Quem recebe o Auxílio Brasil pode receber o Bolsa do Povo SP?

5
5288
Tela de um computador aberta no site do Bolsa do Povo SP
4.5
(13)

O Bolsa do Povo é um programa social do Estado de São Paulo que visa auxiliar a população vulnerável. E como ele envolve transferência de renda, fica uma dúvida: quem recebe o Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família) pode receber o Bolsa do Povo SP?

Anúncios

A resposta é: depende. Isso porque o Bolsa do Povo SP não é uma única linha de benefício, mas sim um programa que reúne diversas iniciativas voltadas às pessoas de baixa renda e nem todas elas oferecem transferência de renda (auxílio em dinheiro). 

Algumas dessas iniciativas são, por exemplo: Ação Jovem, Renda Cidadã, Bolsa Trabalho, Vale Gás etc. Ao longo dos meses, algumas dessas ações são encerradas e outras são abertas. 

Anúncios

Mas o ponto é: cada um dos benefícios do Bolsa do Povo tem seu próprio regulamento. Portanto, para saber se é possível recebê-lo simultaneamente com o Auxílio Brasil é necessário consultar as regras do benefício em específico. 

Quais benefícios do Bolsa do Povo não podem ser acumulados com o Auxílio Brasil (Bolsa Família)?

Atualmente, um dos benefícios que compõem o Bolsa do Povo tem essa restrição: o Vale Gás. De acordo com o regulamento, para receber o auxílio de R$300 é necessário:

  • ser família com renda por pessoa de até R$178
  • estar inscrita no CadÚnico 
  • não receber o Bolsa Família (atual Auxílio Brasil)

Portanto, quem recebe o Auxílio Brasil não pode receber o Vale Gás do programa Bolsa do Povo. O mesmo pode valer para outros auxílios financeiros do estado, sendo necessário consultar a regra de cada benefício em específico.

Anúncios

Na data de elaboração deste artigo, nenhum outro auxílio do Bolsa do Povo é restrito a quem não recebe o auxílio federal. 

Porém, como já informado, a lista de benefícios do programa paulista pode ser atualizada, com novos tipos de transferência de renda surgindo. Portanto, antes de realizar inscrição o beneficiário pode checar se é elegível mesmo recebendo Auxílio Brasil. 

Para checar as regras, basta acessar o site do programa, clicar em “como participo” e selecionar o benefício no qual deseja realizar inscrição.

Vale destacar que quem recebe o Bolsa Família e já requisitou algum dos auxílios que compõem o Bolsa do Povo não deve se preocupar com a interrupção do programa federal. O máximo que deve acontecer é o auxílio estadual ser negado.

beneficiário do auxílio brasil exibindo celular com aplicativo aberto
Beneficiários do Bolsa do Povo também podem receber o Auxílio Brasil (Foto: Governo de São Paulo)

Quais são os benefícios do Bolsa do Povo?

Atualmente, há 19 benefícios em operação no Bolsa do Povo, que são:

  • Ação Jovem Cidadã – inclusão social de jovens entre 15 e 24 anos de idade
  • Renda Cidadã – auxílio de R$100 para famílias vulneráveis em decorrência do desemprego ou subemprego
  • SP Acolhe – auxílio de R$1.800 para famílias de baixa renda que perderam um membro pelo Covid
  • Bolsa Empreendedor – curso de qualificação, auxílio financeiro e formalização para  empreendedores informais em situação de vulnerabilidade
  • Centro Paula Souza – contratação de responsáveis legais de estudantes matriculados nas ETEC´s
  • CTPS Estudantes – incentivo à presença escolar com bolsas de R$1 mil
  • Auxílio Moradia – benefício destinado às despesas com moradia para famílias removidas de suas residências involuntariamente, em razão de chuvas e/ou inundações
  • Via Rápida – capacitação profissional gratuita e bolsa
  • Bolsa Trabalho – qualificação profissional, uma bolsa de R$540 e oportunidades de emprego
  • Novotec Expresso – cursos de qualificação profissional a jovens de 14 a 24 anos e bolsa de R$600
  • Educação Estudantes – auxílio de R$1 mil para estudantes
  • Viva Leite – complemento alimentar para crianças e idosos em condição de risco nutricional
  • Bolsa Talento Esportivo – apoio financeiro para atletas 
  • Vale Gás – auxílio de R$300 dividido em três parcelas
  • Bolsa Prospera Família – capacitação para famílias de baixa renda
  • Educação – contratação de responsáveis legais de alunos
  • Acolhe Saúde – apoio financeiro para estudantes de baixa renda que estejam desempregados a 3 meses ou mais
  • VidAtiva –  prática de exercícios e atividades físicas e esportivas para idosos

Quem tem direito ao programa?

Como já mencionado, cada benefício do Bolsa do Povo tem suas próprias regras e também um um público alvo específico. Mas, de modo geral, as ações são voltadas para famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico. 

Alguns dos auxílios podem requerer também a comprovação de matrícula de um dos membros familiares na escola ou a presença de criança, gestante, lactantes etc no núcleo familiar.

Para realizar inscrição, basta acessar o site do programa, clicar no benefício desejado, conferir as regras e realizar o cadastro. Em caso de dificuldades ou dúvidas, o beneficiário deve ligar para a Central de Atendimento: 0800 7979 800 (dias úteis de 8h às 18h).

Os benefícios que envolvem transferência de renda são pagos por meio de um cartão pré-pago, que é enviado pelos Correios. 

O conteúdo foi útil? Então compartilhe com outros amigos que também podem acessar o Bolsa do Povo!

O que achou disso?

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 13

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

5 COMENTÁRIOS

    • Oi, Adna! Tudo bem?
      O programa é do governo do Estado de São Paulo, não possui uma agência. Em caso necessidade de atendimento presencial, sugerimos que procure o CRAS mais próximo ou postos de atendimento do governo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui