Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasCarreirasRevalida: saiba como funciona, quem precisa fazer e como se inscrever

    Revalida: saiba como funciona, quem precisa fazer e como se inscrever

    0
    (0)

    Se formou em Medicina no exterior e quer exercer a função no Brasil? Então, o processo do Revalida é para você! Ou seja, a revalidação de diplomas médicos expedidos por instituição de educação superior estrangeira.

    Publicidade

    Hoje em dia é comum ver casos de estudantes que saíram do Brasil para estudar Medicina em outro país. No entanto, para exercer a profissão por aqui, é preciso que esses médicos passem por um processo de revalidação do diploma.

    Isso ocorre porque cada país tem suas regras em relação ao ensino e exercício da Medicina. O Revalida serve para avaliar se o médico formado em solo estrangeiro conhece o regulamento vigente no Brasil e está apto para atuar em território nacional.

    + Financiamento estudantil para Medicina: saiba como conseguir

    O que é o Revalida?

    Conforme já mencionado, o Revalida nada mais é do que um exame utilizado para reconhecer as aptidões de médicos formados no exterior para atuar de acordo com a legislação e a medicina brasileira.

    Todo processo é coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

    Publicidade

    Também participam da aplicação do exame a Secretaria de Ensino Superior (SESu/MEC), o Ministério da Saúde e a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

    A avaliação é dividida em duas etapas. A primeira consiste em uma prova teórica, com questões discursivas e objetivas. Já na segunda fase, os participantes do Revalida fazem uma avaliação clínica, cujo objetivo é testar as habilidades práticas do profissional.

    De acordo com o Inep, o exame é “fundamentado na demonstração de conhecimentos e habilidades necessárias ao exercício da Medicina. A aprovação nas duas etapas é um demonstrativo da competência técnica do médico para o exercício profissional”.

    Os aprovados no exame podem solicitar às universidades públicas brasileiras participantes da iniciativa a revalidação do diploma.

    médico e paciente conversando
    Exame avalia capacidade de médicos atuarem de acordo com a legislação brasileira (Foto: Divulgação)

    Quem pode participar?

    • Para participar do Revalida os candidatos devem atender a alguns pré-requisitos. Entre eles:
    • Ser brasileiro(a) ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil;
    • Ter registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) emitido pela Receita Federal do Brasil;
    • Ser portador de diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecido no país de origem pelo seu Ministério da Educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo de Apostilamento da Haia, regulamentado pela Convenção de Apostila da Haia, tratado internacional promulgado pelo Brasil, por intermédio do Decreto n.º 8.660, de 29 de janeiro de 2016.

    + Saiba como usar a nota do Enem para estudar em universidades estrangeiras

    Publicidade

    Inscrições para o Revalida 2022/2 já estão abertas

    As inscrições para o Exame Nacional do Revalida deste ano já estão abertas. Os interessados devem se candidatar até o dia 27 de junho, no site do Sistema Revalida.

    O dia 27 de junho também é o prazo final para os médicos enviarem imagens do diploma (frente e verso), pelo sistema de inscrição.

    A taxa de inscrição é de R$410. O pagamento deve ser feito até o dia 30 de junho.

    O exame conta com duas etapas (teórica e prática), que abordam cinco grandes áreas de conhecimento. São elas:

    • Clínica Médica;
    • Cirurgia;
    • Ginecologia e Obstetrícia;
    • Pediatria; e
    • Medicina da Família e Comunidade (Saúde Coletiva).

    A primeira etapa consistirá na aplicação de duas provas, sendo uma objetiva, composta por 100 questões de múltipla escolha, e outra discursiva, composta por cinco questões discursivas.

    Publicidade

    As avaliações serão aplicadas no dia 7 de agosto, em oito capitais: Brasília, Campo Grande, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio Branco, Salvador e São Paulo.

    O próprio participante deve indicar a cidade onde deseja fazer a prova no momento da inscrição.

    Confira o calendário de atividades do Revalida 2022/2:

    • Inscrição: de 21 a 27 de junho
    • Pagamento da taxa de inscrição: de 21 a 30 de junho
    • Solicitação de atendimento especializado e tratamento por nome social: de 21 a 27 de junho
    • Envio do diploma: de 21 a 27 de junho
    • Resultado da solicitação de atendimento especializado: 5 de julho
    • Resultado da análise do diploma: 5 de julho
    • Recurso para pedidos negados: de 5 a 11 de julho
    • Resultado do recurso: 15 de julho
    • Aplicação da prova (1° etapa): 7 de agosto
    • Divulgação das versões preliminares do gabarito: 10 de agosto
    • Divulgação versões definitivas definitivos: 13 de setembro
    • Resultado definitivo da prova objetiva e resultado provisório da discursiva: 13 de setembro
    • Resultado definitivo da prova discursiva e resultado final da 1ª etapa: 7 de outubro

    + Quanto custa uma faculdade de Medicina? Confira todos os custos!

    Já conhecia o Revalida? Aproveite e confira se estudar Medicina na Argentina é mais barato!

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Letícia de Jesus
    Letícia de Jesus
    Jornalista e redatora, com experiência em SEO e webwriting. Apaixonada pela escrita e extremamente curiosa, gosto de explorar diferentes assuntos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasCarreirasRevalida: saiba como funciona, quem precisa fazer e como se inscrever

    Revalida: saiba como funciona, quem precisa fazer e como se inscrever

    0
    (0)

    Se formou em Medicina no exterior e quer exercer a função no Brasil? Então, o processo do Revalida é para você! Ou seja, a revalidação de diplomas médicos expedidos por instituição de educação superior estrangeira.

    Publicidade

    Hoje em dia é comum ver casos de estudantes que saíram do Brasil para estudar Medicina em outro país. No entanto, para exercer a profissão por aqui, é preciso que esses médicos passem por um processo de revalidação do diploma.

    Isso ocorre porque cada país tem suas regras em relação ao ensino e exercício da Medicina. O Revalida serve para avaliar se o médico formado em solo estrangeiro conhece o regulamento vigente no Brasil e está apto para atuar em território nacional.

    + Financiamento estudantil para Medicina: saiba como conseguir

    O que é o Revalida?

    Conforme já mencionado, o Revalida nada mais é do que um exame utilizado para reconhecer as aptidões de médicos formados no exterior para atuar de acordo com a legislação e a medicina brasileira.

    Todo processo é coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

    Publicidade

    Também participam da aplicação do exame a Secretaria de Ensino Superior (SESu/MEC), o Ministério da Saúde e a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

    A avaliação é dividida em duas etapas. A primeira consiste em uma prova teórica, com questões discursivas e objetivas. Já na segunda fase, os participantes do Revalida fazem uma avaliação clínica, cujo objetivo é testar as habilidades práticas do profissional.

    De acordo com o Inep, o exame é “fundamentado na demonstração de conhecimentos e habilidades necessárias ao exercício da Medicina. A aprovação nas duas etapas é um demonstrativo da competência técnica do médico para o exercício profissional”.

    Os aprovados no exame podem solicitar às universidades públicas brasileiras participantes da iniciativa a revalidação do diploma.

    médico e paciente conversando
    Exame avalia capacidade de médicos atuarem de acordo com a legislação brasileira (Foto: Divulgação)

    Quem pode participar?

    • Para participar do Revalida os candidatos devem atender a alguns pré-requisitos. Entre eles:
    • Ser brasileiro(a) ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil;
    • Ter registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) emitido pela Receita Federal do Brasil;
    • Ser portador de diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecido no país de origem pelo seu Ministério da Educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo de Apostilamento da Haia, regulamentado pela Convenção de Apostila da Haia, tratado internacional promulgado pelo Brasil, por intermédio do Decreto n.º 8.660, de 29 de janeiro de 2016.

    + Saiba como usar a nota do Enem para estudar em universidades estrangeiras

    Publicidade

    Inscrições para o Revalida 2022/2 já estão abertas

    As inscrições para o Exame Nacional do Revalida deste ano já estão abertas. Os interessados devem se candidatar até o dia 27 de junho, no site do Sistema Revalida.

    O dia 27 de junho também é o prazo final para os médicos enviarem imagens do diploma (frente e verso), pelo sistema de inscrição.

    A taxa de inscrição é de R$410. O pagamento deve ser feito até o dia 30 de junho.

    O exame conta com duas etapas (teórica e prática), que abordam cinco grandes áreas de conhecimento. São elas:

    • Clínica Médica;
    • Cirurgia;
    • Ginecologia e Obstetrícia;
    • Pediatria; e
    • Medicina da Família e Comunidade (Saúde Coletiva).

    A primeira etapa consistirá na aplicação de duas provas, sendo uma objetiva, composta por 100 questões de múltipla escolha, e outra discursiva, composta por cinco questões discursivas.

    Publicidade

    As avaliações serão aplicadas no dia 7 de agosto, em oito capitais: Brasília, Campo Grande, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio Branco, Salvador e São Paulo.

    O próprio participante deve indicar a cidade onde deseja fazer a prova no momento da inscrição.

    Confira o calendário de atividades do Revalida 2022/2:

    • Inscrição: de 21 a 27 de junho
    • Pagamento da taxa de inscrição: de 21 a 30 de junho
    • Solicitação de atendimento especializado e tratamento por nome social: de 21 a 27 de junho
    • Envio do diploma: de 21 a 27 de junho
    • Resultado da solicitação de atendimento especializado: 5 de julho
    • Resultado da análise do diploma: 5 de julho
    • Recurso para pedidos negados: de 5 a 11 de julho
    • Resultado do recurso: 15 de julho
    • Aplicação da prova (1° etapa): 7 de agosto
    • Divulgação das versões preliminares do gabarito: 10 de agosto
    • Divulgação versões definitivas definitivos: 13 de setembro
    • Resultado definitivo da prova objetiva e resultado provisório da discursiva: 13 de setembro
    • Resultado definitivo da prova discursiva e resultado final da 1ª etapa: 7 de outubro

    + Quanto custa uma faculdade de Medicina? Confira todos os custos!

    Já conhecia o Revalida? Aproveite e confira se estudar Medicina na Argentina é mais barato!

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?