Início Notícias Economia Programa Renda Brasil: o que é e quem terá direito?

Programa Renda Brasil: o que é e quem terá direito?

3.2
(102)

Anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Gudes, o Renda Brasil seria o novo programa de renda mínima do governo federal. De acordo com o titular da pasta, o programa seria uma espécie de “novo” Bolsa Família.

A ideia do Renda Brasil ganhou força após a criação do auxílio emergencial, benefício concedido pelo governo para brasileiros devido a pandemia do coronavírus.

O presidente Jair Bolsonaro, no entanto, decidiu cancelar o programa Renda Brasil após repercussões sobre o congelamento de salários de aposentados e pensionistas. A confirmação veio após o próprio presidente divulgar um vídeo nas redes sociais.

Confira a seguir:

Veja o que se sabe até agora sobre o programa Renda Brasil.

+ Renda Brasil: governo prevê benefício médio de R$232

Quem tem direito ao Renda Brasil?

Conforme informado, o Programa Renda Brasil seria destinado a famílias com renda per capita mensal de até R$250. Atualmente, o Bolsa Família é para quem está na chamada linha de pobreza, que é de R$178 renda per capita por mês.

Além disso, o governo informou que, apesar de ser um projeto voltado para substituir o atual Bolsa Família, mais pessoas poderiam receber. Os trabalhadores informais, por exemplo, teriam acesso ao benefício.

A proposta inicial do governo era atender um público de, aproximadamente, 57,3 milhões de pessoas. O número é maior do que o Bolsa Família que, atualmente, atende 41 milhões de brasileiros.

+ Renda Brasil x Bolsa Família: qual a diferença?

Qual o valor do novo benefício?

De acordo com informações do Ministério da Economia, o novo programa poderia pagar até R$232 por mês aos beneficiários.

Estava em debate também um benefício de R$100 per capita para crianças e adolescentes de até 15 anos. Atualmente, é pago um valor de R$187 mensais no Bolsa Família.

Os critérios para conseguir ter acesso ao programa do Renda Brasil também estavam em estudo.

No Bolsa Família, por exemplo, para conseguir receber o benefício é necessário que tenha crianças ou adolescentes de até 17 anos na família.

Além disso, outro requisito para ter o Bolsa Família é matricular a criança na escola e levá-la para ser vacinada de acordo com o calendário de vacinação divulgado pelo Ministério do Saúde.

Outros benefícios poderão deixar de existir?

A dúvida que fica é: outros benefícios poderiam ser extintos? O ministro não confirmou se outros programas do governo deixariam de existir a partir da criação do Renda Brasil.

Guedes informou apenas que o objetivo era “uma unificação de vários programas sociais e o lançamento de um Renda Brasil”.

A equipe econômica, no entanto, já havia sinalizado uma possível revisão em programas sociais que, segundo ela, são ineficientes. Com isso, teria “espaço” no Orçamento para o pagamento de outros programas sociais do governo.

Entre eles o abono salarial, benefício pago anualmente para trabalhadores com carteira assinada e que recebem até dois salários mínimos.

Além do seguro-defeso, programa voltado para pescadores no período em que a pesca é proibida; e a farmácia popular. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Governo prorroga auxílio emergencial por mais dois meses

No começo de junho, o governo federal sinalizou que queria a prorrogação do auxílio emergencial por mais dois meses. No começo de julho, o martelo foi batido e o benefício foi prorrogado.

O decreto assinado pelo presidente estende o auxílio emergencial de R$600 por mais dois meses.

+ Veja calendário do auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi criado em abril para diminuir os efeitos da crise financeira provocada pelo coronavírus.

O benefício é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs) e pessoas desempregadas.

Além de contribuintes individuais do INSS maiores de idade e que cumpram requisitos de renda média de meio salário mínimo por pessoa ou até três salários mínimos por família, por exemplo.

O governo federal também anunciou o saque emergencial do FGTS de até R$1.045 como medida para conter os impactos do coronavírus. Saiba os detalhes!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 3.2 / 5. Número de votos: 102

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

4 COMENTÁRIOS

  1. No meu caso tenho uma renda de no maximo meio salario minimo,trabalho com confeccao de roupinhas de animais ,feita em srtesanato de croche e petisco caseiro,Em fevereiro abri um mei pra ver se conseguia expandir meu trabalho e pra ter direito.previdenciario,porem nao cheguei a trabalhar como mei,veio a pandemia e aí resolvi ,manter a abertura do mei,mas encerrar as atividades da empresa,fechar as portas,tremendo é o prejuizo que tive,nao tenho renda pra recomeçar.Hoje a unica renda que tenho é o auxilio emergencial de 600,00 e 120 ,00 ou 200,00 reais que consigo por fazer algumas pecinhas e vender por encomendas.Sou do grupo de risco e nao posso me arriscar vendendo.de porta em porta como fazia antes de abrir a loja que fechou antes mesmo de inaugurar ,Tenho serio.problema de saúde, pressão alta ,problemas renais ,o que me impede de seguir em frente,por risco de me infectar Nao sei como sera qdo cortar o auxilio ,entrar o renda Brasil.e eu ficar sem essa renda,moro sozinha,nao tenho filhos,sou solteira,pago 280,00 reais de aluguel e tomo remedios de uso continuo para os rins e pressao alta e alguns tenho que comprar.o.para o rins tenho que tomar 3 vezes ao dia,mas tenho tomado uma ,por falta de recurso para comprar.

  2. Que pouca vergonha minha gente como isso podi existir agente paga tanto imposto pra isso acontece,olha não deveria acabar com o bolsa família pra colocar outro sem pelomenos ter certeza que vai dá tudo certo aí não dá certo o tal “Governo” volta a fazer tudo de novo e nos que necessita deste dinheiro ficamos como????não gostei e se eu fosse um deputado ou qualquer coisa de dentro do Planalto não aceitaria não porque hoje em dia você não sustenta 3 crianças com 250 se isso podemos dizer ne,então sou contra o renda Brasil…..

  3. Vc não viu nos telejornais e a própria entrevista do presidente? Ele não vai acabar com o Bolsa Familia. vai continuar. porém só não terá mais o Renda Brasil. Sei que o beneficio dos 600,00 é muito necessario. mais só só foi durante a Pandemia. era durante 3 meses e o cara já prorrogou. como o nome mesmo já diz: Auxilio. não é beneficio. Graças a Deus que pelo menos veio. porque na época do LULA nem isso ele fez. deu auxilio e encheu foi os bolsos da familia dele. Como essas pessoas viviam sem auxilio antes da Pandemia? Ah gente porfavor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

5 erros mais comuns ao usar cartão de crédito

Você já se complicou alguma vez utilizando o cartão de crédito? Ficou com preocupação com a fatura do próximo mês? Se a...

6 opções para trabalhar como freelancer aos finais de semana

Está em busca de aumentar a sua renda ou a da sua família nas horas vagas? Uma alternativa é ser freelancer aos...

Descubra 5 ferramentas semelhantes ao PIX

Pagamento via QR Code, transferências rápidas e que podem ser feitas 24 horas por dia, sete dias na semana: o Pix é...

Como calcular quanto você precisa de renda extra

Em tempos de crise econômica, conseguir uma renda extra se torna o objetivo de muitos profissionais. No entanto, algumas pessoas não conseguem...

Como reclamar uma cobrança bancária indevida

Uma das maiores reclamações de consumidores com relação às instituições financeiras é a cobrança bancária indevida. Esse ainda é um problema recorrente, mas que...

4 vantagens do Open Banking para clientes e empresas

Antes de descobrir quais as vantagens do Open Banking para clientes e empresas, você precisa saber o que é essa nova realidade...