InícioNotíciasInvestimentosTesouro IPCA+: o que é, como investir e qual rentabilidade?

Tesouro IPCA+: o que é, como investir e qual rentabilidade?

Tempo de leitura: 6 minutos
()

O Tesouro IPCA+ é o investimento ideal para quem deseja proteger o dinheiro da inflação, principalmente para quem quer fazer o dinheiro render a longo prazo. Esse é um dos tipos de títulos oferecidos pelo Tesouro Direto. 

Além disso, esta é a plataforma utilizada para a negociação de ativos do Tesouro Nacional.

Para quem não sabe, o Tesouro IPCA+ é um investimento de renda fixa. Sendo assim, a aplicação paga juros anuais mais a variação da inflação oficial do Brasil. 

E se você manter o dinheiro aplicado até o prazo final do vencimento terá a certeza de que o seu rendimento será real. Além disso, é bem provável que ele ultrapassará o Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

Este ano, a aplicação voltou a ter juro real de 4%, o que é acima da inflação. Mas será que vale a pena investir no Tesouro IPCA+? A resposta você vai ver durante esse artigo, além de: 

O que é o Tesouro IPCA+?

Mas o que é investimento do Tesouro IPCA? Como já foi dito acima, ele é um título público oferecido pelo Tesouro Direto. Sendo assim, é um programa de negociação de ativos públicos do Governo Federal.

Quem aplica o dinheiro nesse investimento consegue se proteger da inflação e ter um maior rendimento a longo prazo, isso tudo com total segurança.

E a principal característica desse investimento é o rendimento atrelado ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Ele é uma pesquisa da elevação da média dos preços, considerada a inflação oficial do Brasil.

Dessa forma, quem investe no Tesouro IPCA+ não sabe exatamente quanto receberá no final da aplicação. Porém, o seu dinheiro será valorizado com o juro definido na contratação do investimento.

Mas se você quer realizar o cálculo do rendimento líquido, a conta deverá ser realizada após o desconto do Imposto de Renda, que costuma ser de de 22,5% a 15% (de acordo com o tempo de aplicação) e as taxas.

Vale ressaltar ainda que os títulos do Governo Federal são os investimentos mais seguros que existem no país. E como isso é possível? Simples, porque todo o sistema financeiro depende do Banco Central e do governo.

Saiba para quem o investimento é indicado

E assim como em todo tipo de investimento é preciso conhecer o seu perfil para saber qual aplicação é indicada para você, com o Tesouro IPCA+ não é diferente. Ele é ideal para quem tem um perfil mais conservador.

É um ótimo investimento para quem tem metas a médio e longo prazo e é claro, para quem quer se proteger da inflação e evitar perder dinheiro. Isso porque os riscos são baixos devido a segurança dos títulos públicos.

recorde de investidores
O Tesouro IPCA+ é indicado para quem tem o perfil mais conservador

Mas caso você queira ter uma maior liquidez, uma boa opção é o Tesouro Selic. Principalmente porque é um investimento que pode ser resgatado a qualquer momento da aplicação.

Já os títulos públicos pré-fixados não devem ser considerados como opção de investimento, já que os juros são mais baixos do que as outras duas aplicações.

Como investir em Tesouro IPCA+?

É muito importante, nesses casos, saber como investir para poder entrar de cabeça neste novo objetivo. Primeiramente, você precisa se cadastrar em uma corretora ou banco de investimento.

Após o cadastro, você passará a ter acesso ao sistema do Tesouro. E, de acordo com a instituição escolhida, será através do mesmo site onde fez o cadastro que já poderá negociar os títulos.

Você também vai poder obter dados mais atualizados de cada papel. Mas, fique atento porque o ideal é abrir a conta em uma instituição financeira sólida. Procure uma que seja de confiança.

Outro ponto a ser levado em consideração é verificar aquela que tenha taxas atraentes, além disso que não cobre para que você invista em Tesouro Direto. Se ela oferecer assistência nos primeiros passos, melhor ainda, pois te dará segurança e valorização.

Quanto rende o Tesouro IPCA?

Outro ponto importante é saber sobre a taxa de rentabilidade. Você sabe quanto rende o título Tesouro IPCA?

Esse título tem uma taxa de rentabilidade que é composta por uma parte prefixada mais a variação do IPCA no período.

Vale destacar que, se o índice subir, os rendimentos aumentam. Agora, se acontecer o contrário, é possível ter a garantia de que receberá, ao menos, a taxa prefixada do ativo.

É importante pontuar que, quando se investe em Tesouro IPCA, se tem apenas uma previsão de quanto o seu dinheiro renderá até o vencimento. Vale pontuar, também, que não há como prever exatidão, já que dependerá do comportamento da inflação no futuro.

Algumas características do Tesouro IPCA+

Assim como diversos outros investimentos, o Tesouro IPCA+ também é recheado de características e vantagens. Uma delas, principalmente, é o fato de abranger o pequeno investidor.

Isso porque ele pode ser ofertado de diferentes maneiras. Por exemplo, com vencimentos de três, cinco e dez anos, a depender da forma.

Fundos Imobiliários
Ao investir no Tesouro IPCA+ você está se protegendo da inflação

Por isso, antes de começar a investir, o ideal é descobrir qual é o título mais adequado para a sua carteira. Saiba de antemão que é possível ter uma grande diversidade com o Tesouro Direto.

Conheça algumas características básicas e rápidas do Tesouro IPCA+:

Nomenclaturas: também pode ser conhecido como NTN-B. A sigla consiste em Notas do Tesouro Nacional da série B.

Investimento mínimo: seu investimento inicial depende do preço unitário (PU), que varia diariamente, de acordo com as expectativas para os juros futuros da Economia.

Liquidez: possui liquidez imediata, ou seja, pode ser convertido em dinheiro rapidamente. Assim que você solicita o resgate, o governo compra o seu título. Em seguida, o valor líquido ficará disponível na sua conta no próximo dia útil.

Taxas e tributação: investindo, seus rendimentos ficam sujeitos à cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) nos primeiros trinta dias. Há, além disso, o Imposto de Renda (IR), que segue a alíquota regressiva.

Outras características

  • De acordo com o título, a remuneração pode ocorrer apenas no resgate ou a cada seis meses;
  • Tem incidência de Imposto de Renda conforme o tempo de aplicação, de menos de 180 dias (22,5%) a mais de 720 dias (15%);
  • Rendimento de um percentual fixo mais a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo no período;
  • Boa forma de se proteger da inflação ao manter a valorização atrelada a esse aumento dos preços da economia;
  • Diferentes vencimentos;
  • Pode sofrer variação em seu valor ao longo do tempo. Mas é possível carregá-lo até o fim para garantir a exata valorização prometida.

Este conteúdo te ajudou? Gostaria de saber mais sobre o título Tesouro IPCA+? Então comente as suas dúvidas e compartilhe o artigo com outras pessoas!

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 6 minutos
Juliana Favorito
Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui