Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Freelancer: 5 razões para você ter um CNPJ

Escrito por: Mateus Carvalho em 1 de outubro de 2018

Você é freelancer? Se sim, provavelmente já escutou a pergunta: “você tem um CNPJ?”. Muitas empresas buscam profissionais que tenham CNPJ na hora da contratação. Mas será que vale a pena ter um? Quais as razões para você ter um CNPJ? Quais as vantagens e desvantagens?

É importante que quem é freelancer tenha um CNPJ para formalizar o trabalho que realiza. Esse fato pode fazer diferença no momento de ser contratado, já que ter um CNPJ aponta uma maior formalidade nos serviços prestados.

razões para você ter um CNPJ
Existem diversas razões para você ter um CNPJ. Confira algumas!

Existem duas principais razões para você ter um CNPJ. A primeira é que o freelancer prestará os serviços de forma regularizada e dentro da lei, que significa uma maior credibilidade para quem está contratando.

Claro que também fará com que tenha mais burocracia e mais pagamento de impostos, mas mostrará que você é um profissional sério e comprometido.

Já o segundo motivo para você ter um CNPJ é que o acesso a um mercado de clientes é melhor. Isso acontece porque se você está trabalhando diretamente para outras empresas, elas só te pagarão se você apresentar uma nota fiscal.

Como fazer um CNPJ

Você sabe como se tornar um freelancer com CNPJ? Essas pessoas são chamadas de microempreendedor individual (MEI). Saiba que é um processo fácil, e essa é uma das razões para você ter um CNPJ. Você pode fazer todo o procedimento sozinho.

Quem se torna MEI é enquadrado no Simples Nacional e fica isento dos tributos federais, como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL. Sendo assim, o indivíduo paga um valor fixo mensal, que é destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS.

É importante frisar que o valor varia de acordo com a área de atuação:

– Comércio e Serviços: R$52,85

– Prestação de Serviços: R$51,85

– Comércio ou Indústria: R$47,85

Esses valores são atualizados anualmente, de acordo com o salário mínimo. Além disso, para se tornar MEI é necessário ganhar durante um ano, no máximo, R$81 mil, e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular.

Para quem quer ser microempreendedor individual, a primeira etapa é verificar a relação das profissões permitidas. O próximo passo será entrar no Portal do Empreendedor, fazer o cadastro, e o número do CNPJ sairá na hora. Além do número do CNPJ, você também receberá o da inscrição na Junta Comercial.

5 razões para você ter um CNPJ

1) Emissão de notas fiscais

Essa é uma das principais razões para você ter um CNPJ, porque se não consegue emitir a nota fiscal não conseguirá atender uma empresa de grande porte, por exemplo. Caso você não tenha o CNPJ só conseguirá realizar “bicos” e, como consequência, não terá projetos interessantes e bem remunerados.

Além disso, se você emite notas fiscais poderá aumentar o volume do seu trabalho e até mesmo o preço dos serviços que são prestados. Outra vantagem é que os profissionais conseguem trabalhar para empresas que atuam de forma correta no mercado quando os assuntos são responsabilidade fiscal e contábil.

2) Regularização do trabalho

Quem não gosta de ter os seus próprios horários? Sendo freelancer isso é possível, porém não precisa ser informal, certo? Ter um CNPJ fará com que você torne o seu trabalho mais formal, ou seja, sério, como uma carreira de fato.

Criar um CNPJ fará com que você tenha essa responsabilidade de que os seus serviços são bons e que está realizando tudo dentro da lei. 

3) Benefícios do INSS

Uma das principais vantagens de quem tem CNPJ é ter direito aos benefícios do INSS, apesar de muitos profissionais não saberem. Este fator é considerado bastante importante para aqueles que adotam a carreira de freelancer.

Os profissionais podem ter direito a auxílio-doença, maternidade, aposentadoria e até mesmo licença saúde.

4) Organização financeira

Assim como algumas pessoas têm dificuldades de trabalhar em casa, outras têm problemas para separar as finanças pessoais das do trabalho. Ao ter um CNPJ você pode abrir um conta em um banco como pessoa jurídica (PJ), controlar e separar o dinheiro.

Outro benefício é que a concessão de crédito com juros menores é mais fácil de conseguir. Lembre-se que o empréstimo só deve ser solicitado a uma instituição financeira em último caso. É importante lembrar que quem é MEI não é obrigado a abrir esse tipo de conta.

5) Compra como empresa

Um grande benefício para os freelancers que têm CNPJ é a possibilidade de comprar como empresa. Dessa forma, você tem condições especiais na hora de comprar produtos e/ou serviços, assim como descontos.

Isso porque algumas empresas comercializam apenas para pessoas jurídicas. Além disso, ainda existe a possibilidade de contratação de plano de saúde com condições especiais para empresas.

Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro

Ser freelancer e trabalhar de casa tem muitas vantagens, como fazer o seu próprio horário. O home office tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil.

Trabalhar em casa está deixando de ser uma saída para uma renda extra e está ganhando status de trabalho sério.

Listamos 28 atividades para ganhar dinheiro em casa. Quer saber quais são? Confira!

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe um comentário

Posts relacionados

Dinheiro extra no verão: confira essas dicas
10 ideias para montar seu escritório em casa
horário de verão
empreendedor mais inovador abaixo dos 35 anos