Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Quer vender carro usado? Veja como não perder dinheiro

Escrito por: Mateus Carvalho em 10 de agosto de 2018

Vender carro usado não é uma tarefa tão simples, mas pode ser considerado um ótimo negócio se for feito de maneira cautelosa. Para conseguir fazer realmente um bom negócio é necessário ter bastante cuidado para não perder dinheiro, caso contrário você poderá sair prejudicado e mal sucedido.

Há quem confunda a venda de carros usados com imóveis na mesma condição. No entanto, esta comparação é injusta tendo em vista diversos fatores, como o objetivo de ambos e valorização. Nem toda venda de carro está associada com desvalorização e/ou perda de dinheiro. Tudo depende do ponto de vista e estratégia do interessado.

vender carro usado
Confira algumas dicas de como vender um carro usado

Quem deseja vender um carro usado costuma ter que optar entre ganhar mais dinheiro, vender mais rápido ou ter mais segurança na transação. Em alguns casos, por exemplo, é possível alcançar êxito em mais de uma dessas opções. Saiba se vale a pena converter o carro para GNV.

Especialista dá 3 dicas para vender o carro usado

É muito importante ouvir e ler dicas, além de pesquisar sobre este assunto antes de efetuar qualquer transação errada. Afinal, você não vai querer vender o seu carro usado por um valor muito abaixo do que comprou.

A desvalorização acontece e é natural, como em qualquer outra situação. Entretanto, você pode seguir alguns passos importantes para valorizá-lo e mantê-lo, ainda, com um preço compatível e atrativo no mercado. Dessa forma, o prejuízo não será exorbitante.

Para ajudar os interessados no assunto, Fabio Pinto separou três dicas super importantes, que ajudarão você a vender seu carro usado por um preço justo. Ele é especialista da indústria automobilística há dez anos e CEO da Carflix, startup que propõe uma melhor compra e venda de veículos por meio de sua plataforma online.

Fábio comenta que vender um carro usado pode ser um bom ou mau negócio, e isso será definido pela maneira pela qual o proprietário negocia o seu bem. Segundo o especialista, um dos maiores erros cometidos é quando o vendedor não sabe nem mesmo por qual preço vender o veículo. Confira quais são os carros mais econômicos do Brasil.

Para consertar este erro, é preciso estar sempre atento ao mercado automobilístico, principalmente o de seminovos. O intuito é o de entender como funciona esse tipo de transação: os melhores momentos para vender, negociar, além de saber ser transparente.

“Estar familiarizado com a marca e o modelo de seu automóvel, seu valor atual, quilometragem e seu histórico de serviço são fatores importantes na hora de vender um seminovo sem perder dinheiro”, explica Fabio.

#1 Considerar o mercado

A primeira dica do especialista é para que o proprietário do carro considere sempre o mercado. Para melhor visualizar, tente responder às seguintes perguntas: O seu carro está em demanda? Este é o momento certo para vendê-lo?

Resumindo, você precisa entender em que contexto o seu automóvel se encaixa. Por exemplo, embora os sedans familiares, não estejam em alta, costumam estar em crescente. Além de ser muito buscado por pessoas que precisam de transporte básico e barato.

Além disso, a valorização do seu carro ainda pode ser afetada de outras maneiras.. Se o carro tiver uma boa economia de combustível e o preço da gasolina estiver alto. É possível, portanto, pedir mais por ele.

#2 Pesquisar a tabela FIPE

Embora essa dica pareça óbvia, é preciso ter bastante atenção. Segundo o especialista, ainda tem muita gente deixando de conferir o valor do seu usado no mercado. E começando negociações sem pesquisar antecipadamente sobre o veículo e compras.

A tabela Fipe é uma excelente opção, por ser utilizada como referência pelos lojistas, comerciantes e vendedores na hora de determinar o preço de determinado carro novo ou usado. Dessa forma, antes mesmo de vender o seu carro usado procure pesquisar o valor dele no mercado. 

#3 Fazer pequenos ajustes e invistir em bons anúncios

Para qualquer tipo de venda, estar sob manutenção é fundamental e faz a diferença na hora da escolha.Vários detalhes ajudam a tornar o carro ainda mais conservado.

Comece, por exemplo, tirando coisas básicas como os arranhões e imperfeições que insistem em ficar na pintura. Outra tática é realizar um polimento no carro, substituir os tapetes (um truque fácil e barato). E até mesmo fazer uma lavagem no motor. Aprenda seis dicas para economizar com a manutenção do carro.

Para alguém se interessar é preciso divulgar. Somente o boca a boca diário não levanta quórum o suficiente. Uma boa propaganda faz toda a diferença, ainda mais se for realizada pela internet.

Uma boa dica é fazer boas fotos do carro, mas buscando sempre ter o máximo de discrição possível. Para conseguir êxito é preciso ser verdadeiro em todas as informações.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

arrumar emprego pelo LinkedIn
Como fazer uma planilha de gastos com cartão de crédito
nova-carteira-de-motorista -inteligente”
composição-do-salário
falar de dinheiro em casa