Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasMercado CambialVeja os 5 principais apps para enviar dinheiro para o exterior em...

    Veja os 5 principais apps para enviar dinheiro para o exterior em 2022

    0
    (0)

    Está precisando enviar dinheiro para o exterior? Hoje em dia, com a tecnologia, existem formas muito práticas e rápidas de fazer isso, sem sair de casa. 

    Publicidade

    A exemplo, existem os aplicativos de bancos e instituições financeiras que realizam esse tipo de serviço de forma totalmente online. Sem necessidade de comparecer a uma agência ou casa de câmbio. 

    No entanto, é importante avaliar com cuidado como funciona o serviço em cada instituição, pois cada uma tem sua forma de trabalhar, suas próprias taxas e prazos.

    Quer saber mais sobre o tema? Então continue lendo o artigo!

    Como enviar dinheiro para o exterior?

    Enviar dinheiro para o exterior já foi uma operação burocrática e cara. No entanto, hoje em dia, existem diversas formas de fazer isso, de modo que o cliente pode escolher aquela que mais se adequar às suas necessidades.

    Mas seja lá qual for o meio, essa transação consiste, basicamente, em realizar  transferências entre contas bancárias localizadas em países diferentes. Com isso, alguns impostos e taxas específicas podem incidir. 

    Publicidade

    A verdade é que os bancos tradicionais podem ser o meio mais caro de enviar dinheiro para fora, justamente por conta das taxas de serviço. É aí que entram os aplicativos de bancos digitais e outras instituições especializadas nesse tipo de transação. 

    Quais são as taxas ao enviar dinheiro para o exterior?

    O primeiro custo ao enviar dinheiro para o exterior é o IOF – Imposto sobre Operações Financeiras. Trata-se de um imposto federal que incide sobre diversas operações financeiras, desde cartão de crédito até câmbio. 

    Ao transferir dinheiro para outro país, o IOF pode ter duas alíquotas diferentes:

    • 0,38% se for transferência internacional para outra pessoa
    • 1,1% se for transferência internacional para conta de mesma titularidade

    Por ser um imposto do governo, o IOF sempre vai incidir com esses percentuais, não importa qual seja a empresa escolhida para fazer a transferência. 

    Além do IOF, outros custos de uma transferência internacional podem incluir:

    Publicidade
    • spread bancário (um tipo de taxa de serviço cobrada em percentual)
    • taxa de câmbio
    • taxa Swift
    • custo de recebimento, dependendo do destinatário

    Porém, esses gastos variam e nem sempre são cobrados. 

    Em algumas instituições, a taxa de serviço pode variar, por exemplo, de acordo com o tipo de transferência (se é TED ou boleto). Já outras não cobram o spread, o que torna a transação mais barata.

    Por isso é importante avaliar qual será o custo da sua operação em cada uma. Na lista a seguir, conheça cinco aplicativos para enviar dinheiro para outro país e como eles funcionam. 

    Tela de celular mostrando Paypal
    Apps permitem enviar dinheiro para fora de forma mais rápida e barata

    5 aplicativos para enviar dinheiro para o exterior

    1 Wise

    A Wise, antiga TransferWise, realiza transferências internacionais para mais de 50 países. O app permite enviar dinheiro para o exterior ou receber dinheiro de fora aqui, seja na conta corrente ou até mesmo direto na poupança. 

    Um diferencial deste app, é que ele não cobra o spread bancário, apenas os custos do IOF e uma taxa fixa pelo serviço. Porém, esse valor pode variar de 0,35% a 2% dependendo dos países de origem e destino, moedas envolvidas e a quantia enviada. 

    Publicidade

    É possível fazer uma simulação no site da Wise

    Ao fazer a transação, o pagamento pode ser feito no site ou no aplicativo e o valor é automaticamente convertido. É possível transferir com TED ou com boleto bancário, sendo esta opção disponível apenas para valores considerados pequenos.

    2 C6 Bank

    O banco digital C6 Bank também permite enviar dinheiro para o exterior pelo seu app. No entanto, é necessário ser correntista internacional da instituição, que é a chamada Conta Global C6.

    Além do custo da transação, é necessário pagar US$30 para abrir essa conta. E são estão disponíveis transferência e Dólar e Euro.

    As transferências para outros países podem ser feitas a qualquer hora. O valor é convertido para o Real e descontado da conta-corrente nacional do banco.

    Além do IOF e do custo da conta global, o C6 cobra o spread bancário.

    3 Remessa Online

    Este talvez seja um dos apps mais conhecidos pelo serviço de enviar dinheiro para enviar dinheiro para o exterior. A Remessa Online oferece suporte para mais de 100 países e usa a tecnologia blockchain, que aumenta a segurança das transações.

    É possível enviar dinheiro em moedas como dólar (americano, australiano e canadense), francos suíços, iene japonês, libra e euro. Além disso, o usuário consegue fazer a operação tanto como pessoa física quanto como pessoa jurídica, se tiver CNPJ. 

    Dependendo de seu cadastro, o cliente consegue um limite a partir R$32.500 por dia ou R$65 mil por ano para transferências internacionais. Além disso, é possível obter  20% de desconto nas tarifas na primeira remessa, se dizer o cadastro do tipo completo. 

    As taxas incluem o câmbio, uma taxa administrativa a partir de 1,3%, o IOF e a tarifa de transferência bancária. O prazo para conclusão da transação é de até 1 dia útil.

    4 Western Union

    O Western Union oferece integração com internet banking de alguns bancos. Ou seja, é possível fazer a transferência pelo seu banco, se ele for um dos parceiros, o que agiliza a movimentação.

    Além do IOF, as tarifas têm uma margem sobre o valor do câmbio comercial e também é cobrada uma taxa para cada operação e spread. Por isso, esse entra no rol de apps onde é mais caro enviar dinheiro para o exterior, porém mais rápido devido a integração. 

    Vale destacar que valores elevados também podem encarecer a transação, já que as taxas incidem em percentual. Além disso, a integração com o Internet Banking é só com alguns bancos, como Banco do Brasil e Bradesco.

    Uma diferença também é que o pagamento pode ser feito presencialmente em uma agência, ou a partir de uma transferência bancária. A primeira é concluída no mesmo dia e a outra pode levar até 4 dias úteis. 

    5 PayPal

    No PayPal também é possível enviar dinheiro para o exterior ou receber.  No entanto, a transação só pode ser realizada entre contas PayPal, não sendo possível transferir para outros bancos e instituições financeiras. 

    Ou seja, o cliente transfere para outra conta da empresa e depois disso precisa transferi-lo para outro banco desejado, ou manter ali e usá-lo direto no app.

    Neste aplicativo, é cobrada uma taxa de 3,5% sobre o custo da operação, além da taxa cambial diária e do spread bancário de 4,5%, pago pelo recebedor.

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe! Descubra mais seguindo o FinanceOne no FacebookInstagramTikTok e Linkedin!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasMercado CambialVeja os 5 principais apps para enviar dinheiro para o exterior em...

    Veja os 5 principais apps para enviar dinheiro para o exterior em 2022

    0
    (0)

    Está precisando enviar dinheiro para o exterior? Hoje em dia, com a tecnologia, existem formas muito práticas e rápidas de fazer isso, sem sair de casa. 

    Publicidade

    A exemplo, existem os aplicativos de bancos e instituições financeiras que realizam esse tipo de serviço de forma totalmente online. Sem necessidade de comparecer a uma agência ou casa de câmbio. 

    No entanto, é importante avaliar com cuidado como funciona o serviço em cada instituição, pois cada uma tem sua forma de trabalhar, suas próprias taxas e prazos.

    Quer saber mais sobre o tema? Então continue lendo o artigo!

    Como enviar dinheiro para o exterior?

    Enviar dinheiro para o exterior já foi uma operação burocrática e cara. No entanto, hoje em dia, existem diversas formas de fazer isso, de modo que o cliente pode escolher aquela que mais se adequar às suas necessidades.

    Mas seja lá qual for o meio, essa transação consiste, basicamente, em realizar  transferências entre contas bancárias localizadas em países diferentes. Com isso, alguns impostos e taxas específicas podem incidir. 

    Publicidade

    A verdade é que os bancos tradicionais podem ser o meio mais caro de enviar dinheiro para fora, justamente por conta das taxas de serviço. É aí que entram os aplicativos de bancos digitais e outras instituições especializadas nesse tipo de transação. 

    Quais são as taxas ao enviar dinheiro para o exterior?

    O primeiro custo ao enviar dinheiro para o exterior é o IOF – Imposto sobre Operações Financeiras. Trata-se de um imposto federal que incide sobre diversas operações financeiras, desde cartão de crédito até câmbio. 

    Ao transferir dinheiro para outro país, o IOF pode ter duas alíquotas diferentes:

    • 0,38% se for transferência internacional para outra pessoa
    • 1,1% se for transferência internacional para conta de mesma titularidade

    Por ser um imposto do governo, o IOF sempre vai incidir com esses percentuais, não importa qual seja a empresa escolhida para fazer a transferência. 

    Além do IOF, outros custos de uma transferência internacional podem incluir:

    Publicidade
    • spread bancário (um tipo de taxa de serviço cobrada em percentual)
    • taxa de câmbio
    • taxa Swift
    • custo de recebimento, dependendo do destinatário

    Porém, esses gastos variam e nem sempre são cobrados. 

    Em algumas instituições, a taxa de serviço pode variar, por exemplo, de acordo com o tipo de transferência (se é TED ou boleto). Já outras não cobram o spread, o que torna a transação mais barata.

    Por isso é importante avaliar qual será o custo da sua operação em cada uma. Na lista a seguir, conheça cinco aplicativos para enviar dinheiro para outro país e como eles funcionam. 

    Tela de celular mostrando Paypal
    Apps permitem enviar dinheiro para fora de forma mais rápida e barata

    5 aplicativos para enviar dinheiro para o exterior

    1 Wise

    A Wise, antiga TransferWise, realiza transferências internacionais para mais de 50 países. O app permite enviar dinheiro para o exterior ou receber dinheiro de fora aqui, seja na conta corrente ou até mesmo direto na poupança. 

    Um diferencial deste app, é que ele não cobra o spread bancário, apenas os custos do IOF e uma taxa fixa pelo serviço. Porém, esse valor pode variar de 0,35% a 2% dependendo dos países de origem e destino, moedas envolvidas e a quantia enviada. 

    Publicidade

    É possível fazer uma simulação no site da Wise

    Ao fazer a transação, o pagamento pode ser feito no site ou no aplicativo e o valor é automaticamente convertido. É possível transferir com TED ou com boleto bancário, sendo esta opção disponível apenas para valores considerados pequenos.

    2 C6 Bank

    O banco digital C6 Bank também permite enviar dinheiro para o exterior pelo seu app. No entanto, é necessário ser correntista internacional da instituição, que é a chamada Conta Global C6.

    Além do custo da transação, é necessário pagar US$30 para abrir essa conta. E são estão disponíveis transferência e Dólar e Euro.

    As transferências para outros países podem ser feitas a qualquer hora. O valor é convertido para o Real e descontado da conta-corrente nacional do banco.

    Além do IOF e do custo da conta global, o C6 cobra o spread bancário.

    3 Remessa Online

    Este talvez seja um dos apps mais conhecidos pelo serviço de enviar dinheiro para enviar dinheiro para o exterior. A Remessa Online oferece suporte para mais de 100 países e usa a tecnologia blockchain, que aumenta a segurança das transações.

    É possível enviar dinheiro em moedas como dólar (americano, australiano e canadense), francos suíços, iene japonês, libra e euro. Além disso, o usuário consegue fazer a operação tanto como pessoa física quanto como pessoa jurídica, se tiver CNPJ. 

    Dependendo de seu cadastro, o cliente consegue um limite a partir R$32.500 por dia ou R$65 mil por ano para transferências internacionais. Além disso, é possível obter  20% de desconto nas tarifas na primeira remessa, se dizer o cadastro do tipo completo. 

    As taxas incluem o câmbio, uma taxa administrativa a partir de 1,3%, o IOF e a tarifa de transferência bancária. O prazo para conclusão da transação é de até 1 dia útil.

    4 Western Union

    O Western Union oferece integração com internet banking de alguns bancos. Ou seja, é possível fazer a transferência pelo seu banco, se ele for um dos parceiros, o que agiliza a movimentação.

    Além do IOF, as tarifas têm uma margem sobre o valor do câmbio comercial e também é cobrada uma taxa para cada operação e spread. Por isso, esse entra no rol de apps onde é mais caro enviar dinheiro para o exterior, porém mais rápido devido a integração. 

    Vale destacar que valores elevados também podem encarecer a transação, já que as taxas incidem em percentual. Além disso, a integração com o Internet Banking é só com alguns bancos, como Banco do Brasil e Bradesco.

    Uma diferença também é que o pagamento pode ser feito presencialmente em uma agência, ou a partir de uma transferência bancária. A primeira é concluída no mesmo dia e a outra pode levar até 4 dias úteis. 

    5 PayPal

    No PayPal também é possível enviar dinheiro para o exterior ou receber.  No entanto, a transação só pode ser realizada entre contas PayPal, não sendo possível transferir para outros bancos e instituições financeiras. 

    Ou seja, o cliente transfere para outra conta da empresa e depois disso precisa transferi-lo para outro banco desejado, ou manter ali e usá-lo direto no app.

    Neste aplicativo, é cobrada uma taxa de 3,5% sobre o custo da operação, além da taxa cambial diária e do spread bancário de 4,5%, pago pelo recebedor.

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe! Descubra mais seguindo o FinanceOne no FacebookInstagramTikTok e Linkedin!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?