Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

TransferWise: é seguro? E como funciona?

Escrito por: Redação em 22 de agosto de 2018

Em todo o mundo e ao longo dos tempos, os bancos têm sido a principal solução para enviar dinheiro para o exterior. Porém, as transferências bancárias internacionais são muitas vezes burocráticas e têm custos elevados.

A explicação dada, normalmente, está relacionada com os processos de comunicação internacional entre os bancos. No entanto, com o passar do tempo, a tecnologia evoluiu.

Se você já ouviu falar em fintechs, provavelmente entenderá aquilo de que estamos falando: são instituições financeiras com aptidão tecnológica, que têm o objetivo de simplificar a relação das pessoas com o dinheiro.

Especificamente para o envio de dinheiro para o exterior, resolvemos destacar a TransferWise – uma fintech que nasceu no Reino Unido e que tem crescido rapidamente no Brasil desde que entrou no país, em 2015. Neste artigo iremos explicar o que é a TransferWise, como ela funciona, e quais as vantagens de enviar dinheiro através desta empresa.

TransferWise: o que é e como funciona?

Lançada em 2011, a TransferWise é uma plataforma online de transferência de remessas internacionais. Atualmente já conta com mais de 3 milhões de clientes ao redor do mundo, movimentando em torno de 2 bilhões de euros por mês (cerca de 8 milhões de reais).

Esse crescimento tem sido rápido porque a empresa tocou em um ponto que precisava de mudança: a maneira como as transferências internacionais de dinheiro são feitas – tornou-as mais econômicas e transparentes.

A empresa recebe o pagamento do cliente de forma local, no país de origem, através dos seus parceiros bancários. Depois, converte o dinheiro, e envia a transferência bancária local para o destino.

Ao fazer duas transferências locais em vez de uma transferência bancária internacional, a TransferWise corta nos custos normais das transferências internacionais.

Comparação: TransferWise vs. Bancos

Ao fazer uma ordem de pagamento internacional utilizando os bancos tradicionais, o cliente deve verificar qual a tarifa de envio, qual a taxa de câmbio, o IOF, além de outras despesas que podem ser somadas ao valor total – e até cobradas do destinatário.

Veja abaixo um comparativo do custo de uma transferência internacional para um terceiro usando a TransferWise versus o mesmo montante enviado por instituições bancárias. A tabela tem como exemplo o envio de uma remessa de R$1000 para conta de outra pessoa no exterior.

Serviço Enviando Taxa de envio Taxa de câmbio Custo total
TransferWise R$1000 R$23,60 Câmbio comercial – sem margem de lucro R$23,60 (IOF já incluso)
Bradesco R$1000 USD$100,00 (dólares) Taxa de câmbio com margem de lucro USD$100 (dólares) + IOF (0,38%) + margem de lucro no câmbio + despesas potenciais do beneficiário
Itaú R$1000 R$130,00 Taxa de câmbio com margem de lucro R$130,00 + IOF (0,38%) + margem de lucro no câmbio +  potenciais custos do beneficiário
Santander R$1000 R$90,00 Taxa de câmbio com margem de lucro R$90,00 + IOF (0,38%) + margem de lucro do câmbio + potenciais custos do beneficiário

Fontes: https://transferwise.com/br/blog/transferencia-bancaria-internacional

Fazer uma transferência com a TransferWise

TransferWise é seguro?

Quando falamos de dinheiro, é essencial saber se os serviços que adquirimos são de confiança. Por isso, a primeira questão que nos vem à cabeça é saber se enviar dinheiro pela TransferWise é seguro.

Em termos de segurança, usar a TransferWise para transferências internacionais é tão confiável quanto recorrer a um banco – a principal vantagem, no entanto, é o custo mais reduzido, e o fato de se saber exatamente quanto o beneficiário irá receber. Atuando no Brasil em parceria com os bancos MS Bank e Banco Rendimento, a Transferwise opera como um correspondente cambial.

O resultado é que o cliente usufrui do melhor de dois mundos: preços mais baixos, com a segurança de utilizar um serviço regulamentado pelo Banco Central.

Fundada pelo primeiro funcionário do Skype, a TransferWise conta hoje com mais de 3 milhões de clientes que utilizam sua plataforma para enviar dinheiro de forma segura, e possui mais de 1000 funcionários em 9 escritórios ao redor do mundo.

Como usar a TransferWise

É simples e seguro usar a TransferWise para enviar dinheiro para o exterior. Para isso, os passos a seguir são:

1. Confira a taxa de câmbio primeiro: os bancos cobram uma taxa de câmbio diferente do câmbio médio definido pelo mercado. Ao câmbio comercial, adicionam uma margem, tornando o câmbio mais caro. A TransferWise usa o câmbio médio do momento para converter o dinheiro, não fazendo qualquer alteração ao câmbio comercial. Pode conferir os valores em sites como Google, XE ou Yahoo Finance.

2. Crie uma conta gratuita: você pode usar sua conta do Facebook ou do Gmail para criar seu perfil TransferWise, ou inserir seu e-mail pessoal e uma senha. Basta ir no site da TransferWise.

3. Inicie a transferência: selecione as moeda de origem e de destino e escolha o valor que deseja enviar. A TransferWise mostra quanto o beneficiário irá receber e qual a comissão a pagar: o IOF já está incluso e não existem custos extras – o preço total é totalmente transparente.

4. Especifique o beneficiário: informe os dados bancários da pessoa para quem você irá fazer a transferência, ou se a conta de destino for sua, informe seus dados bancários no exterior.

5. Pague pela transferência: finalize a operação pagando o valor da transação. Se enviar dinheiro do Brasil para o exterior, o pagamento pode ser feito via boleto bancário ou por transferência TED. Lembre-se que a transferência tem de ser paga com sua própria conta bancária.

6. Recebimento confirmado: depois de a TransferWise sinalizar o recebimento do valor na conta, o valor é convertido e enviado para a conta bancária do beneficiário. O destinatário não precisa ter uma conta cadastrada na TransferWise, basta ter uma conta bancária ativa no país de destino da remessa.

Manter o controle também é importante: durante a operação, a TransferWise envia e-mails para você saber exatamente em que estado está sua transferência. Você pode também verificar isso no site ou no app deles.

TransferWise no Brasil: o que você precisa saber

No Brasil, a TransferWise tem parceria com os bancos MS Brasil e Banco Rendimento, atuando como um representante de câmbio dessas instituições, estando as transferência regulamentadas pelo Banco Central.

Preços da TransferWise

A TransferWise trabalha com uma tarifa de envio que varia de acordo com vários fatores. Em seguida você poderá ver de que forma o preço das transferências é estruturado.

É bom lembrar que a TransferWise não possui tarifas adicionais ou ocultas: todas as vezes que fizer uma simulação ou envio, o cliente pode ver quanto paga exatamente e quanto o beneficiário recebe. Pode entender os preços melhor na ferramenta que a empresa disponibiliza aqui.

Fazer uma transferência com a TransferWise

TransferWise – IOF

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é um imposto do Governo Federal aplicado às movimentações financeiras. Essa taxa varia de acordo com o tipo de operação. Assim como as outras instituições financeiras, as transferências da TransferWise cumprem os regulamentos locais quanto a IOF:

– IOF de 0,38% nas transferências para titularidade diferente: uma pessoa que envia dinheiro do Brasil para o exterior, para conta bancária de um amigo ou familiar;

– IOF de 1,1% nas transferências para conta de mesma titularidade: uma pessoa que envia dinheiro do Brasil para o exterior, para conta bancária em seu próprio nome;

– IOF de 0,38% em transferências para o Brasil: se enviar do exterior para o Brasil, o IOF estipulado pelo Governo é sempre de 0,38%;

Pagando na TransferWise: boleto ou TED?

Ao fazer uma transferência com a TransferWise, são mostradas, no último passo, as duas maneiras de pagar pela transação:

– Boleto bancário: este método tem a cobrança de R$3,00 pela emissão do boleto. Se optar por este, a TransferWise enviará um e-mail com o boleto no momento em que o requisitar. Fique atento à data de vencimento.

– Transferência TED: você pode transferir direto para a conta da TransferWise – este método é normalmente mais rápido. Porém, verifique com o seu banco se ele irá cobrar você por efetuar uma TED.

Limites de transferências via TransferWise

Para enviar dinheiro do Brasil para o exterior, você terá de ter em atenção alguns limites:

– Limite mensal de R$9,000: esse limite zera no primeiro dia de cada mês.

– A partir de R$30,000: pode continuar transferindo dentro do limite mensal de R$9,000, porém será necessário enviar:
Comprovante de renda no Brasil
Comprovante de residência (Brasil ou exterior)

Além destes documentos, será necessária também a verificação de identidade, que pode ser feita com RG, Passaporte ou CNH.

Todas as instituições financeiras que têm o funcionamento autorizado pelo Banco Central do Brasil, assim como os bancos cambiais parceiros da TransferWise, devem implementar políticas internas e medidas de controle para prevenção de fraudes e práticas criminosas (Lei nº 9613 de 03/03/1998).

Transações comerciais

Por enquanto, os usuários da TransferWise no Brasil estão aptos a fazer transferências apenas de Pessoa Física para Pessoa Física, para utilização com fins pessoais. Isso serve tanto para transferências do Brasil para o exterior, como para transferências do exterior para o Brasil.

Se continua com dúvidas, talvez o melhor mesmo seja entrar no site e fazer sua simulação na calculadora de conversão da TransferWise.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

TransferWise