito por: Mateus Carvalho em 28 de janeiro de 2019

O rotativo do cartão de crédito parece ser um conceito desconhecido pelos seus usuários mais ativos. No entanto, o que quase ninguém sabe é que ele está presente com bastante frequência e o seu significado é bem simples.

E se você pensou que o rotativo é algo bom e sua presença é bem-vinda, não é bem assim que funciona. Se você puder, evite ao máximo o rotativo do cartão de crédito.

cartão de crédito pré-pago

Ele costuma vir à tona, principalmente, quando as coisas apertam e você não consegue quitar o valor total da sua fatura, pagando o mínimo ou um valor entre o mínimo e o total.

O número de pessoas que utilizam o cartão de crédito cresceu, ainda mais com a facilidade de parcelamento, acúmulo de milhas e outros benefícios. O cartão de crédito passou a ser uma opção mais segura e eficaz.

No entanto, o seu uso requer uma maior disciplina e organização, além do principal que é o planejamento financeiro.

Ser organizado com as despesas para usar o cartão de crédito é essencial quando falamos de rotativo, afinal, as dívidas poderão se alastrar.

Como funciona o rotativo do cartão de crédito?

Surgem várias dúvidas. O que é? Quando aparece? Como funciona?

O crédito rotativo do cartão de crédito entra em cena quando o valor total da fatura não consegue ser pago na íntegra.

Isso, logo, resulta no saldo que fica de um mês para o outro e retorna acrescido de juros.

Pode-se considerar, portanto, que o rotativo do cartão de crédito funciona como um empréstimo, onde o seu banco cobre as despesas não pagas.

No entanto, o valor que ficou devedor será acrescido de uma taxa sobre o serviço prestado e o valor pago. Um fator que deve ser apontado para entendimento é que a ativação do rotativo do cartão de crédito geralmente acontece de forma automática, quando o total da fatura não é pago.

Dessa forma, tudo o que não foi pago voltará na próxima fatura, ou faturas, uma vez que são acrescidos juros.

As operadoras de cartão de crédito estabelecem o famoso limite de compras para todo usuário. Contudo, esse limite já inclui o uso do rotativo.

Como são calculados os juros do rotativo?

Quando o assunto é o rotativo do cartão de crédito, se tem uma palavra que é muito mencionada é juros. Mas, como esses juros são calculados?

O cálculo do juros do rotativo do cartão de crédito é feito com base no que não foi pago e ficou em aberto daquela fatura mensal.

Diferente do que muitos acham, que o valor do juros é calculado com base no valor total da fatura.

Como assim? Se você tem uma fatura no valor de R$500 e quita apenas R$200, o valor do juros será em cima dos R$300 que não foram pagos.

No entanto, é preciso ficar atento com o rotativo, uma vez que a dívida pode se tornar sempre maior pois os juros acumulam.

Os clientes adeptos do cartão de crédito devem ficar atentos quando receberem suas faturas. Isso porque nelas deverão sempre constar todas essas informações.

Como por exemplo o valor total, o valor que foi quitado, o que está em aberto, o percentual de juros e o valor do rotativo.

Perigo! No que prestar atenção e o que evitar?

Embora pareça não aparentar muito perigo, não é assim tão bom quanto parece. Acumular juros pelo pagamento do valor mínimo é fazer virar uma bola de neve em dívidas.

Por isso, preste muita atenção em todos os detalhes do rotativo do seu cartão de crédito.

Uma boa dica é sempre ficar de olho na fatura, mesmo antes de fechar.

Se você opta por utilizar bastante o cartão de crédito, baixe um aplicativo. Fique sempre monitorando os gastos e saiba quando atingir o seu limite de gastos.

Todo mundo que usa cartão de crédito deve ter em mente até quanto poderá gastar. E não somente ter como base o valor do limite. Por isso, é sempre recomendado um planejamento para uso do cartão de crédito.

Banner ebook cartão de crédito

Conheça e analise as taxas de juros que são cobradas no rotativo do seu cartão de crédito, para que você não seja pego de surpresa.

Além disso, calcule sempre e veja se as taxas cobradas estão de acordo com o percentual previsto na sua fatura.

Fique de olho nas compras parceladas. Anote a quantidade de parcelas e valores a serem quitados.

O não controle dessa parte pode fazer com que você gaste mais do que pode, pois não estará esperando entrar um valor que não planejava, mas estava previsto.

A dica principal para o caso do rotativo do cartão de crédito é procurar pagar sempre o valor total da fatura, se possível.

Deixe para quitar o valor mínimo ou entre o mínimo e o total somente em situações extremas. 

O que mudou no rotativo?

Se você já tinha ciência do que é e como funciona o rotativo do cartão de crédito, então preste atenção, pois algumas regras e aplicações mudaram no decorrer dos anos.

A mudança mais recente é de abril de 2017. Quando foi estabelecido um prazo para a utilização desse crédito do rotativo.

Não entendeu? É simples, antes era possível pagar o valor mínimo da fatura durante vários meses e postergar a dívida. Com isso, a bola de neve só crescia e os consumidores não conseguiam quitar a dívida.

Com o objetivo de diminuir o número de inadimplentes, foi estabelecido que a dívida só pode ser postergada uma única vez. Após utilizada essa chance, é preciso quitar o valor integral.

Os juros de cartões de crédito são os mais altos e tornam as dívidas cada vez mais impagáveis.

Essa medida veio, também, com o objetivo de obrigar as empresas bancárias a traçarem soluções para o parcelamento dessa dívida. De modo que os juros sejam impostos de maneira mais acessível aos clientes.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

banco-bari-cartão-de-crédito
cartões de crédito sem anuidade
resgatar pontos no cartão de crédito
como-aumentar-o-limite-do-cartão-de-crédito
máquina-de-cartão-de-crédito no celular