Saiba como calcular o rendimento da poupança | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,3576
Bitcoin R$ 25.714,01
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,974
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Saiba como calcular o rendimento da poupança

Que a poupança é o tipo de investimento para perfis conservadores não é novidade. Já aqui falamos sobre investimentos melhores que a poupança. Mas uma coisa é certa: essa é a modalidade de aplicação preferida dos brasileiros. Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela CNDL revelou que 69,5% dos brasileiros entrevistados preferem investir na poupança. Você sabe como calcular o rendimento da poupança?

O principal motivo para isso é a busca por estabilidade. Na verdade, a segurança e o desejo de evitar a possibilidade de perda financeira são as principais razões dos entrevistados para se investir na poupança (56,1%). Essas também foram as razões para a escolha de outros investimentos, como os imóveis (59,8%) e a previdência privada (39,2%).

Na publicação do resultado da pesquisa, em 2016, a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, destacou que a poupança parecia ser um bom investimento para quem tem pouco para investir e para ganhos a curto prazo. Porém, ela destacou: “Apesar de tratar-se de uma modalidade de baixo risco, é preciso ponderar que a poupança
oferece um retorno menor.”

Na poupança, 43% dos entrevistados possuíam há mais de cinco anos e, destes, 56% apontaram a segurança como principal motivo. Essa opção veio seguida do investimento em imóveis, em que 52% possuía há mais de cinco anos e 60% optou pela segurança. O mesmo é pela previdência privada, em que 39% tinha há mais de cinco anos e 39% também justificou pela segurança.

As demais modalidades na pesquisa foram fundos de investimento, com 51% investindo entre um e três anos. Destes, 34% apontaram que o principal motivo da escolha foi indicação do gerente. Por fim, 44% havia começado a investir em dólar há menos de um ano. Desses, 23% apontaram a maior rentabilidade como principal motivo para essa opção de investimento.

calcular o rendimento da poupança
Para calcular o rendimento da poupança,  remuneração básica é dada pela Taxa Referencial

Como calcular o rendimento da poupança?

Todas as regras da remuneração dos depósitos de poupança são estabelecidas no artigo 12 da Lei 8.177, de 1991, alterada pela Medida Provisória 567, de 2012. Para calcular o rendimento da poupança, a remuneração básica é pela Taxa Referencial (TR). O índice de rentabilidade pode ser obtido dia a dia. Em termos técnicos:

Art. 12. Em cada período de rendimento, os depósitos de poupança serão remunerados:

I – como remuneração básica, por taxa correspondente à acumulação das TRD, no período transcorrido entre o dia do último crédito de rendimento, inclusive, e o dia do crédito de rendimento, exclusive;
II – como remuneração adicional, por juros de:

a) 0,5% ao mês, enquanto a meta da taxa Selic ao ano, definida pelo Banco Central do Brasil, for superior a 8,5%.

b) 70% da meta da taxa Selic ao ano, definida pelo Banco Central do Brasil, mensalizada, vigente na data de início do período de rendimento, nos demais casos.

Ainda, a remuneração será calculada sobre o menor saldo de cada período de rendimento. Esse período, para pessoas físicas e entidades sem fins lucrativos, é o mês corrido, a partir da data de aniversário da conta de depósito de poupança. Para os demais depósitos, o trimestre a partir do aniversário da conta.

Esse “aniversário da conta” é o dia do mês de sua abertura, com exceção das contas abertas nos dias 29, 30 e 31, em que o dia 1° do mês seguinte será considerado. O rendimento é mensal, na data de aniversário da conta, para pessoa física e de entidades sem fins lucrativos; e trimestral para os demais. Isso significa que se você sacar antes do dia do aniversário, não terá o rendimento, apenas o valor inicial depositado.

Por que devo fazer uma poupança?

A pergunta aqui é: por que devo poupar? Você pode optar por um investimento além da poupança, não tem problema. O importante é ter o hábito de fazer uma reserva todo mês. Porém, o número é grande de quem não investe.

Ainda segundo a pesquisa do SPC Brasil e a CNDL, o principal motivo de 61,9% dos brasileiros que não poupam era nunca sobrar dinheiro para guardar. Essa razão veio seguida por 20,7% que afirmaram não ter esperança que com pouco dinheiro juntará um bom valor a longo prazo. Por fim, 9,9% afirmaram não ter disciplina.

O mais grave foi que a pesquisa apontou também que apenas 29,7% conseguiria manter o atual padrão de vida por um período de um a três meses, em caso de imprevistos. Já 17% não conseguiriam manter por um mês.

Na hora do aperto, 46,3% dos entrevistados disseram que usariam sua poupança ou outro tipo de aplicação; 18,2% fariam um empréstimo; e 8,7% ficariam endividados, por não terem recursos.

Por isso, a economista Marcela Kawauti fez uma ressalva. “Se a reserva financeira está sendo utilizada para pagar despesas do cotidiano, sem que nenhum imprevisto tenha ocorrido, este é um sinal de que há um descompasso na relação entre as receitas e gastos. Portanto, se deixar de repensar seu orçamento o consumidor que poupou recursos corre o risco de ver suas reservas diminuírem ainda mais; o que não poupou, corre o risco do endividamento.”







Mais lidos

Dólar em alta? Saiba até onde a moeda pode chegar
O cenário é de dólar em alta. Mas afinal, até onde vai esse movimento? Segundo os especialistas,...
Salário mínimo no Japão chega a R$5.035
Muitos brasileiros estão indo morar fora do país por inúmeros motivos. Alguns deles: a violência...
Será mesmo que existe a queda do bitcoin?
Será mesmo que existe a queda do bitcoin? Bem, nos últimos dois anos talvez, não se falou em outr...
Educação Financeira será tema dos gibis Turma da Mônica
A Educação Financeira, tema ainda distante do dia a dia de muitos brasileiros, será abordada de u...
Um guia para proteger o cartão de crédito
A facilidade no uso do cartão de crédito vem conquistando os milhares de clientes que hoje já ade...
Testes da gasolina obrigatórios para verificar a qualidade
Com os últimos acontecimentos envolvendo os postos de gasolina, a atenção se voltou para o servi...





Notice: Undefined variable: hidden in /var/www/finance-one/wp-content/themes/financeone_estrategia/single.php on line 46

Publicidade