Quero investir em kitnet: será que vale a pena? | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,3630
Bitcoin R$ 31.224,42
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,975
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Quero investir em kitnet: será que vale a pena?

Eu quero investir em kitnet, será que vale a pena? Você pode estar se perguntando isso após tomar a decisão de investir em imóveis. Se você está tentando decidir entre investir em kitnets para alugar ou para vender, algumas das dicas a seguir podem ser bastante úteis.

Consultado pelo Finance One, o vice-presidente do Secovi Rio, dr. Leonardo Schneider, falou sobre as vantagens e desvantagens dessa opção de investimento. “Dentro do segmento de imóveis encontramos uma maior valorização em apartamentos pequenos. Antigamente, eram chamados de kitnets ou conjugados e, hoje, de studios ou lofts. Além do valor ser menor, na teoria, ele possui maior liquidez”, explica Schneider.

O vice-presidente do Sindicato da Habitação acrescenta que a liquidez maior em relação aos apartamentos maiores, como os de dois, três ou quatro quartos, deve-se ao valor. Por ser mais barato, é também mais facilmente negociado. “Consequentemente você consegue um inquilino com mais rapidez também”, diz.

investir em kitnet
Se você está tentando decidir entre investir em kitnet para alugar ou vender, veja as dicas

Como investir em kitnet?

Segundo Leonardo Schneider, o imóvel conjugado foi deixado de lado por muito tempo, mas talvez, hoje, tenha uma procura maior. Com a nova configuração das famílias, de acordo com o especialista, pode ser uma boa opção para diversos perfis.

Entre os perfis que podem estar buscando um conjugado para morar, estão os jovens saindo de casa e que vão morar sozinhos pela primeira vez; casais de idosos; pessoas recém-separadas; e até mesmo quem acabou de se mudar de outra cidade.

“O mercado é cíclico. Já vivemos um momento mais positivo e hoje nem tanto. Mas, hoje é possível se preparar melhor.”

Comparando o investimento em imóvel com uma aplicação, por exemplo, Leonardo Schneider diz que a aplicação tem muito mais liquidez. A aplicação é um tipo de investimento que pode ser mais facilmente convertido em dinheiro do que o imóvel, que depende de uma série de fatores. Entre eles, o contrato, o pagamento das taxas, entre outros.

Embora o imóvel tenha menos liquidez que a aplicação, é um investimento a longo prazo, um patrimônio que será deixado de herança pelo proprietário e uma garantia de segurança também.

Vantagens e desvantagens de investir em kitnet

O vice-presidente do Secovi Rio diz que uma das grandes vantagens do investimento em imóveis é a segurança. É um tipo de investimento mais adequado aos perfis conservadores. Ele ainda aponta essa segurança como um dos fatores, já que você é dono do patrimônio. É possível o proprietário também ocupar e viver ou gerar renda através da locação. Poderá deixar também para um herdeiro.

Sobre a maior desvantagem de investir em imóveis, segundo Leonardo Schneider pontua, é a falta de liquidez. É a depreciação do imóvel, ou seja, sua desvalorização.

Sobre as vantagens e desvantagens de investir em kitnets, ou outros formatos de imóveis pequenos, é justamente a maior liquidez em relação aos maiores. Por serem mais baratos, podem ser vendidos ou alugados mais rapidamente. Além de terem mais procura. “O segmento está crescendo muito com os novos formatos de famílias.”

Investir em kitnet para alugar ou vender?

Será que investir em imóvel para alugar vale a pena? E para vender? Sobre o valor do investimento em um pequeno apartamento, Leonardo Schneider explica que varia muito. Alguns dos fatores que influenciam nesse valor final são a forma de pagamento – à vista ou financiamento imobiliário -, além da localização da propriedade.

“Seja para alugar ou para vender, no fundo, é a mesma coisa. Para vender você precisa esperar mais, ter mais paciência. Para alugar, é possível que aconteça imediatamente. Porém, o ganho é imediato na venda, enquanto no aluguel é mês a mês”, explica.

O que é melhor, alugar ou comprar imóvel em 2018? Essa é uma dúvida, na verdade, que só você poderá responder. “Para alugar em vez de comprar vai muito do momento de vida e condições da pessoa, mas ainda assim é importante manter a cultura da poupança”, orienta o especialista da Fundação Getulio Vargas, Pedro de Seixas Corrêa.

Pedro Corrêa ainda alerta: imóvel não é um investimento a curto prazo. Mas, o cenário em 2018 parece ser mais otimista.

Agora, se além do investimento, você tem dúvidas sobre comprar ou alugar imóveis, outros pontos merecem sua atenção. Descubra também quais documentos na compra de imóvel são necessários.







Mais lidos

Como fazer cartão de crédito pela internet
As compras com cartões de crédito são cada vez maiores. A Abecs, associação das empresas de ca...
Como escolher o seguro de vida mais adequado para você
Você já pensou o quanto um seguro de vida pode ser útil nos dias de hoje? Quando as pessoas busca...
7 livros sobre Bitcoin, Blockchain e Criptomoedas
Algumas pessoas aprendem mais lendo, outras vendo vídeos ou até mesmo escutando música. Cada um t...
FGTS inativo: quem tem direito e como sacar
Todo trabalhador brasileiro com contrato formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, a ...
Férias de julho no Brasil: para onde ir?
O meio do ano está chegando e é hora de decidir onde passar as férias em família. Mesmo com algu...
Como limpar seu nome no SPC e Serasa
Seu nome está no SPC e Serasa? Muitos brasileiros estão nessa situação. Em fevereiro, 61,7 milh...




Publicidade